Matérias Mais Lidas

imagemRoger Waters se defende, mas David Gilmour fica do lado da esposa e confirma tudo

imagemO ponto fraco de Yngwie Malmsteen segundo Ronnie James Dio, em 1985

imagemEm 1974, Raul Seixas explicava detalhes dos significados por trás da letra de "Gita"

imagemOzzy Osbourne revela qual foi o melhor guitarrista de sua carreira solo

imagemRoger Waters atende a Rússia e faz discurso para o Conselho de Segurança da ONU

imagemA reação de King Diamond ao ouvir Metallica tocando músicas do Mercyful Fate

imagemO triste motivo pelo qual o Pink Floyd não podia fazer contato com Syd Barrett

imagemQuem ganhou e quem devia ter ganhado o Grammy de metal desde 1989, segundo Loudwire

imagemRodinha de mosh gigantesca em show do System of a Down viraliza e impressiona

imagemVeja o que esperar da turnê do Mayhem no Brasil

imagemPor que Herbert Vianna gosta muito do riff de "Eu Quero Ver o Oco" do Raimundos?

imagemMegadeth é processado por artista que criou capa do último disco da banda

imagemVeja Dave Grohl cantando e agitando em show do Mercyful Fate

imagemAs 20 melhores músicas do Nightwish, em lista da Metal Hammer

imagemO show do Engenheiros do Hawaii sem Humberto, que eles achavam que havia sido sequestrado


O Whiplash.Net é um site lucrativo?

Sim. Whiplash.Net hoje é um site lucrativo. E damos muito valor a isso, pois nem sempre foi assim. :-)

Depois de 10 anos bancando o site com prejuizo, o diretor do Whiplash.Net vive hoje com o que o site lhe paga. O Whiplash.Net paga ainda editores de conteúdo e alguns poucos redatores.

O site possui hoje uma boa quantidade de anunciantes. Embora cobre pelo espaço de publicidade valores bem inferiores a outros sites semelhantes, a situação financeira é, na maior parte do tempo, muito confortável.

Mas nem tudo são flores. Os custos para manter um site deste porte são maiores do que se imagina. Além de servidores dedicados e várias outras contas de hospedagem, temos custos bastante altos com segurança e suporte aos servidores, manutenção da empresa (impostos, contador, etc), correio, telefones e despesas eventuais como impressão de camisetas, adesivos e brindes diversos. Por outro lado as verbas de publicidade são menores do que se imagina, pois praticamos os menores preços entre os sites semelhantes. Clique no link ANUNCIAR na parte de cima do site para confirmar isso.

Durante os seus primeiros anos de existência Whiplash.Net foi extremamente deficitário, consumindo boa parte do salário do abnegado webmaster responsável pelo site. E contou ainda com serviço voluntário de abnegados editores. :-)

Nos anos que se seguiram o site conquistou alguns anunciantes e passou a cobrir todos os seus custos. Mais tarde a verba publicitária passou a ser suficiente para não apenas cobrir os custos, mas fazer alguns investimentos como melhores servidores para hospedagem, impressão de camisetas e adesivos, entre outros.

Apenas em 2009 o criador do site (João Paulo Andrade), responsável pela parte técnica, marketing, comercial e outros aspectos do Whiplash.Net, passou a se dedicar em tempo integral ao projeto, abandonando um outro emprego que mantinha. Outros editores recebem hoje um valor mensal do site pelos serviços prestados, mas não trabalham exclusivamente para o site.

Poder ter uma equipe maior e trabalhando mais tempo no site (o que depende, claro, de remuneração) é um sonho que sempre perseguimos. Mais do que uma realização pessoal, isso é algo que influiria muito positivamente na qualidade do Whiplash.Net.

Não achamos que seja nenhuma vergonha (embora alguns queiram fazer parecer isso) viver do site. Qual a sua opinião? :-)

Leia o blog onde o webmaster relata a experiência de viver do site


Sobre João Paulo Andrade

Sempre quis viver de Rock e/ou Heavy Metal. Tentou tocar baixo mas era tremendamente incompetente no instrumento. Em 1996 criou o site Whiplash.Net e hoje vive do seu sonho. :-)
Mais matérias de João Paulo Andrade.