Primal Fear: Apresentando-se pela primeira vez na cidade de Santos

Resenha - Primal Fear (Mythos, Santos, 13/06/2004)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Fernando De Santis
Enviar correções  |  Ver Acessos







Fotos por Andre Sole Survivor

Ao contrário do inverno que apareceu de forma precoce na cidade de Santos, os portões da casa de show Mythos, como tradição, demoraram a serem abertos. Um atraso de quase duas horas, fez com que os praticamente 500 fãs do Primal Fear ficassem no frio de 12ºC da noite santista.

Com menos de um terço do público dentro da casa, a banda santista Dreamland subiu ao palco e começou distribuir riffs pesados para todos os lados, empolgando e agradando aos poucos fãs presentes no local. O som do Dreamland é Heavy Metal com riffs bem pesados e em determinados momentos, existe até a presença de vocal gutural. Falou em riffs pesados? Os covers mantiveram o nível: um medley de "Seek & Destroy" com "From Whom The Bell Tolls" (Metallica) e "Breaking The Law" (Judas Priest) mostraram parte das influências do grupo. Já pelo final do show, a casa estava com boa parte do público dentro... uma pena para os que não viram a apresentação completa e caprichada do Dreamland, que se preocupou até com efeitos visuais (pirotécnicos). Souberam aproveitar o curto tempo que tiveram e deixaram uma ótima impressão!

Mas a atração principal era o Primal Fear, banda alemã, liderada pelo baixista Mat Sinner, que carrega uma legião fiel de fãs pelo mundo todo (Metal Commandos). Divulgando o quinto trabalho de estúdio, "Devil's Ground", o grupo ainda aproveitava para apresentar-se pela primeira vez na cidade de Santos e para apresentar o novo baterista: Randal Black (ex-Annihilator). Com as cortinas fechadas, começou a rolar o playback da faixa "Devil's Ground". Quando as cortinas foram abertas, Mr. Black mostrou o seu cartão de visitas com a introdução de "Angel In Black". Ao contrário do que algumas pessoas de São Paulo reclamaram, o som em Santos estava BEM alto, o que serviu para empolgar ainda mais o publico presente. Ralf Scheepers mostrou também porque é um dos vocalistas mais respeitados no cenário: impecável o show todo! A dupla de guitarristas Stefan Leibing e Tom Naumann estavam como sempre super entrosados, soltando harmônicos (os famosos berros) nas guitarras o tempo todo e o baixista Mat Sinner, que além de mandar muito bem no baixo e nos backing vocals, repetiu o ótimo traje da turnê do Black Sun (em São Paulo) e veio vestido com a camisa número 10 do Santos Futebol Clube. "Chainbreaker" do primeiro álbum veio na seqüência, não dando tempo para o público de Santos respirar.

O set foi uma mistura equilibrada de clássicos dos discos anteriores (com ênfase ao primeiro álbum) e músicas do novo álbum. "Suicide And Mania", "Visions Of Fate" e "The Healer", foram as primeiras músicas "novas" a serem apresentadas. "Nuclear Fire" foi acompanhada pelo tradicional coro das vozes do público, cantando a melodia das guitarras. Porém, o ápice do show foi quando Ralf anunciou "Silver And Gold". Não tinha como não ser levado pela empolgação dos fãs. Todos pulando, cantando verso a verso, foi de arrepiar! A primeira parte do show foi encerrada com a sensacional "Final Embrace", que também causou uma reação espetacular!

O retorno para o tradicional 'encore' foi em grande estilo: a balada "Tears of Rage", que era uma das músicas mais esperadas na noite. Ao final, o público santista ficou um bom tempo cantando a melodia, o que causou grande satisfação por parte dos músicos. Durante toda a apresentação, Ralf elogiava a cidade, contou como achou bonito ver a cidade de Santos enquanto descia a Serra do Mar... soube ser carismático e conquistou facilmente os fãs. Na apresentação bem humorada dos músicos, teve o coro de "Saaaaaantos... Saaaaaantos", quando o baixista Mat Sinner foi apresentado. "Heart Of Brave" fechou o primeiro 'encore' e a volta para o segundo 'encore' não foi forçada, afinal "Primal Fear" era gritado até pelo vendedor de cachorro quente que estava do lado de fora da casa. A empolgante "Colony 13", do novo disco, foi a penúltima música a ser apresentada, deixando para a faixa "Fear", que tem uma das introduções mais destruidoras do Heavy Metal, aquele adjetivo de "final perfeito".

Parece que Santos já faz parte da rota das bandas que estão visitando o Brasil. Os organizadores estão ficando mais experientes, os shows têm sido no geral satisfatórios... agora só resta ao público prestigiar esses eventos em maior quantidade, afinal Fantástico tem todos os domingos, Primal Fear, não...

Set-List:
Devil's Ground
Angel in Black
Chainbreaker
Suicide and Mania
Running in the Dust
Visions of Fate
Nuclear Fire
The Healer
Battalions of Hate
Drum Solo
Silver and Gold
Under your Spell
Metal is Forever
Final Embrace
Tears of Rage
Heart of a Brave
Colony 13
Fear



GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de ShowsTodas as matérias sobre "Primal Fear"


Covers: quando bandas de Heavy e Power Metal prestam tributoCovers
Quando bandas de Heavy e Power Metal prestam tributo

Exportando metal: músicos brasileiros que atuam ou já atuaram em bandas gringasExportando metal
Músicos brasileiros que atuam ou já atuaram em bandas gringas


Bandas Iniciantes: 11 cagadas que vocês NAO podem cometerBandas Iniciantes
11 cagadas que vocês NAO podem cometer

Occult Rock: dez novas ótimas bandas para você conhecerOccult Rock
Dez novas ótimas bandas para você conhecer


Sobre Fernando De Santis

Paulistano, nascido em 1979, Fernando De Santis passa grande parte do seu tempo viajando entre São Paulo, Santos e Curitiba. Nas horas de viagens dentro de ônibus ou aviões, costuma ouvir Hard Rock, Heavy Metal e demos de qualquer estilo. Atualmente trabalha como webdesigner para o Estado de São Paulo. Mantém o site "We Burn", dedicado ao Helloween desde 1998, que nunca lhe trouxe nenhum dinheiro, mas rendeu muito amigos.

Mais informações sobre Fernando De Santis

Mais matérias de Fernando De Santis no Whiplash.Net.