Matérias Mais Lidas

imagemA bizarra exigência de Ace Frehley para participar da última turnê do Kiss

imagemEngenheiros do Hawaii e as tretas com Titãs, Lulu Santos, Lobão e outros

imagemO grave problema do refrão de "Eagle Fly Free", segundo Fabio Lione

imagemLobão explica porquê todo sertanejo gostaria, no fundo, de ser roqueiro

imagemGregório Duvivier: "Perto de Chico Buarque, Bob Dylan é uma espécie de Renato Russo!"

imagemEdu Falaschi descobriu que seu primo famoso tem mais seguidores que ele no Instagram

imagemDave Mustaine cutuca Kiss e bandas "preguiçosas" que usam playbacks

imagemIggor Cavalera diz que reunião da formação clássica do Sepultura seria incrível, mas...

imagemPink Floyd: Gilmour nega alegação de Waters sobre "A Momentary Lapse of Reason"

imagemMax Cavalera revela como "selou a paz" com Tom Araya, vocalista do Slayer

imagemA categórica opinião de Dave Mustaine sobre religião "abusiva e falsa" de sua mãe

imagemBenny Anderson toca música do Foo Fighters por ter visto Dave Grohl homenageando Abba

imagemQuando Jimi Hendrix chamou Eric Clapton para subir no palco e afinar sua guitarra

imagemDave Mustaine, eufórico, compara James LoMenzo com Cliff Burton

imagemMax Cavalera diz quais foram os dois discos mais difíceis que já gravou


Airbourne 2022

Venom Inc.: carisma e profissionalismo em Belo Horizonte

Resenha - Venom Inc. (Mister Rock, Belo Horizonte, 02/02/2019)

Por Mário Pescada
Em 10/02/19

Fotos: Isabela Lopes

O VENOM INC. (ou VENOM INCORPORATED) passou rapidamente pelo Brasil no começo de fevereiro para apenas dois shows: dia 01 em Limeira/SP e dia 02 em Belo Horizonte como parte da "Avé Latin America Tour", divulgando seu até então único álbum "Avé" (2017), lançado via Nuclear Blast. Depois de BH, a banda seguiu para compromissos no Paraguai, Uruguai, Argentina, Chile, Peru, Bolívia, Colômbia, Guatemala, terminando a tour em El Salvador.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A expectativa pela passagem da banda pelo país era grande, afinal estaríamos diante dos precursores do black metal, donos de dois álbuns fundamentais para o estilo: "Welcome To Hell" (1981) e "Black Metal" (1982).

Ok, sei que o VENOM INC. não é aquele mesmo trio da década de 80 que sacudiu o mundo com Cronos (voz e baixo), Mantas (guitarra) e Abaddon (bateria), sobretudo devido à ausência de Conrad "Cronos" Lant, vencedor da disputa judicial pelo nome VENOM, mas, enfim, era o mais próximo do original.

Um parêntese histórico: em dezembro 1986, junto com o EXCITER e abertura do novato SEPULTURA, o VENOM esteve na capital mineira para tocar no Ginásio do Mineirinho. Esse show é tido por muitos como um dos mais importantes para consolidar a cena metal da cidade, afinal, BH vivia a ebulição de nomes que mexeriam depois com o cenário da música pesada nacional e internacional.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O show estava marcado para começar às 21 horas no Mister Rock, sem banda de abertura. Faltando menos de 30 minutos para o começo do show, a banda chega em uma van e ali mesmo, do lado de fora, interagiu de forma bem carismática e atenciosa com o pessoal que antes de entrar aproveitava para tomar uma cerveja gelada.

Ao entrar no Mister Rock, levei um susto: faltando apenas 15 minutos para o início do show, o local estava vazio, bem vazio. O tempo foi passando, o início do show foi sendo adiado, entraram mais algumas pessoas, mas não teve jeito: o Mister Rock não deve ter recebido ao final nem 250 pagantes.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Aqui abro espaço para uma pergunta: afinal, o que está acontecendo com o público de rock/metal de BH? A cada ano que passa os shows tem ficado cada vez mais vazios, algumas produtoras não conseguem mais sequer empatar os custos de realização dos eventos, sobretudo os de porte médio. Seria culpa do desemprego, falhas na divulgação, valores dos ingressos, o desinteresse do público ou um pouco disso tudo e algo mais? Sinceramente, não sei a resposta, mas no rumo que estamos indo, logo Belo Horizonte vai sair da rota principal de shows internacionais.

Enfim, voltemos ao VENOM INC. O trio formado por Tony "Demolition Man" Dolan (vocal e baixo), Jeffrey "Mantas" Dunn (guitarra e vocal) e Jeramie "War Machine" Kling (bateria), mesmo com casa vazia, se mostrou muito profissional e encarou tudo na mais perfeita normalidade, tocando de forma impecável e cheios de disposição.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

As 21:20 horas a banda abriu o show com "Metal We Bleed", do disco "Avé" (2017), que promete ficar no repertório daqui em diante devido a sua energia e peso.

Sabendo do desejo do público em ouvir os clássicos, a banda não vacilou e carregou a mão na execução deles: "Die Hard", "Welcome To Hell", "Don't Burn The Witch", "Black Metal", "Witching Hour" e "Bloodlust" faziam a alegria dos fãs a medida que eram executadas.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Lady Lust’ com toda sua velocidade, caiu muito bem na escolha do repertório, ao contrário da cansativa "Warhead", que acabou dando uma quebra no ritmo pegado do show, mas sem comprometer. Com seu humor britânico, a banda sutilmente endereçou a faixa "Parasite" para Cronos - que dizem, é um porre como pessoa e mais ainda como artista.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Durante todo o show, a banda esbanjou a mesma simpatia demonstrada do lado de fora da casa. Tony "Demolition Man" Dolan contou alguns casos entre os intervalos das músicas e fumou ao menos uns cinco cigarros. Já Mantas, fazia questão de posar para as fotos do pessoal colado ao palco e ambos agitaram bastante. Kling também merece destaque: seguro nas baquetas, bateu com força nas peles e nem deixou espaço para alguém sentir falta de Tony "Abaddon" Bray.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Claro que não poderiam ir embora sem tocar as super aguardadas "In League With Satan" e "Countess Bathory", música esta que fechou a saudosista noite às 22:50 horas.

O VENOM INC., continuando com essa pegada ao vivo e lançando mais material, deve se firmar como um forte nome no cenário, mesmo sem poder abrir mão dos clássicos do VENOM do seu repertório.

Lay down your souls to the coolest guys of rock 'n roll!!!

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Venom: O lendário baterista Abaddon repassa a história da banda no Heavy Culture


Kirk Hammett: Venom é que nem filme ruim de terror

Sexta-feira 13: treze músicas para escutar nesta data



Sobre Mário Pescada

Mineiro, leitor compulsivo, ouvinte de todas as vertentes do rock - do blues ao grindcore. Valoriza mais a honestidade e entrega em cima do palco do que a técnica. Guarda os flyers dos shows que vai como se fossem relíquias.

Mais matérias de Mário Pescada.