Led Zeppelin: For your life e o momento de exaustão da banda

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Diogo Araujo da Silva
Enviar correções  |  Ver Acessos

Um exemplo do que uma visagem como a do jornalista Mick Wall (no livro LED ZEPPELIN: Quando os gigantes caminhavam sobre a terra) não aborda e, mais do que isso, parece ao mesmo tempo passar deliberadamente por cima, é o sentido forte de uma música como For your life. Quando aborda a música e o disco a que pertence, Presence, o jornalista parece tirar boa parte do valor artístico de ambos para, pela mão contrária, criar um vínculo entre o momento de desintegração e mau agouro da banda (série de acidentes a níveis profissionais e pessoais) com a qualidade da música que estava fazendo.

Terry O'Neill: Morre, fotógrafo que trabalhou com Beatles, Stones e outros gigantesMetal contra o câncer: festival aceita "cabelo" como ingresso

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Não elevarei o Presence ao posto de meu disco preferido do Led (como muito fã cult parece ter um enorme prazer em fazer), mas acho injusto o considerar um álbum menor dentro da discografia da banda. Um álbum que reúne um marco estético como Achiles last stand (cujo motivo é copiado à exaustão por bandas das mais diversas espécies de metal); uma das maiores proezas do Led em unir forma e conteúdo como For your life; a pedrada a fazer inveja à boa parte dos números iniciais da banda que é Nobody's fault but mine; além de excelentes e mais explícitas incursões do grupo no campo do fusion, não pode ser assim avaliado.

Considero a música em questão o maior símbolo do disco e do momento da banda, além de um trabalho que merece estar em qualquer de seus best of. Pois não é que a heroína, o álcool, a má sorte, o deus-oculto e a preguiça real estivessem pura e simplesmente dominando o processo criativo do Led, mas antes que o Led, exemplarmente através de uma música como essa e estando merecidamente no topo, expressava artisticamente o tédio, o peso, a esquizofrenia, a ira e a sombra que se ofereciam então como matéria para sua arte.

For your life (dá pra imaginar que haja de saída uma menção a For your love do Yardbirds) pode ser vista como a música que mais perfeitamente dialoga por oposição a Whole lotta love, Comunication Breakdown e Rock and Roll, entre muitos outros rocks ensolarados. Ela chega a ser ainda mais hipnótica do que todos sendo gorda, meticulosa e um tanto traiçoeira.

Chama atenção na canção o seu belo suingue arrastado, o truncado de alguns de seus riffs em si mesmos e em relação à melodia, a sua duração, a maneira como a música parece evoluir sem sair do lugar, certa indeterminação de por quanto tempo cada parte deverá durar para compor o desenho final. Mais uma vez, espanta a consciência da banda.

Desnecessário falar que For your life é uma séria candidata a melhor representar a relação da banda com as drogas, especialmente a heroína e a cocaína. O seu explícito fastio aqui e ali encontra graça, mas prevalece no todo o humor mórbido e a propensão à exaustão, palavra que, de todas, parece a melhor para a definir.

Em tudo a música parece dominada por umas sombras não-místicas, bem humanas mesmo, como se o rock and roll expressasse de maneira crua e ainda extremamente vibrante o seu lado mais repleto de luxúria. E a ele xingasse e dele risse, pois que se soubesse igual cão feliz condenado.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção MatériasTodas as matérias sobre "Led Zeppelin"


Terry O'Neill: Morre, fotógrafo que trabalhou com Beatles, Stones e outros gigantesTerry O'Neill
Morre, fotógrafo que trabalhou com Beatles, Stones e outros gigantes

Leo Chaves: cantor sertanejo é fã de Elvis Presley, Led Zeppelin e DisturbedLeo Chaves
Cantor sertanejo é fã de Elvis Presley, Led Zeppelin e Disturbed

Em 08/11/1971: Led Zeppelin lançava o icônico Led Zeppelin IVEm 08/11/1971
Led Zeppelin lançava o icônico Led Zeppelin IV

Led Zeppelin: Robert Plant diz que não pode se relacionar com Stairway to HeavenLed Zeppelin
Robert Plant diz que não pode se relacionar com "Stairway to Heaven"

Led Zeppelin: Paul Stanley diz que nunca viu nada que fosse tão perfeitoLed Zeppelin
Paul Stanley diz que nunca viu nada que fosse tão perfeito

Led Zeppelin: décadas depois, o que Robert Plant pensa sobre o álbum IVLed Zeppelin
Décadas depois, o que Robert Plant pensa sobre o álbum IV

Led Zeppelin: ouça Nirvana e mais artistas que registraram suas cançõesGrandes covers: cinco versões para "Black Dog", do Led Zeppelin

Cinema: 5 filmes clássicos do Rock e seus títulos em versão brasileiraCinema
5 filmes clássicos do Rock e seus títulos em "versão brasileira"

Steve Albini: "eu não curtia Led Zeppelin quando era adolescente"

Em 25/09/1980: John Bonham, do Led Zeppelin, morre após intoxicaçãoEm 25/09/1980
John Bonham, do Led Zeppelin, morre após intoxicação

Led Zeppelin: Não foi minha culpa ter sido uma merda, diz Phil CollinsLed Zeppelin
"Não foi minha culpa ter sido uma merda", diz Phil Collins


Metal contra o câncer: festival aceita cabelo como ingressoMetal contra o câncer
Festival aceita "cabelo" como ingresso

Church of Satan: A maioria dos músicos de Black Metal são cristãosChurch of Satan
"A maioria dos músicos de Black Metal são cristãos"


Sobre Diogo Araujo da Silva

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

adGoo336