Resenha - Run For Cover - Pro-Pain

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Thiago Sarkis
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 9


Até o lançamento deste álbum em 2003, o Pro-Pain não havia tocado sequer um cover de qualquer outra banda. Trocando em miúdos, onze anos contidos em sete álbuns de puro material próprio. E se os fãs requeriam por um disco de versões para músicas de conjuntos que os influenciaram, os pedidos estão atendidos, e com um dos mais qualificados lançamentos já realizados neste tipo de 'compilação'.

Musas do Metal Nacional: combo de talento e sensualidadeGorgoroth: As orientações sexuais e políticas de Gaahl

De início, é cativante pegar o encarte e ler todas as considerações de Gary Meskil e Erik Klinger sobre cada uma das composições escolhidas, o porquê de suas presenças, o que os grupos aqui homenageados representam e como fazem parte da vida e do som que eles tocam. Boa distração em textos atrativos.

Tanta dedicação só poderia resultar em sinceros e autênticos tributos como os prestados a Celtic Frost ("Circle Of The Tyrants"), Operation Ivy ("The Crowd"), Motörhead ("Iron Fist"), Black Flag ("Damaged II") e Slayer ("South Of Heaven"). Não ouso dizer que aludi às melhores, apenas dei alguns exemplos.

Surpreendente a seleção do Life Of Agony, cuja canção "Weeds" é fantasticamente interpretada, mesmo fugindo sorrateiramente das vertentes das demais bandas brindadas pelo Pro-Pain.

Nessa mistura coerente de punk, hardcore e metal, ainda há espaço para Sepultura, Discharge, Agnostic Front, Negative Approach, Die Bohse Ankelz, The Supdmonsters e a primeira banda e arranjo de Meskil, Crumbsuckers com "Just Sit There". Aproveite o conselho, just sit there e ouça estes quarenta minutos de releitura da discografia básica do peso.

Lançado no exterior pela Spitfire Records - 2003

Site Oficial: http://www.pro-pain.org

Formação:
Gary Meskil (Vocais - Baixo)
Eric Klinger (Guitarra)
Tom Klimchuck (Guitarra solo)
Eric Matthews (Bateria)




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Propain"


Musas do Metal Nacional: combo de talento e sensualidadeMusas do Metal Nacional
Combo de talento e sensualidade

Gorgoroth: As orientações sexuais e políticas de GaahlGorgoroth
As orientações sexuais e políticas de Gaahl


Sobre Thiago Sarkis

Thiago Sarkis: Colaborador do Whiplash!, iniciou sua trajetória no Rock ainda novo, convivendo com a explosão da cena nacional. Partiu então para Van Halen, Metallica, Dire Straits, Megadeth. Começou a redigir no próprio Whiplash! e tornou-se, posteriormente, correspondente internacional das revistas RSJ (Índia - foto ao lado), Popular 1 (Espanha), Spark (República Tcheca), PainKiller (China), Rock Hard (Grécia), Rock Express (ex-Iugoslávia), entre outras. Teve seus textos veiculados em 35 países e, no Brasil, escreveu para Comando Rock, Disconnected, [] Zero, Roadie Crew, Valhalla.

Mais matérias de Thiago Sarkis no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336