MMA: os lutadores que curtem Rock e Heavy Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Carlos Almeida
Enviar correções  |  Comentários  | 

Amado ou odiado, não há como negar: O MMA (acrônimo em inglês para “mixed martial arts”, artes marciais mistas) atualmente é um dos esportes mais populares do mundo e a cada dia ganha mais admiradores, principalmente no Brasil.

5000 acessosJoe Satriani: por que ele não entrou no Deep Purple?5000 acessosNotas altas: as dez mais impressionantes do Heavy Metal

Por muito tempo comparado a rinhas humanas e até mesmo proibido em diversos países, o estilo rompeu diversas barreiras com o passar dos anos e hoje está na mídia mainstream, com os lutadores tornando-se grandes astros.

Com esse cenário surge, como com qualquer figura pública, a natural curiosidade de se conhecer os gostos pessoais de tais atletas, ídolos de muitos. Neste ponto, como fãs de rock, incluímos na lista de curiosidades o tópico “música” e lançamos a questão: “Há lutadores fãs de rock?”

Para responder tal indagação fizemos uma breve pesquisa e descobrimos alguns detalhes a esse respeito. Como fonte principal, analisamos os “Entrance Themes” (músicas escolhidas pelos próprios lutadores para o momento que se dirigem para suas lutas) e comentamos alguns casos específicos de lutadores que declaram abertamente seu amor pela música pesada.

De início, porém, nada de rock. Não teríamos como fazer uma matéria sobre MMA sem citar o mais badalado e admirado atleta do estilo no Brasil, aquele apontado por muitos como o melhor lutador de todos os tempos (embora tal afirmação encontre grande resistência em uma grande parcela de fãs, que atribuem esse titulo ao lendário lutador russo Fedor Emelianenko), o campeão dos pesos-médios do UFC com o recorde de 10 defesas de cinturão e mais de 30 vitórias na carreira, o brasileiro Anderson Silva. O “Spider” realiza suas entradas ao som de “Ain’t No Sunshine' do rapper DMX. Mas além de rap, Anderson também é um grande fã de Michael Jackson e em 2003, quando ainda lutava no extinto evento japonês PRIDE, fez uma animada entrada imitando seu ídolo, devidamente caracterizado.

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

Outros grandes lutadores brasileiros optam por música eletrônica, como a clássica entrada de Wanderlei Silva com “Sandstorm” do DJ Finlandês Darude, ou Maurício “Shogun” Rua com “Sail” de Armin van Buuren. Já Vitor Belfort vai para o octógono ao som de “300 Violin Orchestra”, do músico Venezuelano Jorge Quintero.

Mas como aqui o que nos interessa é o ROCK, pode-se dizer que há vários atletas com bom gosto ao escolher seus temas de entrada, como nos exemplos a seguir:

Um dos maiores representantes do MMA brasileiro, o peso-pesado Antonio Rodrigo “Minotauro” Nogueira, por algum tempo utilizou “Gimme Shelter” dos ROLLING STONES como “entrance theme”:

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

Obviamente que a banda de metal mais famosa do Brasil não poderia deixar de ser lembrada. O meio-pesado Thiago Silva utiliza “Ratamahatta” do SEPULTURA ao ir para suas lutas, numa entrada que impressiona. Veja:

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

O policial do BOPE e lutador da categoria meio-médio, Paulo Thiago, não poderia utilizar outro tema senão “Tropa De Elite” da banda TIHUANA. O atleta também já utilizou a faixa “Monstro Invisível” do grupo carioca O RAPPA. Ainda no rock nacional, o cinco vezes campeão mundial de Jiu-jitsu Demian Maia costuma usar “Vida Bandida” do cantor LOBÃO para suas entrances.

Outros lutadores brasileiros com entradas dignas de nota incluem o peso-leve Gleison Tibau com a clássica “Iron Man” do BLACK SABBATH, o hoje aposentado das competições Ricardo Almeida com “Bail and Chain” do SOCIAL DISTORTION, o ex-campeão dos meio-pesados Lyoto “The Dragon” Machida com "Bleed It Out” do LINKIN PARK (essa vale citar mais pela menção ao excelente lutador do que pela música em si ;-) ), e o ex-contender dos pesados do UFC, Gabriel “Napão” Gonzaga, com a clássica “Mother” do baixinho marrento Glenn DANZIG.

Por falar em Danzig, seguimos nossa lista, agora com os lutadores gringos, com um homônimo do vocalista, o vencedor da 6ª edição do reality show “The Ultimate Fighter”, Mac Danzig. Com este sobrenome sua escolha para entrada não poderia deixar de ser relacionada ao ex-frontman do MISFITS, e para tal o campeão do TUF americano utiliza a música “Astro Zombies” da clássica banda punk. Outro que faz alusão a como é chamado, nesse caso pelo apelido, é o sul-coreano Jung Chan-Sung. Conhecido com “The Korean Zombie”, o atleta entra para suas lutas do som de “Zombie”, do THE CRAMBERRIES. Outros atletas, como alguns brasileiros citados acima, preferem escolher bandas de seu país de origem, como o inglês Michael Bisping com "London Calling" do THE CLASH e atualmente “Song 2”, do BLUR.

O próximo lutador, também um inglês, merece um parágrafo à parte: trata-se do ‘figura’ Dan "The Outlaw" Hardy, um dos lutadores mais carismáticos do UFC.

Dan Hardy
Dan Hardy

Hardy já chama a atenção pelo visual, com seu tradicional moicano e muitas tatuagens. Mas o estilo não se limita a aparência já que o meio-médio é um grande fã metal e hardcore, tendo sido indicado em 2011 ao prêmio de “Most Metal Athlete” do Golden Gods Awards, além de ser patrocinado pela gravadora cult EARACHE. Além disso, Hardy tem uma das músicas de entrada mais significativas do MMA, o clássico “England Belongs to Me” do veterano grupo punk britânico COCK SPARRER. O detalhe é que a banda chegou a regravar a música com participação do próprio lutador. Confira:

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

O ex-campeão Forrest Griffin é outro que escolheu uma música de entrada bastante chamativa, e que deixou muitos brasileiros curiosos quando o meio-pesado lutou por aqui no UFC Rio I, em 2011. Trata-se “I'm Shipping Up To Boston” da banda de celtic/punk americana DROPKICK MURPHIS. Veja um trecho da entrada de Forrest.

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

Outro ex-campeão (dos pesados e meio-pesados) com o gosto musical apurado é um dos lutadores mais populares nos EUA, o atualmente também ator, Randy Couture. O lutador, que faz parte do Hall da fama do UFC, já usou para suas entradas clássicos como “Back in the Saddle” do AEROSMITH, “Kashmir” do LED ZEPPELIN, “The Star-Spangled Banner" (hino americano, na versão tocada por JIMI HENDRIX) e "Stranglehold" de TED NUGENT.

Contudo, o lutador que podemos chamar sem sombra de dúvidas de “o headbanger do MMA” atente pelo nome de Josh “The Warmaster” Barnett. Atualmente competindo no Strikeforce, Barnettt já foi campeão do UFC, passou com relativo sucesso pelo Pride (no qual foi um dos poucos a derrotar Minotauro), Pancrase, Affliction (evento esse que por sinal teve participação do MEGADETH tocando ao vivo), dentre outros.

Sacou o “Warmaster” no apelido do cara? Não é à toa. A inspiração vem da banda da favorita de Barnett, o lendário grupo britânico de death metal BOLT THROWER. Embora não o fizesse no Pride, atualmente o lutador utiliza músicas da banda para suas entradas, o que combina muito bem com a situação. Quer algo melhor do que entrar para uma luta ao som de “For Victory”? Barnett é bastante ativo no cenário underground do metal americano, inclusive organizando festivais com bandas como ALL SHALL PERISH, CATTLE DECAPITATION, ABYSMALL DAWN, etc.

Josh Barnett
Josh Barnett

Para finalizar, fizemos uma lista de alguns lutadores e suas músicas de entrada e lançamos a pergunta: e você, se fosse um lutador, qual música usaria como seu tema?

Brock Lesnar: “Enter Sandman” (METALLICA) e "Shout At The Devil" (MÖTLEY CRÜE )
Rich Franklin: “For Those About To Rock” (AC/DC)
Stephan Bonnar: “Eminence Front” (THE WHO)
Nick Diaz: “Feiticeira” (DEFTONES)
Constantinos Philippou: “Here I Go Again” (WHITESNAKE)
Jake Shields: “Renegades of Funk” (RAGE AGAINST THE MACHINE)
Jim Miller: “Bad Moon Rising” (CREEDENCE CLEARWATER REVIVAL)
Tim Kennedy: “Rooster” (ALICE IN CHAINS)
Carlos Condit: “Know Your Enemy” (RAGE AGAINST THE MACHINE)
Chad Mendes: “Paradise City” (GUNS ‘N’ ROSES)
Clay Guida: “Walk” (PANTERA) e “My Hero” (FOO FIGHTERS)
Vladimir Matyushenko: "Deaf Forever" (MOTÖRHEAD)
Matt Mitrione: "Simple Man" (LYNYRD SKYNYRD) Roy Nelson: "Born in the U.S.A." (BRUCE SPRINGSTEEN), We Will Rock You (QUEEN)
Dan Evensen: "Gods of War" (MANOWAR)
Rick Story: "Overlord" e "Fire It Up" (BLACK LABEL SOCIETY), "This Fire Burns" (KILLSWITCH ENGAGE)
Christian Morecraft: "Balls to the Wall" (ACCEPT)
Jake Ellenberger: "Du Hast" (RAMMSTEIN)

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, nos links abaixo:

Post de 10 de agosto de 2012
Post de 13 de agosto de 2012
Post de 29 de agosto de 2012

0 acessosTodas as matérias da seção Matérias

Joe SatrianiJoe Satriani
Porque o guitarrista não aceitou a vaga no Deep Purple?

Heavy MetalHeavy Metal
As vozes mais impressionantes segundo a Loudwire

MegadethMegadeth
"Aos 15 entrei na magia e conheci o lado negro!"

5000 acessosAskmen.com: site elege as dez melhores músicas do Nirvana5000 acessosExemplos: 10 músicos com deficiências ou problemas de saúde5000 acessosFoo Fighters: Pelo Twitter, banda responde ao vídeo viral5000 acessosRock Cristão: alguns dos principais discos nacionais do gênero5000 acessosLindemann: Tägtgren salvou vocalista do Rammstein de surra5000 acessosSolos de guitarra: lista dos 50 melhores segundo a NME

Sobre Carlos Almeida

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Mais matérias de Carlos Almeida no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online