Tony Martin: "apagado da história do Sabbath"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Renan Corradini Colber
Enviar correções  |  Comentários  | 

Adam Harrold do site rocksomething.com conduziu em julho de 2006 uma entrevista com o ex-vocalista do BLACK SABBATH, Tony Martin. Segue um trecho da mesma.

2147 acessosJimmy Copley: baterista morre aos 64 anos de idade5000 acessosMetallica: a prova de que Rick Rubin estragou o "Death Magnetic"

Sobre "o que deu errado com o Black Sabbath":

Tony Martin: Basicamente, as pessoas se esquecem que na época em que eu me juntei ao Sabbath, ninguém queria trabalhar para eles. Eles não estavam bem das pernas e acabaram escolhendo um desconhecido, no caso, eu. Nós gravamos "Eternal Idol", "Headless" e "Tyr" e começamos a nos dar bem no Japão e Europa, locais em que eles nunca tinham conseguido chegar nos tempos do Ozzy. Eu acho que eles perceberam que as sementes estavam plantadas e resolveram chamar o Dio de volta, mas as pessoas não queriam isso. Então, eu voltei, mas veio o "Forbidden" e toda aquela merda de rap (Martin se refere ao seu dueto com Ice T na música "Ilusion of Power") e, então, o Ozzy voltou, e foi isso. Porém, a coisa triste é que eles ainda estão tocando as músicas de 30 anos atrás. Irritante, não é?

Sobre ele "achar frustrante os fãs não considerarem o quão grande ele foi para o Black Sabbath":

Tony Martin: É como se eu tivesse sido apagado da história do Black Sabbath e eu não sei o porquê disso, na verdade. Todos os livros chegam até o [Ian] Gillan e depois falam que já era a vez de Ozzy Osbourne de novo. Parece que eles removeram aqueles dez anos. Eu também não ajudei por ter ficado tantos anos ausente. Mas não é só que as pessoas esquecem que eu estive no Sabbath por dez anos; é como se elas nunca tivessem ficado sabendo!

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

LoudwireLoudwire
10 discos fodas com capas toscas

2147 acessosJimmy Copley: baterista morre aos 64 anos de idade670 acessosHeavy Lero: Black Sabbath com Ozzy, a terceira parte407 acessosSamantha Fish: guitarrista blueseira faz cover de "War Pigs"362 acessosFábio Lima: Black Sabbath, 10 Riffs na Guitarra Elétrica0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Black Sabbath"

Black SabbathBlack Sabbath
10 ótimas músicas sem Ozzy ou Dio nos vocais

Vinny AppiceVinny Appice
O playlist pessoal do lendário baterista

Cannibal CorpseCannibal Corpse
O segredo para se fazer música obscura

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 04 de agosto de 2014

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Black Sabbath"

MetallicaMetallica
A prova que Rick Rubin estragou o "Death Magnetic"

Bruce DickinsonBruce Dickinson
A história do "Bíceps de Aço" com o Samson

SepulturaSepultura
Derrick Green não era o cara certo, diz Max Cavalera

5000 acessosBeleza: Gigwise elege as 25 mulheres mais sexy no Rock2492 acessosWhiplash.Net: Assista palestra do criador do site no TEDx5000 acessosMetallica: James Hetfield acredita em Deus?5000 acessosSeparados no nascimento: Roger Waters e Richard Gere.5000 acessosAxl Rose: Um dos vocalistas com maior alcance5000 acessosDavid Gilmour: ouça canção dos Beatles com seu toque genial

Sobre Renan Corradini Colber

Cursando Administração de Empresas na Universidade Presbiteriana Mackenzie, teve seu primeiro contato com o Metal em 1997 quando comprou o álbum Best Of The Beast, do Iron Maiden, na época com 11 anos. De lá para cá escuta de tudo um pouco, mas a raiz se mantém metaleira. De Iron Maiden a Meshuggah passando por Diana Krall, Ray Charles, Hoodoo Gurus, Elvis, Johnny Cash e Bob Dylan.

Mais matérias de Renan Corradini Colber no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online