Matérias Mais Lidas

imagemA fundamental diferença entre Paulo Ricardo e Schiavon que levou RPM ao fim

imagemRoger Daltrey revela a música "amaldiçoada" que o The Who não toca mais ao vivo

imagemSystem of a Down: por que Serj Tankian não joga mais nenhum vídeo game?

imagemAngra: Quantos shows seguidos a voz aguenta sem restrições? Fabio Lione responde

imagemOzzy Osbourne diz que está bem aos 73 anos, mas sabe que sua hora vai chegar

imagemKiko Loureiro defende surgimento de banda que seria "Greta Van Fleet do Iron Maiden"

imagemDo Ozzy ao Slayer: veja os momentos mais metal do desenho South Park

imagemEvanescence anuncia a saída da guitarrista Jen Majura

imagemLars Ulrich diz que shows do Metallica na América do Sul foram incríveis

imagemA visão de Arnaldo Antunes sobre sua timidez no período da adolescência

imagemRitchie Blackmore revela como o impactou a chegada de Jimi Hendrix na Inglaterra

imagemComo CDs e MP3s decepcionaram Jimmy Page

imagemOzzy Osbourne dá sua opinião sobre o streaming e dispara contra Spotify; "É uma piada"

imagemOzzy Osbourne é visto caminhando com dificuldade ao sair de estúdio

imagemRobert Trujillo conta como uma abelha e "migué" quase causaram treta com James Hetfield


Resenha - Prefácio - Holy Fire

Por Paulo Finatto Jr
Em 26/01/03

Nota: 8

Mesmo sendo formada no não tão longínquo ano de 2000, a banda de Americana (SP) Holy Fire, já tem no mercado um single lançado, e agora, este ‘debut’ intitulado "Prefácio". Para quem não conhece esta banda, o Holy Fire é praticante de um hard rock com diversas influências do rock básico, mas também do heavy metal. As letras em português e ainda a temática "white" fazem o diferencial no som do grupo formado por Lucão (vocal), David Cruz (guitarra), Arilson Cunha (baixo), Tuto (teclado) e Will (bateria). Já com um certo reconhecimento na cena underground local, a banda não perdeu tempo e investiu toda a sua vontade no lançamento deste seu primeiro álbum, que mesmo sendo lançado de forma totalmente independente, foi prensado e lançado de forma profissional, como qualquer CD que você encontra por aí, nas lojas.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Não tem como deixar de citar a perfeita produção presente em "Prefácio", pelo fato da boa gravação; mixagem e masterização elaboradas em pouco mais de um mês – de julho a agosto de 2002. Mas de nada adiantaria termos em mãos um material tão bem produzido se não houvesse uma boa banda em ação, em músicas tão boas quanto. Pena que o CD não possui apenas ótimas músicas, mas a banda realmente merece destaque. O vocalista Lucão possui um timbre realmente interessante ao hard rock da banda, pela sua voz grave, que caiu perfeitamente em contraponto às linhas de teclado. Mesmo possuindo músicas mais rock, os guitarristas conseguem exprimir muito bem todo o peso característico do heavy metal.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Falando das músicas, "Prefácio" possui algumas realmente cativantes e pesadas, como o caso de "Mar de Vidro", a faixa título, e ainda a última música do álbum, "Dois Sentidos". Até aí tudo bem, e até é aceitável, por exemplo, as músicas "Decisão" e "Liberdade", que unem o peso do rock a algumas melodias mais pop nos respectivos refrões. Há até neste trabalho uma música que começa investindo em melodias mais blues e passa ao seu final com algumas linhas mais rap – a música "Cantor 3". Das baladas presentes no álbum, "Golgota" é a melhor, por misturar climas bem leves de piano com algumas passagens pesadas de guitarra... Está nesta música uma das melhores letras do álbum!

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Para que o próximo álbum tivesse um impacto maior, acho importantíssimo a banda definir apenas um estilo entre o pop rock e metal, e investir as suas músicas por completo nesta escolha. Um álbum como "Prefácio", que varia entre estes estilos citados, pode não cair ao agrado de um fã não tão eclético – seja ele de metal, hard rock ou do rock mais simples. Ah, também seria legal a banda dar uma revisada quanto ao seu nome, já que o Rio Grande do Sul possui uma banda homônima, já de certo reconhecimento a nível "metálico" nacional...

Formação:
Lucão (vocal);
David Cruz (guitarra);
Arilson Cunha (baixo);
Tuto (teclado);
Will (bateria).

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Site oficial: www.holyfire.com.br

Track-list:
01. "Intro" (1:15)
02. "Mar de Vidro" (4:51)
03. "Prefácio" (5:07)
04. "Decisão" (3:48)
05. "Cantor 3" (4:19)
06. "Liberdade" (3:12)
07. "Golgota" (5:24)
08. "Grito de Verdade" (4:03)
09. "Nação" (3:43)
10. "Tudo Fez por Nós" (3:52)
11. "Ide" (2:04)
12. "Dois Sentidos" (4:08)

Tempo total: 45:48

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp


Sobre Paulo Finatto Jr.

Reside em Porto Alegre (RS). Nascido em 1985. Depois de três anos cursando Engenharia Química, seguiu a sua verdadeira vocação, e atualmente é aluno do curso de Jornalismo. Colorado de coração, curte heavy metal desde seus onze anos e colabora com o Whiplash! desde 2000, quando tinha apenas quinze anos. Fanático por bandas como Iron Maiden, Helloween e Nightwish, hoje tem uma visão mais eclética do mundo do rock. Foi o responsável pelo extinto site de metal brasileiro, o Brazil Metal Law, e já colaborou algumas vezes com a revista Rock Brigade.

Mais informações sobre

Mais matérias de Paulo Finatto Jr..