Judas Priest: Faulkner gostaria de conversar com K.K.

WHIPLASH.NET - Rock e Heavy Metal!

Judas Priest: Faulkner gostaria de conversar com K.K.

Traduzido por Kako Sales | Fonte: Blabbermouth.Net

  | Comentários:

Matéria publicada em 30/07/11. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

Imagem
O site Geeks of Doom recentemente conduziu uma entrevista com o novo guitarrista do Judas Priest, Richie Faulkner. Alguns trechos da conversa seguem abaixo.

Geeks of Doom: Você foi bem recebido na banda?

Richie Faulkner: Completamente. Eles não pouparam nem um pouco na receptividade, em todos os aspectos – a nível pessoas e a nível musical. Nós fizemos arranjos em algumas músicas quando executadas ao vivo para colocar alguns solos extras de guitarra para dar ênfase ao que eu posso fazer e você não pode ser mais bem recebido que isso. Você sabe, alterar arranjos para clássicos como esses só para dar espaço para o que você pode fazer, acho que é uma grande honra receber essa oportunidade.

GoD: O som das guitarras gêmeas de K.K. Downing e Glenn Tipton é parte integral do Judas Priest e do Metal em si.

RF: Absolutamente.

GoD: Você sentiu algum tipo de pressão ao substituir uma parte disso?

RF: Na verdade, não. Quer dizer, como fã da banda, eu sei o que os fãs esperam. Eu sabia o que eu tinha que fazer, como guitarrista e como fã da banda, o trabalho a ser feito, se é que você entende. Sempre fiz parte de bandas com dupla de guitarras, sabe, sempre fui fã do Priest e eram todas as peças se encaixando como um quebra-cabeças. Como eu disse, as guitarras gêmeas no Priest como um fã, e também as músicas, tudo tipo que faz sentido. Então, de certa forma, não houve pressão ,mas é o tipo de dever a ser feito da melhor forma possível para a banda e para os fãs, de verdade.

GoD: Como foi a reação dos fãs do Judas Priest?

RF: Bem, foi ótima, de verdade. Acho que eles foram incríveis na receptividade ao novo integrante da família. Acho que inicialmente houve algum ceticismo, que é natural, saca? Isso ocorre quando alguém sai após 40 anos. Acho que as pessoas têm uma tendência a temer pelo pior, mesmo quando deveriam confiar que a banda escolheu o cara certo, as pessoas tendem a temer pelo pior. Então nós sempre soubemos que, após algumas semanas de turnê, mostrando às pessoas o que podemos fazer, eles estariam do nosso lado e seria nada memos que incrível, de verdade. Eles têm sido bastante receptivos. Você aceita, entende o ceticismo... Mas duas músicas, três músicas depois, eles já estão com os punhos nos ares, estão cantando junto, já esqueceram tudo aquilo. Estão apenas curtindo o show. Então tem sido ótimo, sério. A reação do público tem sido incrível.

GoD: Nada melhor que isso. Você já conversou alguma vez com o K.K.?

RF: Não, nunca. Quer dizer, ouvir umas coisinhas aqui, outras ali... O que ele postou no site dele, coisas como aquelas, e, obviamente, o que a banda disse. Você sabe, eles me contaram sobre a situação. Na verdade, eu não falei com ele pessoalmente. Acho que eu gostaria de encontrá-lo e falar com ele, mas não acredito que seria importante para mim conversar sobre isso. Acho que a essa foi a decisão que ele tomou e você tem que respeitá-la. Gostaria de conversar com ele sobre outras coisas, talvez sobre o que ele vai fazer agora ou sobre guitarras ou coisas do tipo, saca? Como eu disse, ele tomou a decisão e acho que todo mundo deve respeitar isso. E acho que haveria outras coisas sobre as quais conversar; ele provavelmente não iria querer falar sobre isso também, entende? Então eu provavelmente conversaria com ele sobre motos e guitarras, coisas do tipo.

Leia a entrevista na íntegra no Geeks of Doom:
http://geeksofdoom.com/2011/07/28/interview-judas-priest-gui...

Criado em 1996, Whiplash.Net é o mais completo site sobre Rock e Heavy Metal em português. Em março de 2013 o site teve 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas e 8.590.108 pageviews. Redatores, bandas e promotores podem colaborar pelo link ENVIAR MATERIAL no topo do site.


  | Comentários:

Todas as matérias sobre "Judas Priest"

Judas Priest: post no Facebook indica novo álbum a caminho
Cobain: músicos do Korn, Judas, Pantera e AIC falam sobre legado
Judas Priest: Painkiller e seus diversos covers
Judas Priest: a visão detalhada sobre "Painkiller"
Rock e metal: o outro lado das capas de discos
Judas Priest: banda se dedicou de coração e alma ao novo álbum
Judas Priest: Seria "Point of Entry" seu disco mais esquecido?
Judas Priest: Rob Halford diz que novo álbum está pronto
Guitar World: 10 Álbuns clássicos essenciais do Metal
Separados no nascimento: Halford, Mercury e Village People
K. K. Downing: Seria muito difícil voltar ao Judas Priest
Em foto: Andre Matos agradece a influência de Rob Halford
Em 1985: Fã do Judas Priest comete suicídio e pais culpam a banda
Ultimate Classic Rock: as dez melhores duplas de guitarristas
Assombrai-vos: prodígio da bateria de 7 anos descasca Painkiller

Os comentários são postados usando scripts do FACEBOOK e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Pense antes de escrever; os outros usuários e colaboradores merecem respeito;
Não seja agressivo, não provoque e não responda provocações com outras provocações;
Seja gentil ao apontar erros e seja útil usando o link de ENVIO DE CORREÇÕES;
Lembre-se de também elogiar quando encontrar bom conteúdo. :-)

Trolls, chatos de qualquer tipo e usuários que quebram estas regras podem ser banidos sem aviso. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Sobre Kako Sales

Mineiro de Januária, baterista autodidata, cresceu em ambiente familiar ligado à música popular e erudita. Seu pai chegou a fazer pequenas turnês com bandas da Jovem Guarda como tecladista no fim da década de 70. Aos 10 anos, iniciou os estudos de teoria musical e piano clássico. Teve o primeiro contato com o mundo do metal ao escutar o CD Angels Cry do Angra, aos 15 anos. Desde então tem se dedicado a conhecer, colecionar e difundir o melhor do metal brasileiro e mundial. Graduado em Letras/Inglês, principalmente por influência da língua-mãe do rock, tem como principais ícones do metal as bandas Angra, Symphony X, Dream Theater e Opeth.

Mais informações sobre Kako Sales

Mais matérias de Kako Sales no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

QUEM SOMOS | ANUNCIAR | ENVIAR MATERIAL | FALE CONOSCO

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em março: 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas, 8.590.108 pageviews.


Principal

Resenhas

Seções e Colunas

Temas

Bandas mais acessadas

NOME
1Iron Maiden
2Guns N' Roses
3Metallica
4Black Sabbath
5Megadeth
6Ozzy Osbourne
7Kiss
8Led Zeppelin
9Slayer
10AC/DC
11Angra
12Sepultura
13Dream Theater
14Judas Priest
15Van Halen

Lista completa de bandas e artistas mais acessados na história do site

Matérias mais lidas