Forkill: perfil da banda e entrevista exclusiva

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Seguir Whiplash.Net

Por Sigried Neutzling Buchweitz, Fonte: Rio de Metal
Enviar correções  |  Comentários  | 

5000 acessosMetal: Gibson.com enumera 50 melhores músicas do gênero5000 acessosCharles Manson: casamento era plano para expor seu cadáver

A banda Forkill é relativamente nova, pois foi formada em 2010. Nem por isso deixa de apresentar músicas muito bem tocadas e ainda por cima influenciadas pelo som originado na San Francisco Bay Area, na década de 1980.

A formação atual da Forkill é Joe Neto (vocal/guitarra), Ronnie Giehl (guitarra), Gus NS (baixo) e Mark Cozta (bateria). Eles mencionam como principais influências Exodus, Slayer e Testament e gostam de tocar de maneira rápida e agressiva. Suas letras são em inglês, destilando ódio em todas as suas faces, segundo o release da banda. Têm um EP com 7 canções denominado Breathing Hate, 6 de autoria da banda e uma do produtor Robertinho de Recife.

Esta última é especialmente interessante por ter recebido a participação de músicos do grupo Stress como uma homenagem aos primórdios do metal no Brasil.

Aí, eu quis saber mais e rolaram umas perguntinhas por email:

Robertinho de Recife é um grande guitarrista, extremamente versátil e provavelmente tem uma visão bem ampla de música, pois já tocou nas mais variadas vertentes musicais, indo desde Orquestras Sinfônicas até artistas como Sivuca, Dominguinhos... Como foi trabalhar com ele?

Robertinho é um cara muito inteligente e extremamente generoso, acho que de alguma forma foi um desafio para ele trabalhar com a Forkill pois nós fomos a primeira banda de Thrash produzida por ele. O cara é um gênio, entende tudo de timbres e gravação e foi essencial para conseguirmos alcançar o nível que queríamos para o nosso CD debut. É muita experiência musical para uma só pessoa e ele gosta de ensinar, de explicar os detalhes de cada parte que compõe o processo de gravação. Foi realmente uma experiência incrível poder conviver com ele nesse período.

O Stress é uma banda paraense, das primeiras a tocar Heavy Metal no Brasil, ainda por cima numa época de censura, o que a torna ainda mais interessante. Como foi gravar essa música com a participação deles, um pessoal com tanta história pra contar?

Nosso baterista Marc também é paraense e foi ele que fez o contato com o Roosevelt Bala convidando-o a ir ao estúdio do Robertinho para fazer uma participação no nosso CD. A idéia era gravar um trecho de Metal Mania mas com uma "pegada" um pouco mais pesada para dar a "cara" da Forkill e que servisse como homenagem àqueles que iniciaram o Metal no Brasil como os nossos grandes amigos da Metalmorphose, o Centúrias, o Stress e o próprio Robertinho de Recife. O Bala e o André Chamon participaram dessa faixa que na verdade é apenas um trecho da música original e foram muito simpáticos e rapidamente se tornaram queridos amigos da gente.

E o CD full de vocês, tem previsão de lançar?

Estamos com o CD totalmente gravado, trabalhando na parte burocrática do lançamento e aguardando a arte ser finalizada pelo nosso grande parceiro Marcos Ava, que hoje é o responsável pelo projeto gráfico da banda mas que também foi baterista e membro fundador da Forkill junto com o Ronnie Giehl. Assim que tudo isso estiver pronto, e acredito que não leve muito tempo, devemos lançar o CD. Esperamos manter Dezembro/2012 como mês para esse evento.

Para conferir mais informações sobre a banda:

http://www.facebook.com/forkill.thrash
http://www.myspace.com/forkill_thrash
http://www.youtube.com/user/forkillmetal

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Seguir Whiplash.Net

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Forkill"

0 acessosTodas as matérias da seção Matérias0 acessosTodas as matérias sobre "Forkill"


MetalMetal
Gibson.com enumera 50 melhores músicas do gênero

Charles MansonCharles Manson
Casamento era plano para expor seu cadáver

GhostGhost
Papa Francisco impede apresentação da banda nos EUA

5000 acessosIron Maiden: versões pesadas para clássicos do Rock5000 acessosQueen: Bowie, Mercury e a história de Under Pressure5000 acessosGibson: as dez melhores composições épicas do rock5000 acessosJanaína Paschoal: "Prefiro Pink Floyd e Dire Straits a Iron Maiden"5000 acessosMetal: as 10 melhores bandas brasileiras segundo a Metal Hammer5000 acessosGuns N' Roses: a ideia era ter lançado um novo álbum em 2016

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.


Sobre Sigried Neutzling Buchweitz

Sou arquiteta e urbanista, blogueira nas horas vagas, apaixonada por novidades sonoras. Por isso edito o blog Rio de Metal, pra ajudar a divulgar eventos e bandas (autorais) independentes de rock pesado que acontecem no estado do Rio de Janeiro. De vez em quando, falo de outros assuntos ligados a esse som poderoso que é o Metal, tipo arquitetura, decoração, humor... Gosto muito quando os leitores participam com comentários!

Mais matérias de Sigried Neutzling Buchweitz no Whiplash.Net.