Matérias Mais Lidas

imagemEngenheiros do Hawaii e as tretas com Titãs, Lulu Santos, Lobão e outros

imagemEdu Falaschi descobriu que seu primo famoso tem mais seguidores que ele no Instagram

imagemIggor Cavalera diz que reunião da formação clássica do Sepultura seria incrível, mas...

imagemGregório Duvivier: "Perto de Chico Buarque, Bob Dylan é uma espécie de Renato Russo!"

imagemTravis Barker, do Blink-182, é hospitalizado às pressas e filha pede orações

imagemJoão Gordo diz que não torce pela seleção brasileira de futebol

imagemNovo clipe do Megadeth foi filmado no litoral de São Paulo, veja fotos

imagemQuando Jimi Hendrix chamou Eric Clapton para subir no palco e afinar sua guitarra

imagemCinco nomes do heavy metal que já gravaram músicas do ABBA

imagemAvenged Sevenfold e o álbum do Guns N' Roses que deveria ser mais valorizado

imagemNergal diz que Behemoth é mais que anti-religião e emociona-se com LGBTQ e aborto

imagemVeja diz que David Coverdale só passa vergonha nas redes sociais

imagemMike Portnoy e a música do Rush que virou um grande sucesso do Guns N' Roses

imagemKerry King explica por que não assumiu o posto de guitarrista do Megadeth

imagemMustaine diz que novo álbum tem uma das músicas mais rápidas que o Megadeth escreveu


Stamp

Pantera: as (poucas) músicas da era Phil Anselmo que a banda nunca tocou ao vivo

Por Mateus Ribeiro
Em 13/05/21

O PANTERA foi fundado no início dos anos 1980, pelos irmãos Dimebag Darrell e Vinnie Paul, respectivamente guitarrista e baterista. O grupo ficou conhecido mundialmente pelo som agressivo apresentado nos álbuns "Cowboys From Hell", "Vulgar Display Of Power", "Far Beyond Driven", "The Great Southern Trendkill" e "Reinventing The Steel".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Quem conhece a fundo a carreira do grupo, sabe que nem sempre o PANTERA escreveu músicas pesadas. Os primeiros trabalhos da banda passam longe da porradaria inconsequente executada nos discos mencionados no parágrafo acima. O som da banda começou a mudar após o vocalista Phil Anselmo se tornar um dos quatro integrantes, em 1986.

Apesar de Phil ainda ter gravado um disco da primeira fase, a sua entrada é considerada como o marco da mudança que tornou o PANTERA uma das bandas mais importantes do heavy metal.

Além de ter colaborado com os ótimos álbuns de estúdio que o PANTERA lançou de 1990 em diante, Phil também foi um dos principais personagens dos explosivos shows que a banda realizou até a sua dissolução, no início dos anos 2000. Essas apresentações ao vivo levavam para o palco toda a energia de clássicos como "Cowboys From Hell", "Domination", "Walk", "Mouth For War", "5 Minutes Alone" e outros clássicos que eram presença obrigatória nos concertos.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Por outro lado, existem outras composições da "era Phil Anselmo" que o PANTERA nunca executou ao vivo. A jornalista Lauryn Scaffner listou quais são essas composições, em levantamento publicado no site Loudwire. Confira quais são essas músicas a seguir. Aperte o play e boa diversão.

Álbum: "Power Metal" (1988)
Música: "Burnnn!"

Álbum: "Cowboys From Hell" (1990)
Música: "Medicine Man"

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Álbum: "Vulgar Display Of Power" (1992)
Músicas: "Live In A Hole" e "Regular People (Conceit)"

Álbum: "Far Beyond Driven" (1994)
Música: "Throes Of Rejection"

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Álbum: "The Great Southern Trendkill" (1996)
Músicas: "10's", "Suicide Note Pt.1", "Living Through Me (Hell's Wrath)" e "The Undergound In America"

Álbum: "Official Live: 101 Proof" (1997)
Música: "Where You Come From" (apesar de o disco ser ao vivo, esta música e "I Can't Hide" foram gravadas em estúdio)

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Álbum: "Reinventing The Steel"
Músicas: "You've Got to Belong To It", "We'll Grind That Axe for A Long Time", "Uplift" e "It Makes Them Disappear"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp



Câncer na língua: entenda a doença de Bruce Dickinson


Sobre Mateus Ribeiro

Fã de Ramones, In Flames e Soilwork. Ouve (quase) tudo, desde rock clássico até black metal.

Mais matérias de Mateus Ribeiro.