Matérias Mais Lidas

imagemRegis Tadeu e os cinco grandes vocalistas que o mundo do Rock não dá valor

imagemFãs detonam produção do Knotfest após anúncio do Pantera

imagemA música do Metallica que James não queria apresentar aos outros integrantes

imagemO carinhoso jeito de Axl Rose se desculpar com sua equipe pelo seu jeito imprevisível

imagemA música do Raul Seixas com erro gramatical que parece um plágio mas é uma homenagem

imagemAmy Lee surpreende ao escolher os melhores cantores (e cantoras) de todos os tempos

imagemFrank Zappa surpreende ao eleger seus dez álbuns favoritos

imagemA melhor música de heavy metal lançada a cada ano desde 1970, em lista do Loudwire

imagemOzzy Osbourne revela que Lemmy Kilmister era um leitor voraz

imagemFilme que conta a história de Dio será exibido nos cinemas em setembro

imagemAngra e Shaman, Edu Falaschi fala sobre a treta que havia entre as bandas

imagemBruno Sutter explica semelhança problemática entre Ayrton Senna e Fausto Fanti

imagemDez músicas de outros estilos que ganharam ótimas versões rock/metal - Parte I

imagemAntes do Led Zeppelin, Robert Plant tentou entrar em outra banda famosa

imagemMúsico de Los Angeles compartilha foto recente de Alex Van Halen


Stamp
2022/07/09

Resenha - FWX - Fates Warning

Por Ben Ami Scopinho
Em 19/02/05

Tendo lançado seu debut há mais de vinte anos, o Fates Warning vem nos apresentar seu décimo segundo álbum de nome "FWX", tendo em sua formação Ray Alder nas vozes, Jim Matheos nas guitarras, teclados e programação, Joey Vera no baixo e Mark Zonder na bateria, sendo aqui esta última atuação, uma vez que o mesmo declarou que está saindo do conjunto.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Escutando "FWX" e fazendo uma análise do quanto esta banda é importante dentro do Prog Metal, podemos estranhar o fato das canções, em sua grande maioria, não apresentarem tantas mudanças de andamento que fazem parte do estilo. Comparando então com seus últimos trabalhos, observamos o quanto o Fates Warning tornou suas canções mais diretas.

Obviamente suas músicas ainda são complexas, mas agora o nível de criatividade deste quarteto está em outro patamar e observamos logo de cara arranjos diferentes e guitarras com riffs enérgicos, cheios de melodias e solos incríveis. Ray Alder canta cheio de paixão com sua voz limpa e marcante e, pelo fato de as músicas estarem mais acessíveis, captamos mais facilmente as emoções que a banda nos passa.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Outro detalhe que vale a pena acrescentar é a maneira como incluíram os poucos efeitos eletrônicos – alguns bem estranhos – mas que complementaram perfeitamente as canções de que fazem parte. Arranjos acústicos intrigantes e algumas influências orientais também estão lá, embelezando ainda mais o "FWX".

Os destaques são muitos, mas cito aqui as pesadas "Left Here" e "Simple Human", "River Wide Ocean Deep", que oscila entre passagens acústicas, eletrônicas e distorção na guitarra. Canção cheia de dor, mas que com a presença de vozes femininas trazendo certa atmosfera oriental torna-a muito agradável. "Heal Me" é a mais longa, possui certa melancolia e grandes variações fazem parte de sua estrutura.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"FWX" é um amigável e monumental álbum, que mostra inovação e modernidade, comprovando que o Fates Warning ainda tem muitas idéias brilhantes escondidas para mostrar ao mundo da música progressiva e pesada. Agora só nos resta esperar que o novo baterista que fará parte do grupo seja tão eclético quanto Zonder, pois sua parceria com Joey Vera é tão perfeita que realmente enfatizam, por si só, a natureza progressiva de todo o grupo.

FATES WARNING – FWX
(2004 - Metal Blade Records)

01. Left Here
02. Simple Human
03. River Wide Ocean Deep
04. Another Perfect Day
05. Heal Me
06. Sequence # 7
07. Crawl
08. A Handful Of Doubt
09. Stranger (With A Familiar Face)
10. Wish

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

2022/08/18


publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Em live, Joey Vera relembra trajetória e fala sobre a turnê com o Mercyful Fate

Prog Metal: os 10 discos essenciais segundo o TeamRock

Heavy Metal: os dez melhores álbuns lançados em 1986

Fates Warning: Mike Portnoy estragou músicas da banda em show em SP, diz ex-batera

Kiss: como foi demitir Eric Carr em seu leito de morte

O Whiplash.Net protege algumas bandas e prejudica outras?


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre

Mais matérias de Ben Ami Scopinho.