Matérias Mais Lidas

imagemO mega sucesso do Led Zeppelin que era pra ser uma piada mas se tornou um hino

imagemDave Mustaine perde a compostura e xinga membro da equipe do Judas Priest

imagemA banda de hard rock dos anos 1970 que é a queridinha de Xande de Pilares

imagemMorre Patricia Kisser, esposa do guitarrista Andreas Kisser

imagemMetallica em "Stranger Things" deixa fãs preocupados com a "popularização" da banda

imagemKirk Hammet, Zakk Wylde e Dave Mustaine falam sobre Randy Rhoads

imagemGuns N' Roses: A crítica de Portnoy ao trabalho de Matt Sorum

imagemLed Zeppelin ou Pink Floyd, qual dos dois vendeu mais discos de estúdio?

imagemAerosmith: Steven Tyler deixa reabilitação e morre esposa de Joey Kramer

imagemAxl Rose teria sofrido ataque de ansiedade antes de show, diz jornal

imagemO que Lemmy Kilmister aprendeu trabalhando como roadie de Jimi Hendrix

imagemA bizarra exigência de Ace Frehley para participar da última turnê do Kiss

imagemFilho de Trujillo fez guitarra na "Master of Puppets" que toca em Stranger Things

imagemAngra: vídeos e setlist de show celebrando "Rebirth" em SP, com convidada especial

imagemMédico que tratou câncer de Mustaine escreveu letra de faixa do Megadeth


Stamp

Universe Is Crying: A história da saga Soulspell Act IV - Parte 2

Por Diego Fiori de Carvalho
Fonte: CD Soulspell Act IV
Em 22/07/17

Neste segundo post de UNIVERSE IS CRYING, série da análise épica narrativa do Segundo Big Bang (Act IV SOUSLPELL), irei comentar das músicas GAME OF HOURS e WHITE LION OF GOLDAH.

Como já comentado no POST I, o Act. IV deve ser entendido de trás para frente, então estamos nas faixas de número 7 e 8.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Universe Is Crying: A história da saga Soulspell Act IV

Universe Is Crying: A história da saga Soulspell Act IV - Parte 3

Universe Is Crying: A história da saga Soulspell Act IV - Parte 4

GAME OF HOURS

A Faixa 8, GAME OF HOURS comenta um momento de reflexão da personagem Judith (DAÍSA MUNHOZ) mãe de Timo (personagem principal deste ato) sobre o JOGO DAS HORAS. Interessante nessa faixa é o encontro vocal de DAÍSA MUNHOZ com DANI NOLDEN que faz a representação das sombras (SHADOWS) articulando pensamentos no ouvido de Judith. A música começa leve com a voz de Judith ("My past seems too far away...") e gradativamente sobe o tom para estourar em ritmo bem acelerado nos pensamentos de Padyal (JEFF ALBERT).

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Personagens:
JUDITH (voz de DAÍSA MUNHOZ): Encontra-se no purgatório e tem o intuito de ajudar seu filho em um jogo em que o tempo está acabando, são várias portas e ela deve escolher uma. Caso ela errar pode matar seu passado ("...choose one door and kill your past...") e está fadada ao inferno pela eternidade.
Muitas frases de efeito são ditas por ela no refrão como "A noite das tempestades sombrias trará apenas fantasmas inteligentes". No final da música Judith diz que Padyal não sobreviverá ao GAME OF HOURS ("You won´t last in the game of hours!").

SHADOWS (voz de DANI NOLDEN): As sombras são vozes que atrapalham os pensamentos de Judith, elas dizem coisas do tipo que "não há atalhos aqui....", "você está no nível mais baixo da sua mente","Este fardo depende de você".

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

PADYAL(voz de JEFF ALBERT): Padyal diz que apenas uma das portas deixará entrar na raça eterna e que Judith deverá escolher entre deixar a raça humana ou lutar e sangrar até morrer pois o relógio não aguardará!

WHITE LION OF GOLDAH

Acredito que o nome dessa música deva ter inspiração na referência bíblica do apocalipse ao leão de Judah que representa a chegada do messias na terra (Já que existem trechos em hebraico nas músicas 2 e 9). Assim como no trecho bíblico a canção remete a um messias que foi escolhido como braço direito do próprio criador o "leão branco de Goldah".

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

TIMO (Voz de PEDRO CAMPOS): encontra-se no labirinto das verdades e analisa as inscrições e gravuras das guerras nas paredes e no teto recordando as insanas palavras do clarividente Woden, escritas no diário de seu pai (THE SECRET COMPARTMENT - música do álbum Labyrinth of Truths). Timo está no hall do pomposo salão e suas imensas estátuas lhe trouxeram informações sobre a existência do povo de Goldah e seu rei invencível, o grande leão branco. As frases que Timo lê lhe trazem encorajamento e orgulho em relação ao destino incerto.

CLAIRVOYANT ou Clarividente (Voz de RALF SHEEPERS): Suas palavras dizem que existia um povo chamado Goldah que lutou mil guerras e seu rei era justo e valente governando sua terra com força, glória e misericórdia. Que basta chamá-lo quando precisar que mesmo nas sombras ele trará luz.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

WHITE LION (Voz de ANDRÉ MATOS): O próprio leão diz que dará a vida pelo jovem e que vive em todos os corações que imploram por ser livres.

PADYAL (Voz de Jeff Albert): O supremo líder da seita, com rituais de invocação, sente que a presença do White Lion está próxima ("I feel he´s here, I can´t deny"). Ele almeja alcançar poder desta civilização antiga de Goldah. no final da música Padyal admite que o Criador já tem seu escolhido para ser o braço direito e é o WHITE LION OF GOLDAH.

No próximo post do UNIVERSE IS CRYING análise das músicas: HORUSPS EYE & FATHER AND SON!! até lá!

Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva


A história da saga Soulspell Act IV

Universe Is Crying: A história da saga Soulspell Act IV

Universe Is Crying: A história da saga Soulspell Act IV - Parte 3

Universe Is Crying: A história da saga Soulspell Act IV - Parte 4

Todas as matérias sobre "A história da saga Soulspell Act IV"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Airbourne 2022
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Soulspell lança vídeo tributo a La Casa De Papel.


Beldades: 10 motivos para você gostar ainda mais de Rock/Metal


Câncer na língua: entenda a doença de Bruce Dickinson


Sobre Diego Fiori de Carvalho

Amante do bom metal e rock 'n roll, baixista nas horas vagas, acompanha a cena underground no interior paulista.

Mais matérias de Diego Fiori de Carvalho.