Matérias Mais Lidas

imagemA resposta de John Lennon quando perguntado se retornaria aos Beatles em 1975

imagemO clássico dos Paralamas que Gilberto Gil escreveu a letra e ditou pelo telefone

imagemPaul McCartney lista os cinco músicos que formariam sua banda dos sonhos

imagemCinco músicas que são covers, mas você acha que são as versões originais - Parte 2

imagemRitchie Blackmore em 1978 sobre o Kiss, Fleetwood Mac, Yardbirds e Led Zeppelin

imagemO clássico da Legião inspirado em novela da TV Globo e acusado de plagiar The Doors

imagemTúnel do Tempo: 25 músicas que mostram por que 1988 é um ano inesquecível

imagemCinco curiosidades sobre "The Sick, The Dying... And The Dead!", do Megadeth

imagemQuantos discos o Guns N' Roses vendeu no Brasil e no mundo? Veja os números

imagemTúnel do Tempo: 25 músicas que mostram por que 1984 é um ano vital para o metal

imagemTúnel do Tempo: 25 músicas que mostram por que 1991 é um ano tão celebrado

imagemBob Dylan explica a diferença entre suas composições e as de Paul McCartney

imagemCadáveres, sangue e girombas: a história da capa de "Reign In Blood", do Slayer

imagemKiss: Tommy Thayer responde se Gene Simmons e Paul Stanley se dão bem

imagemOzzy pediu permissão para instalar "acolhedouros de morcegos" em mansão


Agaurez

Por Emanuel Seagal
Fonte: Agaurez
Em 26/06/13

A horda Agaures surgiu em meados do ano de 1998 (no falso calendário) entre as novas concepções de música extrema e a potência da ideologia do anti-cristianismo racional.

Durante o ano de 2000, 2 materiais não oficiais foram lançados e estritamente divulgados por todo território brasileiro e mundial. A demo ensaio "Obscure Shades" e o CD promo ao vivo "Living Forms of Obscure Shades" receberam excelentes críticas, trazendo assim a possibilidade real para a finalização do primeiro material oficial.

Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva

O Debut album denominado "Unvirtue – Vitae" foi completamente produzido no inverno de 2001 e foi lançado no segundo semestre de 2002, através da Demise Records (Extreme Label).

Esta é a opus primordial de uma extensa saga, híbrida de uma complexa e agressiva massa sonora e a mais caótica e extrema concepção ideológica.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Após quase uma década do lançamento do seu último opus, a horda Agaurez retomou suas atividades para voltar com força total ao cenário black metal.

A formação atual é um compilado de membros de várias épocas da banda, nenhum efetivamente "novo", por assim dizer. Há integrantes dos primórdios da Agaurez, como M. Völker, D. Hell e C. Tenebrae Alok, assim como membros que passaram por formações posteriores, como M. Xavier, V. Cenobite e F. Impious, que desta vez assume uma das guitarras.

Todos os integrantes estão extremamente positivos quando aos novos caminhos e sonoridade da horda. É uma continuação na direção que a banda trilhava após a mudança de AgaureS para AgaureZ, em 2004, e até a separação, em 2008; uma busca por um som mais extremo, e de influências mais amplas, que se extendem ao death metal e thrash metal, incorporando mais riqueza e, ao mesmo tempo, brutalidade, ao som. Todos estão entrosados, portanto tudo está fluindo muito naturalmente, e nossa meta é que até o final do ano já consigamos gravar e masterizar material o suficiente para o próximo lançamento.

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp


Sobre Emanuel Seagal

Descobriu o metal com Iron Maiden e Black Sabbath até chegar ao metal extremo e se apaixonar pelo doom metal. Considera Empyrium e X Japan as melhores bandas do mundo, Foi um dos coordenadores do finado SkyHell Webzine, escreveu para outros veículos no Brasil e exterior, e sempre esteve envolvido com metal, seja com eventos, bandas, gravadoras ou imprensa. Escreve para o Whiplash! desde 2005 mas ainda não entendeu a birra dos leitores com as notícias do Metallica. @emanuel_seagal no Instagram.

Mais informações sobre

Mais matérias de Emanuel Seagal.