Priester: livro e elogios de Portnoy e Barone

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Thiago Sarkis, Fonte: Aquiles Priester
Enviar correções  |  Comentários  | 

Press-release


De DREAM THEATER a PARALAMAS DO SUCESSO, TORTURE SQUAD a WINGER, ROUPA NOVA a GAMMA RAY; seja Metal ou Pop, Rock ou Jazz; o talento de Aquiles Priester (ANGRA, HANGAR, FREAKEYS) está mais do que reconhecido.

870 acessosRafael Bittencourt: "Eu nunca fui tão feliz", making of #235000 acessosSlipknot: como são os membros da banda sem as máscaras?

Lançando seu primeiro livro, intitulado "Inside My PsychoBook: 100 Double Bass Patterns", o baterista recebeu a aprovação e os aplausos de todas as bandas acima citadas, e muitos outros artistas.

O tema do trabalho? A técnica de dois bumbos, talvez aquela que o tenha consagrado em definitivo no mundo da música. "Desde que comecei a fazer workshops, sempre escuto a mesma pergunta em todos os eventos: 'qual o exercício ideal para aumentar minha habilidade nos dois bumbos?'", explica Aquiles ao falar da razão que o levou a uma publicação extensa e abrangente sobre o assunto.

"A técnica de dois bumbos hoje faz parte da linguagem musical do baterista moderno e deixou de ser uma ferramenta exclusiva do músico que toca Heavy Metal," afirma ele, ressaltando que "a evolução das idéias e das técnicas desse estilo está sempre à frente e, a cada dia, percebo que o estudo dos dois bumbos é interminável, pois até as novidades estão sempre sendo recicladas."


Lançado oficialmente na Expomusic 2007, "Inside My PsychoBook: 100 Double Bass Patterns" mostra o método único desenvolvido pelo aclamado baterista de ANGRA, HANGAR e FREAKEYS para uma das mais instigantes técnicas de bateria, e traz 100 exercícios de dois bumbos acompanhados por um CD gravado pelo próprio.

Confira alguns dos depoimentos sobre Aquiles Priester e o livro, o qual pode ser adquirido no site da Free Note por meio deste link:

"Tive o prazer de ver o Aquiles tocando toda noite quando o Angra abriu os shows do Dream Theater em 2005. Sua potência, suas levadas e sua destreza foram uma inspiração. Ele tem todas as ferramentas certas e sabe como usá-las." Mike Portnoy (DREAM THEATER)

"Depois que ouvi e vi Aquiles Priester em ação com seus dois bumbos, encontrei um novo sentido para o termo ARMAS DE DESTRUIÇÃO EM MASSA!" João Barone (OS PARALAMAS DO SUCESSO)

"O que falar de um baterista que é um dos mestres quando se trata de tocar dois bumbos das mais variadas formas? Esse método só vem a confirmar isso. (...) Para compor um método contendo 100 exercícios direcionados exclusivamente a dois bumbos, dá pra perceber que ele não é apenas um batera extremamente rápido, eficiente e preciso – mais que isso, ele é criativo, qualidade que, em minha opinião, é essencial para um baterista." Amilcar Christófaro (TORTURE SQUAD)

"Aquiles Priester tocando bateria é como uma explosão que mistura potência, técnica e musicalidade. Tive o prazer de conhecê-lo e ouvi-lo tocando quando o The Rudess Morgenstein Project tocou com o Angra em Caracas na Venezuela. O Aquiles tocando dois bumbos é parte fundamental de seu estilo de tocar bateria, sempre empolgante e repleto de uma imensa variedade de padrões interessantes e intensos." Rod Morgenstein (WINGER, DIXIE DREGS)

"Quando eu assisti ao DVD Inside My Drums, fiquei impressionado com a precisão e a velocidade com a qual Aquiles domina os dois bumbos. (...) Sou fã incondicional." Serginho Herval (ROUPA NOVA)

"Quando ouvi a bateria do álbum 'Rebirth' pela primeira vez, pensei: 'esse é um dos poucos verdadeiros mestres dos dois bumbos do mundo!'. Aquiles mostrava ali uma grande noção de tempo, muito bom gosto musical, precisão, criatividade e uma excelente técnica. O modo como toca sempre foi inspirador para mim. Para mim, o Aquiles Priester é um dos dez grandes mestres dos dois bumbos do mundo." Dan Zimmermann (GAMMA RAY)

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

870 acessosRafael Bittencourt: "Eu nunca fui tão feliz", making of #23301 acessosRedeTV!: Sonoridades entrevista a banda Angra nesta quinta-feira525 acessosAngra Fest: Fabio Lione e Pompeu convidam fãs para o festival3746 acessosNando Moura: a trolagem do Megadeth e o Top 5 do Kiko Loureiro3775 acessosAngra: "É o melhor baixista com quem eu já trabalhei, um MONSTRO!"5000 acessosKiko Loureiro: "minha resposta para o Nando Moura"0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Angra"

AngraAngra
Assista matéria antiga e equivocada na TV Globo

AngraAngra
Vídeo completo de participação no "Donos da Bola".

ViperViper
Fotos dos primórdios da carreira

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Angra"0 acessosTodas as matérias sobre "Hangar"


SlipknotSlipknot
Como são os membros da banda sem as máscaras?

Strip-TeaseStrip-Tease
Algumas canções que combinam com o tema

ExcessosExcessos
Como os rockstars gastam os seus milhões

5000 acessosOops!: 10 erros eternizados em gravações de clássicos5000 acessosIron Maiden: as dez melhores músicas, segundo a Loudwire5000 acessosCorey Taylor: Verdades sobre Joey Jordison e Jim Root3056 acessosKiss: 10 músicas gravadas com formações completamente alternativas5000 acessosEdu Falaschi: vídeo com a banda Mitrium em 19935000 acessosQueen: nova foto de John Deacon circula pela rede

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.


Sobre Thiago Sarkis

Thiago Sarkis: Colaborador do Whiplash!, iniciou sua trajetória no Rock ainda novo, convivendo com a explosão da cena nacional. Partiu então para Van Halen, Metallica, Dire Straits, Megadeth. Começou a redigir no próprio Whiplash! e tornou-se, posteriormente, correspondente internacional das revistas RSJ (Índia - foto ao lado), Popular 1 (Espanha), Spark (República Tcheca), PainKiller (China), Rock Hard (Grécia), Rock Express (ex-Iugoslávia), entre outras. Teve seus textos veiculados em 35 países e, no Brasil, escreveu para Comando Rock, Disconnected, [] Zero, Roadie Crew, Valhalla.

Mais matérias de Thiago Sarkis no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online