Richie Kotzen por Márcio Guerra Canto: Uma viagem leve e engraçada

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Rodrigo Contrera
Enviar correções  |  Ver Acessos

O já bem conhecido Márcio Guerra Canto, professor de canto e vlogueiro, também dedicou recentemente (começo de junho) um vídeo ao Richie Kotzen, para quem não o conhece.

Lynyrd Skynyrd: a história da espetacular "Simple Man"Mega-hits Manjados: 10 clássicos que se tornaram clichês

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A grande vantagem do Márcio é que ele, além de bastante engraçado, resume como nós, mortais, podemos nos sentir diante desse colosso que é o Kotzen, que além de guitarrista virtuoso desde os seus 17 anos, é grande cantor e... baterista.

O vídeo do Márcio está aqui:




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção MatériasTodas as matérias sobre "Richie Kotzen"Todas as matérias sobre "Poison"Todas as matérias sobre "Mr Big"


Tempo implacável: os rockstars também envelhecem parte 1Tempo implacável
Os rockstars também envelhecem parte 1

Poison: Bret passou o cambão na mãe da Hannah Montana?Poison
Bret passou o cambão na mãe da Hannah Montana?


Lynyrd Skynyrd: a história da espetacular Simple ManLynyrd Skynyrd
A história da espetacular "Simple Man"

Mega-hits Manjados: 10 clássicos que se tornaram clichêsMega-hits Manjados
10 clássicos que se tornaram clichês


Sobre Rodrigo Contrera

Rodrigo Contrera, 48 anos, separado, é jornalista, estudioso de política, Filosofia, rock e religião, sendo formado em Jornalismo, Filosofia e com pós (sem defesa de tese) em Ciência Política. Nasceu no Chile, viu o golpe de 1973, começou a gostar realmente de rock e de heavy metal com o Iron Maiden, e hoje tem um gosto bastante eclético e mutante. Gosta mais de ouvir do que de falar, mas escreve muito - para se comunicar. A maioria dos seus textos no Whiplash são convites disfarçados para ler as histórias de outros fãs, assim como para ter acesso a viagens internas nesse universo chamado rock. Gosta muito ainda do Iron Maiden, mas suas preferências são o rock instrumental, o Motörhead, e coisas velhas-novas. Tem autorização do filho do Lemmy para "tocar" uma peça com base em sua autobiografia, e está aos poucos levando o projeto adiante.

Mais matérias de Rodrigo Contrera no Whiplash.Net.

Goo336x280