Matérias Mais Lidas

imagemMarcello Pompeu, em busca de emprego, pede ajuda a seguidores

imagemGene Simmons faz passagem de som antes de show do Kiss com roupa inusitada

imagemPaul McCartney lista os cinco músicos que formariam sua banda dos sonhos

imagemRegis Tadeu explica porque o vinil e o Spotify vão despencar e o CD vai bombar

imagemBill Hudson comenta sobre falta de público de Angra e outras bandas nos EUA

imagemMax Cavalera e o conselho dado por Ozzy Osbourne: "ambos nos sentimos traídos"

imagemJames Hetfield se emociona profundamente no show de BH e é amparado pelos amigos e fãs

imagemDez grandes músicas do Iron Maiden escritas pelo vocalista Bruce Dickinson

imagemDave Mustaine mostra a forma curiosa como se aquece antes de um show do Megadeth

imagemMax Cavalera é criticado por ucranianos pelo apoio a Rússia em 2014

imagemConheça a "melhor banda com as melhores músicas" para Robert Smith, do The Cure

imagemAbba e a imensa importância do Deep Purple na sonoridade de suas músicas clássicas

Marcello Pompeu: ele conta por que não se posiciona politicamente, apesar de cobranças

imagemQueen e a artimanha infantil de Roger Taylor pra ganhar mais dinheiro que os outros

imagemBlind Guardian divulga capa, nomes e duração das faixas de seu novo álbum


Stamp

Resenha - Aria's Kingdom - Spirit Heaven

Por Rafael Carnovale
Em 16/06/02

Nota: 8

Após a demo "Wake up and Fight" de 1999, os paulistas do Spirit Heaven nos brindam com seu primeiro cd, Aria’s Kingdom. Lançado em 1991, o mesmo nos mostra um power metal influenciado por bandas germânicas (Helloween, Grave Digger) e ao mesmo tempo com muitas características de bandas mais atuais (Stratovarius, Hammerfall). Não soa como cópia, como alguns poderiam achar, mas sim como boa inspiração.

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

O cd conta a história do reinado da maléfica Aria, desde seu surgimento, até sua queda. Uma história bem contada, com letras bem elaboradas, realmente criando um conceito a ser interpretado. O cd já abre com a faixa que dá nome à banda, que pode ser facilmente comparada a "Black Diamond" (Stratovarius), tanto pelo seu teclado do início como pela pancadaria speed que vem a seguir. Logo depois vem a pesadíssima "Wake up and Fight", seguida da cativante "The Return".

De cara podemos notar uma característica: a banda investe nos sons complexos e bem elaborados, com músicas bem longas (a maioria beira os 5 minutos) e com muitas mudanças de andamento e riffs complexos com solos muito bem inseridos. "Aria (The Legacy of Heaven)" é uma prova concreta, sendo a união de riffs rápidos, uma bateria muito virtuosa e agressiva ao mesmo tempo, e um vocal bem colocado, com influências diretas de Michael Kiske e Biff Bryford (Saxon). A banda também traz momentos mais calmos, como a bela balada "Bring Back my Crown" e a épica-medieval "Black Roses", de longe um dos destaques do cd, junto com a power anos 80 "The Blessing Way", que com sua levada contagiante, é de longe a melhor do cd. Os teclados estão inseridos de maneira discreta, sendo um excelente ponto para reforçar o clima épico da história. O cd fecha com o final da história, a bela "Your Nightmare is Over". E já que falamos de reinado, nada melhor que uma bônus track REAL: "Princess of the Night" do Saxon, que encerra o cd. O único senão fica para a produção, que poderia ser melhor, mas a banda está de parabéns pelo primeiro cd. Que venha o próximo reinado!

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

Line Up:

Rodrigo Jota – Guitarra
André Pozzobom – Baixo
Samuel Bacci – Guitarra
Paulo Braz – Vocal
Guilherme Gaspar – Bateria

Site oficial: www.spirit-heaven.cjb.net

Material cedido pela:

Megahard Records
http://www.megahard.com.br

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp


Sobre Rafael Carnovale

Nascido em 1974, atualmente funcionário público do estado do Rio de Janeiro, fã de punk rock, heavy metal, hard-core e da boa música. Curte tantas bandas e estilos que ainda não consegue fazer um TOP10 que dure mais de 10 minutos. Na Whiplash desde 2001, segue escrevendo alguns desatinos que alguns lêem, outros não... mas fazer o que?

Mais matérias de Rafael Carnovale.