Bruce Dickinson: Banido dos shows de seu filho

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Nelson Arakaki Jr, Fonte: Contact Music
Enviar Correções  

Em 2006, o vocalista Bruce Dickinson foi proibido de assistir aos shows de seu filho de dezesseis anos, pois este alega ficar ansioso quando vê o pai na platéia!

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O frontman do IRON MAIDEN concordou com o pedido do filho Austin, pois se lembra do desconforto que também sentia quando seu próprio pai vinha assistí-lo quando era mais jovem. Dickinson declarou: "Ele [Austin] me disse, 'eu sei que você quer vir mas quando isso acontece, eu fico em pânico'. Eu entendo isso. Eu não quero ser aquele pai chato que acompanha tudo grudado no palco. Me lembro do meu pai comparecendo em uma das minhas primeiras apresentações e se dirigindo para a frente de terno e colocando os cotovelos no palco. Embaraçoso".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Curiosamente Austin aparece como co-autor da faixa "Laughing in the Hiding Bush" do "Balls to Picasso", álbum solo lançado por Bruce em 1994. Na realidade, o título da canção remete a um episódio onde Austin, então com pouco mais de um ano de idade, estava brincando no jardim onde havia um arbusto que ele batizara de "arbusto sorridente", e ao perguntar o que o filho fazia, Bruce obteve como resposta "Laughing In The Hiding Bush", ou seja, ao invés de dizer que estava se "escondendo no arbusto sorridente", Austin trocou as palavras e disse que estava "sorrindo no arbusto escondido").




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Power Metal: os dez álbuns essenciais do gêneroPower Metal
Os dez álbuns essenciais do gênero

Roadrunner: os melhores frontmen de todos os temposRoadrunner
Os melhores frontmen de todos os tempos


Sobre Nelson Arakaki Jr

Médico cirurgião, nascido em 1974, morador do Rio de Janeiro e aluno do Guitar Club de Ipanema. Seu gosto pela música vem desde os anos 80, começando por Led Zeppelin, Pink Floyd, Rolling Stones e Beatles, influenciado por seu pai. Passou então a se interessar mais pelo Hard Rock, Blues e especialmente pelo universo do Heavy Metal, tendo sempre como base as grandes bandas clássicas do gênero, como Black Sabbath e Iron Maiden. É fã de Arch Enemy, Carcass, Hendrix, Ozzy, Hibria, Atlântida, Endless, Scelerata, Fates Prophecy, Michael Amott, Zakk Wylde, Richie Kotzen, Jimmy Page, Doug Aldrich, Yngwie Malmsteen, Angra, Dr. Sin, Shaaman, Whitesnake, Guns n' Roses, Skid Row [antigo], Allman Brothers, Gov't Mule, Muddy Waters, Lynyrd Skynyrd e recentemente, Dream Theater.

Mais matérias de Nelson Arakaki Jr no Whiplash.Net.

Goo336 Goo336 CliIL