Daminhão Experiença: o maior poeta do rock nacional

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Rafael Testa, Fonte: Wikipedia
Enviar correções  |  Ver Acessos

Cazuza? Renato Russo? Raul Seixas? Que nada! O maior poeta do rock nacional se chama Daminhão Experiença.

Vícios: As 10 melhores músicas sobre drogasGosto é gosto: Quem ouve Heavy Metal ouve apenas Heavy Metal?

Nota do redator: Trata-se de uma curiosidade divertida da música do nosso país. Não leve tão a sério.

Daminhão executa vários instrumentos ao mesmo tempo em que canta. Exemplos são a gaita, o chocalho, e seus violões (o primeiro álbum foi tocado com um violão de uma corda). O estilo predominante é o rock progressivo.

Suas letras são um caso a parte. Versando sobre assuntos como ditadura, comunismo, violência policial, fome, prostituição, virgindade e casamento, elas muitas vezes parecem desafiar a lógica. Em seus discos podem ser encontradas pérolas como "se você não casar com mulher virgem, já é corno, já comeram tua mulher", "vou para Havana plantar cana, encontrar uma moça cubana - o russo é o maior cérebro do mundo", ou ainda "mamãe não quer que eu seja homem não; porque homem usa chifre na cabeça".

A Aky Filmes está finalizando dois materiais sobre o músico: O doc "Marinheiro Só" que contém depoimentos de artistas que fizeram parte da vida de Damião e o longa "O Mendigo do Planeta Lamma" baseado no livro escrito pelo próprio Damião.

Daminhão vive recolhendo lixo em Ipanema, Rio de Janeiro.

Confira o trailer do longa de Daminhão e um pouco de sua música.

Fome
Damião Experiença

"Amor é ilusão
Casei com mulher de segunda mão
Fiquei na solidão
Amor, é ilusão...
Casei com mulher de segunda mão, fiquei na mão.
Porque, porque mulher que já teve mais de um homem
não se acostuma com um homem só não!
Mas mesmo assim, amor volte pra mim, não me deixe assim
Vagando nos "caminho espinhoso" da vida
sem amor, sem carinho...
Amor quero você, sem cabacinho,
quero ser coraçãozinho, pra viver com carinho...

Amor, você me avisou
Se eu casasse contigo, ia me dar todo valor
Não ia me dar dor de cabeça
Porque foi arrombada, na madrugada... pelo canalha!
Amor... agora você me abandona, pelo mesmo canalha!

O erro foi meu!
Casar com mulher furada, que outro comeu!

Amor... você me avisou...
Se eu casasse contigo, ia me dar todo valor...
não ia me dar dor de cabeça
Porque você foi arrombada, na madrugada, pelo canalha!
Não adiantou nada - agora você me abandona pelo mesmo canalha!
O erro foi meu - casar com mulher furada que outro comeu!

Amor é ilusão
Casei com mulher de segunda mão, fiquei na mão
Porque porque mulher sem exceção
Que já teve mais de um homem
não se acostuma com um homem só não!
Mas mesmo assim, amor volte pra mim, não me deixe assim
Vagando nos caminhos espinhosos da vida
Sem amor, sem carinho
Amor quero você - sem cabacinho
quero seu coraçãozinho, pra viver com carinho
Amor, você me avisou... se eu casasse contigo,
você ia me dar todo valor
Não ia me dar dor-de-cabeça...
porquê você foi arrombada, na madrugada, pelo canalha!!!
Amor, não adiantou nada...
agora você me abandona, pelo mesmo canalha!!!

O erro foi meu,
casar com mulher furada, que outro comeu...
O erro foi meu,
casar com mulher furada, que outro comeu..."

Eu gosto da Ditadura

"Eu sou rastafári
Sou rastafári
Sou rastafári
Sou rastafári
É ser lindo ser rastafári
Sou rastafári
É ser livre ser rastafári

Oh! Eh! Oh! Eh!
Quero ser livre
Nesse planeta
Quero ser livre
Nesse país
Quero ser livre
Nesse planeta
Mas os "hômis" da lei
Não deixam eu ser livre
Nesse planeta Brasil
Quero ser livre
Nesse Brasil
Mas os "hômi" não deixa
Eu viver livre nesse planeta Brasil, Oh!
É por isso que eu digo, Oh! Yeah, yeah, yeah!
Eu gosto é da lei
É por isso que eu digo
Abertura é sangue na bacia
Abertura é pra boi dormir
É por isso que eu gosto é da ditadura
Não tem fingimento de abertura
Oh!
Se estamos numa abertura
Temos direito de andar nas ruas
Sem dinheiro, sem documento
Dormindo no relento
Contra o vento
Sem ser agredido pelos homens da lei
Vivendo com prazer no amanhecer
Vivendo com prazer no amanhecer
A lei democrática
Me dá o direito
De viver com liberdade nessa cidade
A lei democrática
Me dá
O direito
De viver
Com liberdade
Nesse país
Mas as leis não são respeitadas!
Isso é abuso de autoridade, Oi!
Isso é abuso de autoridade,
mas as leis não são cumpridas!
Isso é abuso de poder!
Quem manda é a força!
E a fechadura!
É por isso que eu gosto da ditadura!
Não tem fingimento de abertura, Oh Yeah!"

Agradecimentos à jornalista Stephanie Loureiro



GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção MatériasTodas as matérias sobre "Daminhão Experiença"


Vícios: As 10 melhores músicas sobre drogasVícios
As 10 melhores músicas sobre drogas

Gosto é gosto: Quem ouve Heavy Metal ouve apenas Heavy Metal?Gosto é gosto
Quem ouve Heavy Metal ouve apenas Heavy Metal?


Sobre Rafael Testa

Nascido em Juiz de Fora, Minas Gerais, tem 23 anos, é estudante de sistemas de informação e torcedor fanático do Vasco da Gama e do Tupi Football Club. Se interessou por rock/metal depois do grande tio Roney mostrar-lhe o Iron Maiden. Tem o gosto musical muito variado, curte do thrash metal do Slayer ao metalcore do All That Remains. Acredita que existem bandas boas atualmente e faz questão de apresentá-las.

Mais matérias de Rafael Testa no Whiplash.Net.