Guitarrista do L.A. Guns comenta planos

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por César Enéas Guerreiro, Fonte: Blabbermouth, Tradução
Enviar Correções  

O site Saviours of Rock entrevistou recentemente o guitarrista do L.A. GUNS, Stacey Blades, que falou sobre a saída do baixista Adam Hamilton e os novos projetos da banda.

L.A. Guns: novo single com Phil Lewis e Tracii Guns

Rock Nation: rádio elege "melhor do Hard Rock dos 80s"

Saviours of Rock: Foi uma infelicidade o fato de Adam [Hamilton, baixo] ter decidido sair da banda?

Stacey: "Não ficamos tão chocados assim quando Adam disse que iria sair. Acho que já sabíamos há algum tempo que ele queria abandonar a estrada. Adam vai deixar saudades, com certeza. Nós realmente passamos momentos incríveis fazendo turnês e gravando juntos. Ele definitivamente está à vontade em seu estúdio. Adam é um dos músicos mais talentosos com quem já trabalhei".

Saviours of Rock: Isso mancha o nome da banda de novo, não é? Parecia que essa formação iria durar bastante.

Stacey: "Bem, acho que isso foi com certeza uma boa sacudida. É chato quando alguém que esteve na banda por tanto tempo decide sair. O show deve continuar!! Talvez a gente consiga o recorde de maior número de trocas de membros em uma banda, hahaha".

Saviours of Rock: Será que Adam vai colaborar como engenheiro/ produtor no próximo álbum?

Stacey: "Nós com certeza ainda vamos trabalhar com Adam, provavelmente compondo com ele. Temos um ótimo relacionamento com Andy Johns [famoso engenheiro e produtor, trabalhou com Joe Satriani, Led Zeppelin e outros] e espero que possamos fazer outro álbum com ele".

Saviours of Rock: Falando nisso, quando podemos esperar um novo álbum?

Stacey: "Bem, estamos sem contrato no momento, já que rompemos com a Shrapnel. Esperamos lançar um álbum no começo do ano que vem".

Saviours of Rock: Vocês tiveram problemas com os fãs mais radicais de Tracii [Guns, guitarrista da outra formação atual da banda] quando vocês se reuniram?

Stacey: "Não, nem um pouco! Todo mundo sabia que Trace saiu para formar o BRIDES OF DESTRUCTION. Meu estilo é bem parecido com o dele, então essa transição foi fácil para mim. Caramba, metade das vezes aparece gente achando que sou ele. Há pessoas, é claro, que queriam que Tracii estivesse na banda ao invés de mim, mas a maior parte dos fãs me aceitou de braços abertos".

Saviours of Rock: Bem como vocês se encontraram?

Stacey: "Bem, eu estava em uma banda chamada S.M.A.C.K. com Pat Muzingo do JUNKYARD. Estávamos para nos separar e um amigo meu, que é amigo do Phil [Lewis, vocalista] me chamou e perguntou se eu estava interessado em tocar no L.A.GUNS. Eu disse: ‘Claro que sim!’ Eu me encontrei com Phil e Steve [Riley, baterista] e nos entrosamos perfeitamente. Havia uma química perfeita desde o primeiro ensaio".

Saviours of Rock: O ROXX GANG já havia acabado alguns anos antes de você entrar no L.A. GUNS. Que diabos aconteceu?

Stacey: "Eu fiquei na banda por quase nove anos! Eu saí em 2000 por vários motivos. Eles simplesmente não queriam mais tocar Rock. Kevin [Steele, vocalista] começou lentamente a levar a banda pra um estilo mais Muddy Waters [famoso músico de Blues] e só o que fazíamos era aprender todas aquelas velhas canções de Blues. Mas depois aquilo começou a ficar realmente chato. Eu fiquei cansado de me dizerem como me vestir, além de coisas do tipo ‘Diminua, você está tocando muito alto’. É engraçado, eu me lembro do Kevin me dizer durante um ensaio ‘Este é o MOJO GURUS, não o L.A. GUNS!" Eu disse a eles ‘Fui!’ e em seguida entrei pro L.A".

Leia a entrevista completa (em inglês) no savioursofrock.com.




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


L.A. Guns: novo single com Phil Lewis e Tracii Guns


Guns N' Roses: A versão de Tracii Guns sobre o início da bandaGuns N' Roses
A versão de Tracii Guns sobre o início da banda

Phil Lewis: Bon Jovi é chaaato, diz em entrevista ao LoKaosPhil Lewis
"Bon Jovi é chaaato", diz em entrevista ao LoKaos


Rock Nation: rádio elege melhor do Hard Rock dos 80sRock Nation
Rádio elege "melhor do Hard Rock dos 80s"

50 a menos: Cientistas descobrem que o Número da Besta é 61650 a menos
Cientistas descobrem que o Número da Besta é 616


Sobre César Enéas Guerreiro

Nascido em 1970, formado em Letras pela USP e tradutor. Começou a gostar de metal em 1983, quando o KISS veio pela primeira vez ao Brasil. Depois vieram Iron, Scorpions, Twisted Sister... Sua paixão é a música extrema, principalmente a do Slayer e do inesquecível Death. Se encheu de orgulho quando ouviu o filho cantarolar "Smoke on the water, fire in the sky...".

Mais informações sobre César Enéas Guerreiro

Mais matérias de César Enéas Guerreiro no Whiplash.Net.

adWhipDin adWhipDin adWhipDin adWhipDin adWhipDin