Resenha - Hammerfall (São Paulo, 31/03/1999)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Mário Del Nunzio
Enviar correções  |  Comentários  | 

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Dia 31/03, dia da primeira apresentação do Hammerfall no Brasil. Antes do Hammerfall tocou a banda de abertura Karma, de São Paulo, que está preparando seu CD de estréia. A banda foi extremamente competente e fez uma boa apresentação, tocando mais ou menos 40 minutos de material próprio, onde os músicos mostraram uma técnica bastante apurada em composições complexas e cheias de variação. A apresentação terminou com um cover de "Symphony Of Destruction", do Megadeth, que a banda disse não haver ensaiado e preparado para tocar no show, mas foi bem tocada, inclusive com o tecladista assumindo a guitarra depois do solo e o guitarrista cantando algumas partes.

485 acessosHammerFall: Oscar Dronjak fala sobre o início da banda.5000 acessosSlayer: é melhor não mexer com a família do Tom Araya...

Alguns minutos depois as luzes apagaram-se. Chegava o momento do HammerFall subir ao palco. Depois de uma breve introdução clássica a banda subiu ao palco mandando "Heeding The Call", música que abre seu último disco, o ótimo "Legacy Of Kings". Depois foram tocadas músicas de seus dois discos: "Steel Meets Steel", "The Metal Age", "Let The HammerFall", "Child Of The Damned", "The Dragon Lies Bleeding" e a balada "Remember Yesterday", todas tocadas com perfeição e com uma boa e carismática performance de palco da banda.

Depois disso era hora da "demonstração de capacidade técnica individual dos músicos", começando com um interessante solo de baixo de Magnus Rosen, com ele fazendo frases com tapping segurando o baixo atrás da cabeça apoiado no pescoço (!). Depois ele fez algumas frases junto à bateria, e depois Patrick Rahfling fez um curto solo de bateria.

Depois disso foi tocada "At The End Of The Rainbow", junto com "Steel Meets Steel" as únicas músicas onde Oscar Dronjak faz as lead guitars ao vivo (o solo de guitarra de "At The End..." foi gravado em estúdio por Willian J. Tsamis, ex-Warlord, atual Lordian Guard). Depois dessa música foram tocadas várias outras músicas dos dois discos da banda, como "Unchained", "I Believe", "Stronger Than All" e
"Warriors Of Faith". A primeira parte da apresentação foi encerrada com "Stone Cold", na qual houve uma pequena disputa entre os lados esquerdo e direito da platéia para ver quem cantava mais alto o refrão da música.

A banda saiu do palco, mas em alguns minutos voltou, já tocando a excepcional faixa-título de seu último álbum, "Legacy Of Kings". Depois dessa, foi tocada "HammerFall", dedicada por Joacim Cans aos "true metal fans". Novamente a banda saiu de palco, mas voltou em alguns minutos, mas, com um detalhe, a formação alterada para: Joacim Cans e Magnus Rosen nas guitarras, Patrick Rahfling no baixo, Stefan Eilmgren na bateria e Oscar "Rob Halford" Dronjak nos vocais. Oscar Dronjak estava vestido com as características roupas que Rob Halford usava nos áureos tempos de Judas Priest. Então, só podíamos esperar algum clássico de uma das mais importantes bandas da história do Heavy Metal. E, foi o que aconteceu, a banda levou "Breaking The Law", agora dedicada por Oscar Dronjak aos "true metal fans". E assim acabou um grande e inesquecível show de verdadeiro Heavy Metal.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

485 acessosHammerFall: Oscar Dronjak fala sobre o início da banda.1918 acessosRio Rock City: O Power Metal morreu?487 acessosHammerfall: em vídeo, unboxing do "The Vinyl Collection"0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Hammerfall"

Power MetalPower Metal
Conheça dez álbuns essenciais do estilo segundo About.com

MetalMetal
Blog elege o melhor de 2014 em cinco belas canções

Power metalPower metal
Os 10 discos essenciais segundo o TeamRock

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de Shows0 acessosTodas as matérias sobre "Hammerfall"

SlayerSlayer
É melhor não mexer com a família do Tom Araya...

ACDCACDC
Canção ajudou soldado de "Falcão Negro em Perigo"

Corey TaylorCorey Taylor
"Rick Rubin é superestimado, supervalorizado"

5000 acessosGuns N' Roses: a história da saída de cada integrante5000 acessosCovers: alguns dos mais legais feitos por bandas de Metal5000 acessosGuitarras: você é capaz de reconhecer cada uma delas?5000 acessosOzzy Osbourne: os empregos, do matadouro ao necrotério5000 acessosJanick Gers: "Nunca pensei no Iron Maiden como Heavy Metal"5000 acessosWarrant: "Drogas transformam tudo em um pesadelo"

Sobre Mário Del Nunzio

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online