Guitarra: Os reis da palhetada alternada

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Thiago Mingues da Silva, Fonte: Blog Guitarpedia
Enviar correções  |  Comentários  | 

A guitarra assim como a maioria dos instrumentos ditos populares, não possui um método de desenvolvimento tão bem estruturado como os instrumentos eruditos. Não há uma maneira ou caminho específico para se chegar ao auge técnico guitarrístico.

5000 acessosMetal: 16 músicas dos anos 80 para se escutar durante o treino5000 acessosMusas do Metal: as bandas que elas ouvem quando estão em casa

Mas se existe uma técnica que é praticamente uma unanimidade entre os guitarristas para se evoluir no instrumento, essa técnica é a Palhetada Alternada.

Tal técnica é vista como uma das mais essenciais e básicas para o domínio técnico do instrumento. É de extrema importância desenvolver um preciso sincronismo entre as duas mãos, e a maneira mais eficaz de se obter tal destreza é o movimento alternado da palheta na mão responsável pelo ritmo.

Acesse já www.guitarpedia.com.br e conheça o mais completo site de aulas de guitarra online, com mais de 700 aulas, para todos os níveis de estudantes.

Alguns guitarristas além de serem reconhecidos pelas suas composições e improvisos, também são destaque no universo das seis cordas pela maneira como incorporaram a palhetada alternada em seu estilo, e se tornaram verdadeiros ícones dessa técnica.

Al Di Meola

Um dos primeiros guitarristas a despontar como grande virtuoso do instrumento, antes da era shredder dos anos 80, foi Al Di Meola. Sua carreira se iniciou no início dos anos 70, quando ingressou na Berklee College of Music em Boston, com apenas 17 anos. Alguns anos mais tarde foi chamado para integrar o super grupo, Return to Forever, recém-formado por Chick Corea, que tinha como proposta misturar o rock ao jazz.

Tanto em seus inúmeros projetos ou em sua vasta carreira solo, Al emprega a palhetada alternada como a sua principal ou praticamente única técnica utilizada na execução de passagens rápidas e solos virtuosos, cheios de influencias latinas e mediterrâneas, outra marca registrada do mestre.

Steve Morse

Outro músico reconhecido mundialmente pela sua qualidade, versatilidade e o “exagero” quando o assunto é palhetada alternada é, Steve Morse. Dono de um estilo que é capaz de misturar hard rock, rock progressivo e música country, Morse ocupa uma cadeira vip no mundo das palhetadas velozes e assim como Al Di Meola, ele precedeu os grandes virtuosos da década de 1980, e tem a palhetada alternada como sua técnica preferida.

Um exemplo desse fascínio de Morse pela técnica é a música Tumeni Notes (repare na mão direita de Steve, palhetando todas as notas).

John Petrucci

Um guitarrista que vive o ápice de sua carreira nos dias atuais, e é um discípulo confesso dos dois guitarristas citados anteriormente é John Petrucci.

A mente criativa por trás do Dream Theater é um fã declarado de Meola e Morse, e sem dúvidas é o mais “heavy metal” entre os três. O estilo de Petrucci é todo voltado ao Prog Metal, estilo esse que ele junto com os seus colegas de Dream Theater ajudou a moldar.

Outra diferença de John Petrucci para os outros heróis do instrumento aqui mencionados é o seu alto nível técnico em praticamente todas as técnicas do instrumento, como: ligados, tappings, sweeps, etc.

Mas John deixa bem claro em suas entrevistas e em seu repertório, que ele tem um carinho especial pela maneira alternada de se palhetar as cordas, basta perceber a impressionante velocidade que ele atinge utilizando a técnica mesmo em momentos em a que a digitação da mão esquerda não é nada favorável.

A palhetada alternada provavelmente seja a técnica mais elementar do instrumento, e, portanto a que mais exige um aperfeiçoamento constante. Guitarristas que dominam bem a técnica facilmente percebem a perda de velocidade e precisão no assunto, ao ficarem dias ou semanas sem praticar corretamente.

Para praticar diversos exercícios de palhetada alternada e outras técnicas na guitarra, acesse www.guitarpedia.com.br. Curta a nossa página no facebook para acompanhar as novidades, e interagir conosco!

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 13 de setembro de 2016

0 acessosTodas as matérias da seção Matérias

Heavy MetalHeavy Metal
16 músicas dos anos 80 para se escutar durante o treino

Musas do MetalMusas do Metal
As bandas que elas ouvem quando estão em casa

HalloweenHalloween
Dez clássicos do Heavy Metal para curtir a data

5000 acessosRock In Rio: Freddie Mercury desdenhou dos artistas brasileiros em 19855000 acessosIron Maiden: as dez melhores músicas, segundo a Loudwire5000 acessosZakk Wylde: O assassinato atribuido à "seita" do guitarrista5000 acessosRolling Stone: artistas que tiveram problemas com a voz5000 acessosGN'R & Mötley Crüe: a louca simbiose movida a orgias e drogas5000 acessosMetal Extremo: chocando os jurados em reality-shows

Sobre Thiago Mingues da Silva

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online