Mark Jansen fala sobre novo disco do Epica

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Silvio Somer, Fonte: Brave Words, Tradução
Enviar Correções  

BW&BK recentemente falou com Mark Jansen, guitarrista e vocalista do EPICA, a respeito do próximo álbum da banda, "The Divine Conspiracy": "Quando você ouve o primeiro álbum ('The Phantom Agony') e o compara ao novo, o primeiro soa bastante rígido", diz Jansen. "O novo é bem mais espontâneo porque Simone (Simons/vocal) está mais experiente agora. Nós também trabalhamos bastante em todos os vocais durante a pré-produção, desse modo ela teve dois meses para se sentir confortável com as novas linhas de vocal e por ela ter se sentido mais confiante com o que ela estava cantando... bem, você ouve o resultado final (risadas). Esta é a grande diferença entre 'The Divine Conspiracy' e os dois discos anteriores. Quando nós estávamos gravando os vocais para aqueles álbuns nós mudamos algumas coisas durante o processo, assim Simone acabou cantando algumas coisas pela primeira vez no estúdio".

Quantika: confira versão acústica de "Canvas of Life" do Epica

Lindo Demais: conheça o London, o primeiro smartphone da Marshall

Visite bravewords.com para ler o artigo completo.




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Quantika: confira versão acústica de "Canvas of Life" do Epica

Mulheres dominando o Metal: a história do Epica (vídeo)Mulheres dominando o Metal
A história do Epica (vídeo)

Epica: Simone Simons conclui vocais para novo álbum, que deve ser adiadoEpica
Simone Simons conclui vocais para novo álbum, que deve ser adiado


Epica: Simone Simons sempre tenta dar um bom exemploEpica
Simone Simons sempre tenta dar um bom exemplo

Metal Sinfônico: dez álbuns essenciais do gêneroMetal Sinfônico
Dez álbuns essenciais do gênero


Lindo Demais: conheça o London, o primeiro smartphone da MarshallLindo Demais
Conheça o London, o primeiro smartphone da Marshall

Dream Theater: os segredos do álbum OctavariumDream Theater
Os segredos do álbum Octavarium


Sobre Silvio Somer

Inicialmente meu gosto musical foi marcado por bandas como Black Sabbath, Iron Maiden e Deep Purple, mas o que revolucionou minha forma de perceber a música foi a primeira vez em que ouvi o álbum "2112" do Rush, embora eu já conhecesse algumas músicas da banda, foram os acordes de "Overture" que colocaram tudo em uma nova perspectiva. Foi assim que aos 14 anos de idade coloquei o mundo que me cercava em cheque. Meu gosto por literatura, então, encontrou sua contra-parte de forma bastante harmônica e ambos são essenciais em minha vida. Atualmente moro em Florianópolis e estudo piano e faço o curso de letras. "We've taken care of everything / The words you hear the songs you sing".

Mais informações sobre Silvio Somer

Mais matérias de Silvio Somer no Whiplash.Net.

adWhipDin