Megadeth é inimigo público nº 1 na Malásia

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Ana Therezo, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 26/07/01. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

Comunicado enviado pela Sanctuary Records

É gratificante saber que o Rock'n'Roll ainda tem o poder de chocar e amedrontar governos e autoridades ao redor do mundo. Em 23 de julho deste ano, a lendária banda de metal Megadeth, foi banida da Malásia (Sudeste da Ásia).

39 acessosMegadeth: Peace Sells em um minuto por Paschalis Theotokis5000 acessosOs brutos também amam: inclusive o Tom Araya

A banda tinha a promoção de seu novo álbum "The World Needs a Hero" (Sanctuary Records) programada para o dia 2 de agosto, no Warp Club, em Kuala Lumpur (capital da Malásia), porém as autoridades locais interviram e cancelaram o show, alegando que as imagens utilizadas pela banda, em especial o mascote "Vic Rattleheadd", são inadequadas para os jovens de seu país.

Sumariamente, o governo recusou o pedido da banda em atuar no país. E para agravar a situação, se o Megadeth desacatasse tal decisão, os integrantes da banda seriam presos e sua segurança pessoal não seria mais garantida. Além disso, todos os álbuns da banda foram confiscados das lojas especializadas e "The World Needs a Hero" proibido de sequer entrar no país.

"O Megadeth está muito desapontado em não poder tocar para seus fãs da Malásia", declarou Larry Mazer – produtor da banda. "Tenho certeza que os fãs malásios estão tão desapontados quando a banda. Temos esperanças que este clima negativo mude e que possamos retornar à Malásia, satisfazendo os fãs que esperaram tanto tempo para ver o Megadeth ao vivo".

A banda está programando sua volta aos EUA com a turnê "The World Needs a Hero" para o final deste ano. No decorrer de sua carreira, que teve início em 1983, a banda já vendeu mais de 20 milhões de cópias ao redor do planeta e ganhou sete premiações no "Grammy Awards".

Site Oficial – http://www.megadeth.com
Sanctuary Records – http://www.sanctuaryrecordsgroup.com

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

MegadethMegadeth
Por que "Dystopia" é tão diferente de "Super Collider"

39 acessosMegadeth: Peace Sells em um minuto por Paschalis Theotokis929 acessosMegadeth: Novas esculturas lançadas pela KnuckleBonz1106 acessosMegadeth: em vídeo, uma compilação de gargalhadas de Mustaine0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Megadeth"

Dave MustaineDave Mustaine
David Gilmour faz mais com uma nota que shredders com dúzias delas

Marty FriedmanMarty Friedman
"O Megadeth não representa o que sou"

MegadethMegadeth
"Risk" poderia ter sido o fim da carreira

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Megadeth"

SlayerSlayer
Os brutos também amam: inclusive o Tom Araya

RestartRestart
Trecho de "Enter Sandman" no VMB 2010

Black SabbathBlack Sabbath
Iommi: "Nos separamos por causa do Live Evil!"

5000 acessosBlind Melon: 'Dream Theater? Desliga essa porra!'5000 acessosAndreas Kisser: os álbuns que marcaram o guitarrista5000 acessosIron Maiden: Inspiração da capa do single "El Dorado"5000 acessosIron Maiden: banda lança vídeo de "Wasted Years" com áudio do Rio de Janeiro5000 acessosLady Gaga: "Eu sou o próximo Iron Maiden"5000 acessosLemmy Kilmister: Enquanto isso, lá embaixo...

Sobre Ana Therezo

Engenheira, Escritora de Araque e, atualmente, moradora das planícies gélidas Canadenses. Fã de Rock em todas as suas vertentes, mas com tendências xiitas ao Heavy Metal, ganhou seu primeiro bolachão - No Rest for the Wicked, em 1988. Vinte e poucos anos depois e, contrariando aqueles que acreditam que o gosto musical muda com o passar do tempo, continua escutando Ozzy, AC/DC, Deep Purple e afins. Colaboradora e leitora do Whiplash! desde que o site tinha caveirinhas na página principal, e que a lista dos melhores guitarristas de todos os tempos era o assunto da vez.

Mais matérias de Ana Therezo no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online