Resenha - XXX - ZZ Top

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Paulo Haroldo
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 5

Lançamento BMG/USA

Billy Gibbons - guitar
Dusty Hill - bass
Frank Beard - drums

Após três anos do lançamento de Rhythmeen, o trio de figuraças responsável pelo melhor boogie texmex do planeta volta com XXX, seu 13º album. E como tem acontecido nestes últimos anos, a receita desandou novamente. Billy Gibbons vem carregando demais nos efeitos de guitarra, roubando a espontaneidade que era uma marca registrada da banda.
O cd vem dividido em duas partes: a primeira, de estúdio, com 8 faixas, das quais se salvam "Poke Chop Sandwich" e a balada "Made Into A Movie"; a segunda, ao vivo, com 4 músicas, onde se destaca o blues "(Let Me Be Your) Teddy Bear" e também onde se percebe que a força do ZZ TOP no palco poderia ser bem melhor aproveitada em estúdio.
Enfim, XXX não é tão ruim quanto Antenna ou Rhythmeen, mas está bem longe de Tres Hombres e Eliminator. Mais indicado para os fãs incondicionais da banda. Nota 5.


Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal


GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "ZZ Top"


Haja pente: os músicos mais cabeludos e barbudos do RockHaja pente
Os músicos mais cabeludos e barbudos do Rock

Passos do rock: alguns dos mais famosos em gif animadoPassos do rock
Alguns dos mais famosos em gif animado


Guns N' Roses: ex-guitarrista admite que era difícil tocar as músicasGuns N' Roses
Ex-guitarrista admite que era difícil tocar as músicas

Black Sabbath: Perguntas e respostas e curiosidades diversasBlack Sabbath
Perguntas e respostas e curiosidades diversas


Sobre Paulo Haroldo

Ex-comerciante, divorciado (liberdade ainda que tardia). Preferências musicais: Hard Rock (principalmente anos 70), Blues, Heavy Metal sem podreira, Progressivo (não confundir com ProgMetal), e todo bom rock/pop feito sem samplers, computadores e outros artifícios eletrônicos que só servem para mascarar falsos músicos. Exterminador de hip-hoppers...

Mais matérias de Paulo Haroldo no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336