Bård Eithun, do Emperor, será libertado em dezembro

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Enviar correções  |  Ver Acessos

Bård "Faust" Eithun, ex-baterista do EMPEROR, sairá da cadeia, onde cumpria pena desde 1994 pelo assassinato de um homossexual. Faust, que será libertado em dezembro, concedeu uma entrevista à revista inglesa Terrorizer, onde comenta os seus anos de cadeia e os planos para o futuro.

Humor: oito razões pra dormir com um bateristaGlen Benton e Euronymous: a verdade sobre o encontro

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Estou muito excitado com a participação no DISSECTION. Vai ser uma honra tocar os clássicos e as novas faixas que Jon Nödtveit criou. Ele afirma que é material clássico do DISSECTION." Sobre uma possivel colaboração com Samoth, também do EMPEROR, Eithun comenta: "Existem planos no ar, mas decidimos não revelar nada visto que nada é certo."

Faust não ficou parado durante os seus anos de prisão. "Me formei bacharel pela Universidade de Oslo, em história das religiões e história das idéias. Também fiz um curso de E-Business. Também tentei me manter à par da cena musical, Escrevi algo, entre outros trabalhos letras para ZYKLON e outras bandas como SIGH e ABORYM. Fiz ainda participações para bandas como ULVER, CADAVER INC. e SIRIUS. Também escrevi para algumas revistas, Slayer e Descent.

Sobre a cena de metal atual, Eithun comenta: "Gosto da fusão de diferentes estilos com metal. Não importa o quanto o SLIPKNOT seja chamado de new-metal, eles representam algo novo e brutal para mim. Eu prefiro ver a maioria da população sendo arrastada para a ideologia decadente e semi-satânica do SLIPKNOT ao invés de ouvir música de elevador descerebrada.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre os anos perdidos na prisão, Eithun comenta: "Estes anos me ensinaram muito sobre mim mesmo, meus limites, minha psique e meus desejos. Acho que foi positivo eu ter sido forçado a abandonar a cena black metal. Eu estava me encaminhando para algo muito destrutivo. Claro que penso sobre o que deu errado. Tento descobrir em que ponto as coisas tomaram o caminho errado. Mas não fico pensando sobre o que deveria ter feito de diferente. Acho que viveria a minha vida da mesma maneira. A vida é curta demais para você se preocupar com o que fez de errado.

E há outras novidades sobre o EMPEROR. Vai sair em março de 2003 uma compilação chamada "Scattered Ashes - A Decade Of Emperial Wrath", que provavelmente trará material inédito, além dos sons mais conhecidos do grupo.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Emperor"


Glen Benton e Euronymous: a verdade sobre o encontroGlen Benton e Euronymous
A verdade sobre o encontro

Lords Of Chaos: Senhores do caos ou rebeldes sem causa?Lords Of Chaos
Senhores do caos ou rebeldes sem causa?


Humor: oito razões pra dormir com um bateristaHumor
Oito razões pra dormir com um baterista

Glen Benton e Euronymous: a verdade sobre o encontroGlen Benton e Euronymous
A verdade sobre o encontro


Cli336x280 CliIL Cli336x280