Guitarrista do COF produzindo imagens mórbidas

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por César Enéas Guerreiro, Fonte: Rock N World, Tradução
Enviar Correções  

Paul Allender, guitarrista do CRADLE OF FILTH, está provando que é tão talentoso no computador quanto é nas seis cordas. A vida toda ele mostrou interesse pela arte e há vários anos começou a produzir imagens geradas por computador, tanto para sua banda quanto para satisfazer seu gosto pessoal.

publicidade

Recentemente, ele se juntou à fotógrafa Cindy Frey numa parceria comercial chamada Vomitorium. Morley Seaver, do site Rocknworld, entrevistou Paul para saber os detalhes. Alguns trechos da entrevista:

Rocknworld: Você poderia explicar o processo de criação das suas imagens? Como é a relação entre vocês dois em termos do produto acabado? Ela tira a foto e depois você trabalha no computador sozinho ou há colaboração entre vocês?

publicidade

Paul: "O que normalmente acontece é que quando temos um projeto, nos reunimos e a Cindy tira fotos de vários objetos (com ou sem vida). Eu faço a direção de arte das fotos e então nós dois vamos tendo algumas idéias bem estranhas e maravilhosas conforme as fotos vão sendo tiradas. Depois eu levo as imagens para o meu estúdio e começo a trabalhar na parte artística. Normalmente sou eu quem decide como será a imagem final mas, como em qualquer boa relação de trabalho, somos abertos a sugestões".

publicidade

Rocknworld: Há quanto tempo você lida com arte no computador e arte em geral? Você estudou arte na escola?

Paul: "Eu lido com arte desde que me lembro por gente. Na verdade, eu nunca fui muito bom em colocar no papel as imagens que via na minha cabeça mas, desde que comecei a usar computadores e o Photoshop, eu percebi que podia criar essas imagens. Eu cheguei a estudar arte na escola mas isso não me serviu pra muita coisa. Todos sempre foram melhores do que eu. Eu sempre gostei do tipo mais sombrio de arte, mas todos os projetos na escola eram aquelas merdas de natureza morta! [Risos] Todos na escola achavam que eu era muito estranho e eu não tinha interesse nesses projetos de arte cheios de frescura. Eu me lembro uma vez de ter desenhado um cemitério e as merdas que ouvi por isso foram incríveis. Eles sugeriram que eu fizesse terapia e coisas desse tipo. Mas tudo o que conseguiram foi me fazer rir e me apaixonar pela produção de imagens realmente mórbidas".

publicidade

Leia a entrevista completa no site www.rocknworld.com.




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Metal Hammer: 10 álbuns essenciais do black metal sinfônicoMetal Hammer
10 álbuns essenciais do black metal sinfônico

Moonspell: Ficamos loucos quando Billie Eilish usa uma camiseta do Cradle of FilthMoonspell
"Ficamos loucos quando Billie Eilish usa uma camiseta do Cradle of Filth"

Cradle of Filth: no Halloween, banda (também) fará live diretamente de igrejaCradle of Filth
No Halloween, banda (também) fará live diretamente de igreja


Metal Hammer: 10 álbuns essenciais do black metal sinfônicoMetal Hammer
10 álbuns essenciais do black metal sinfônico

Cradle Of Filth: camisa blasfêmica é um pesadelo para a bandaCradle Of Filth
Camisa blasfêmica é um pesadelo para a banda


Lista: clássicos do rock e do metal que ninguém aguenta mais ouvir - Parte 1Lista
Clássicos do rock e do metal que ninguém aguenta mais ouvir - Parte 1

Mike Portnoy: a reação ao ouvir garoto de 8 anos tocando cover do Dream TheaterMike Portnoy
A reação ao ouvir garoto de 8 anos tocando cover do Dream Theater


Sobre César Enéas Guerreiro

Nascido em 1970, formado em Letras pela USP e tradutor. Começou a gostar de metal em 1983, quando o KISS veio pela primeira vez ao Brasil. Depois vieram Iron, Scorpions, Twisted Sister... Sua paixão é a música extrema, principalmente a do Slayer e do inesquecível Death. Se encheu de orgulho quando ouviu o filho cantarolar "Smoke on the water, fire in the sky...".

Mais informações sobre César Enéas Guerreiro

Mais matérias de César Enéas Guerreiro no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin