Resenha - Don't Worry About Me - Joey Ramone

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Rafael Carnovale
Enviar Correções  

10


Ouvir esse CD é ao mesmo tempo uma alegria e uma tristeza, pois afinal, foi o canto de cisne de Jeffrey Hyman ou Joey Ramone, como o mundo o conheceu, um dos ícones do punk rock, vocal dos Ramones, uma, senão a banda mais influente no estilo.

publicidade

Este disco foi terminado enquanto Joey se encontrava doente, sofrendo de câncer linfático, e a primeira faixa ironicamente parece ser uma declaração de vontade de viver, a cover inusitada para "What a Wounderful World", imortalizada na voz de Louis Armstrong. Porém Joey deu a ela uma roupagem totalmente rock and roll, descaracterizando o estilo original, porém tendo um resultado excepcional.

publicidade

O disco segue uma linha mais rock and roll que o punk rock dos Ramones, mas é impossível não sentir o estilo que consagrou a banda, já que Daniel Rey ( produtor dos Ramones durante anos ) e Marky Ramone ( sem apresentações ) comparecem no disco. A própria 2a faixa, "Stop Thinking About It", nos leva a uma saudade enorme do tempo em que Joey empunha o microfone sem muitos movimentos, mas com muito a dizer.

publicidade

O disco é um misto de rock/punk e pop, principalmente na "Mr. Punchy", que poderia muito bem entrar no cd Adios Amigos. O grande destaque fica para "Maria Bartiromo" um rock and roll com refrões pegajosos e uma levada super carismática, que ao vivo seria algo de mexer as massas, como em qualquer show dos Ramones.

O peso volta nas "ramônicas" Spirit in My House, Venting e Like a Drug I Never Did Before ( seria esta uma referência ao tratamento contra o câncer que Joey vinha fazendo? ). Mais destaques para a faixa "Searching for Something", um pouco mais pop do que Joey costumava fazer, mas que se encaixa no estilo de música que ele vinha escrevendo nos últimos cds dos Ramones.

publicidade

Joey resolveu caprichar no seu último registro, fazendo uma magistral versão de "1969" dos Stooges, daquelas de deixar Iggy Pop com lágrimas. As 2 últimas faixas "I Got Knocked Down" e "Don’t Worry About Me", demonstram realmente o que Joey vinha passando, sendo pesadas, porém extremamente emotivas. Um grande CD ajudará a lembrar o que Joey Ramone fez, mas vai fazer aumentar a saudade de muita gente...... Valeu Jeff, quer dizer, Joey Ramone!

publicidade


Outras resenhas de Don't Worry About Me - Joey Ramone

Joey Ramone: em 2002, um trabalho memorável




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Guns N' Roses x Nirvana: o que ocorreu em 1992 segundo Krist NovoselicGuns N' Roses x Nirvana
O que ocorreu em 1992 segundo Krist Novoselic

Momentos bizarros: histórias de Ozzy, Stones, Who e outrosMomentos bizarros
Histórias de Ozzy, Stones, Who e outros


Sobre Rafael Carnovale

Nascido em 1974, atualmente funcionário público do estado do Rio de Janeiro, fã de punk rock, heavy metal, hard-core e da boa música. Curte tantas bandas e estilos que ainda não consegue fazer um TOP10 que dure mais de 10 minutos. Na Whiplash desde 2001, segue escrevendo alguns desatinos que alguns lêem, outros não... mas fazer o que?

Mais matérias de Rafael Carnovale no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin