Led Zeppelin: For your life e o momento de exaustão da banda

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Diogo Araujo da Silva
Enviar correções  |  Comentários  | 

Um exemplo do que uma visagem como a do jornalista Mick Wall (no livro LED ZEPPELIN: Quando os gigantes caminhavam sobre a terra) não aborda e, mais do que isso, parece ao mesmo tempo passar deliberadamente por cima, é o sentido forte de uma música como For your life. Quando aborda a música e o disco a que pertence, Presence, o jornalista parece tirar boa parte do valor artístico de ambos para, pela mão contrária, criar um vínculo entre o momento de desintegração e mau agouro da banda (série de acidentes a níveis profissionais e pessoais) com a qualidade da música que estava fazendo.

1319 acessosSteve Vai: no palco com banda cover feminina do Led Zeppelin5000 acessosMetal: as oito maiores tretas entre músicos do gênero

Não elevarei o Presence ao posto de meu disco preferido do Led (como muito fã cult parece ter um enorme prazer em fazer), mas acho injusto o considerar um álbum menor dentro da discografia da banda. Um álbum que reúne um marco estético como Achiles last stand (cujo motivo é copiado à exaustão por bandas das mais diversas espécies de metal); uma das maiores proezas do Led em unir forma e conteúdo como For your life; a pedrada a fazer inveja à boa parte dos números iniciais da banda que é Nobody’s fault but mine; além de excelentes e mais explícitas incursões do grupo no campo do fusion, não pode ser assim avaliado.

Considero a música em questão o maior símbolo do disco e do momento da banda, além de um trabalho que merece estar em qualquer de seus best of. Pois não é que a heroína, o álcool, a má sorte, o deus-oculto e a preguiça real estivessem pura e simplesmente dominando o processo criativo do Led, mas antes que o Led, exemplarmente através de uma música como essa e estando merecidamente no topo, expressava artisticamente o tédio, o peso, a esquizofrenia, a ira e a sombra que se ofereciam então como matéria para sua arte.

For your life (dá pra imaginar que haja de saída uma menção a For your love do Yardbirds) pode ser vista como a música que mais perfeitamente dialoga por oposição a Whole lotta love, Comunication Breakdown e Rock and Roll, entre muitos outros rocks ensolarados. Ela chega a ser ainda mais hipnótica do que todos sendo gorda, meticulosa e um tanto traiçoeira.

Chama atenção na canção o seu belo suingue arrastado, o truncado de alguns de seus riffs em si mesmos e em relação à melodia, a sua duração, a maneira como a música parece evoluir sem sair do lugar, certa indeterminação de por quanto tempo cada parte deverá durar para compor o desenho final. Mais uma vez, espanta a consciência da banda.

Desnecessário falar que For your life é uma séria candidata a melhor representar a relação da banda com as drogas, especialmente a heroína e a cocaína. O seu explícito fastio aqui e ali encontra graça, mas prevalece no todo o humor mórbido e a propensão à exaustão, palavra que, de todas, parece a melhor para a definir.

Em tudo a música parece dominada por umas sombras não-místicas, bem humanas mesmo, como se o rock and roll expressasse de maneira crua e ainda extremamente vibrante o seu lado mais repleto de luxúria. E a ele xingasse e dele risse, pois que se soubesse igual cão feliz condenado.

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

WhitesnakeWhitesnake
Coverdale diz que haverá um novo disco e lamenta por Jimmy Page

1319 acessosSteve Vai: no palco com banda cover feminina do Led Zeppelin2224 acessosChris Cornell: última canção foi "In My Time of Dying"563 acessosDesert Trip: festival não será realizado em 20170 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Led Zeppelin"

Led ZeppelinLed Zeppelin
200 milhões nos últimos 5 anos, a coleção de discos de Page

Led ZeppelinLed Zeppelin
Banda ainda reina entre os boots - conheça o Top 6

Led ZeppelinLed Zeppelin
Stairway to Heaven feita por brasileiro

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 08 de julho de 2014

0 acessosTodas as matérias da seção Matérias0 acessosTodas as matérias sobre "Led Zeppelin"

MetalMetal
As oito maiores tretas entre músicos do gênero

Sammy HagarSammy Hagar
"Vai tomar no seu cu, Eddie! Seu mentiroso!"

FaturamentoFaturamento
Quanto Judas, Aerosmith, Slash fazem por show?

5000 acessosAskmen.com: site elege as dez melhores músicas do Nirvana5000 acessosWhitesnake: David Coverdale abomina o termo Heavy Metal5000 acessosJon Bon Jovi: queiram ou não, ele é o CEO do rock5000 acessosIron Maiden: a brincadeira de gato e rato nas capas da banda5000 acessosNirvana: Bebê da capa de Nevermind planta tomates para viver5000 acessosA história do thrash metal contada pelos próprios músicos

Sobre Diogo Araujo da Silva

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online