Marduk: ex-vocalista comenta sobre o Devian

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Daniel Faria, Fonte: Blabbermouth, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 25/12/07. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

O Make Some Noise, da África do Sul, conduziu no início de novembro uma entrevista com o ex-MARDUK e atual vocalista do DEVIAN, Legion, que falou sobre sua nova banda, DEVIAN.

5000 acessosMarduk: festival cancela show por "falta de profissionalismo"5000 acessosAnette Olzon: "Eu fui demitida exatamente como Tarja também foi"

Make Some Noise: Como você acabou entrando no DEVIAN?

Legion: "Eu o fundei. Não levou muito tempo depois que saí do MARDUK para sentir tantas saudades de tudo que eu comecei a pensar a fazer a coisa da banda de novo. Nunca foi a cena (musical) ou a vida que me cansou, mas foi a banda na qual eu estava. Então Emil e eu passamos 2005 trocando idéias, um visitando a cidade do outro e tentamos colocar a fundação para algo novo, não queríamos estar presos nas mesmas velhas faixas e ainda assim queríamos tocar o tipo de música que sabíamos exatamente tocar".

Make Some Noise: Como você classificaria seu estilo comparado ao do MARDUK?

Legion: "Mais versátil, tem dinâmica melhor e mais variações e definitivamente mais melodia. A coisa do MARDUK era legal de fazer no passado porque eu tinha muita agressão retida, mas não adiantava pois daquilo que derramávamos sempre tinha mais saindo, e finalmente tudo começou a parecer diluído e que era chegada a hora de Emil e eu tentarmos algo novo. Então concordamos que todas as influências que temos deveriam ser bem-vindas, desde que pudéssemos fundir tudo em boa música".

Make Some Noise: Quais bandas são suas maiores influências pessoais como músico?

Legion: "Acho que o que tenho escutado são as coisas que estão mais embaixo da pele, que para mim seria IRON MAIDEN e SLAYER, mas tem tanta música excelente por aí e algumas coisas simplesmente ficam grudadas na cabeça e acabam saindo nas suas criações, talvez deliberadamente, e você sente tanta paixão por certos sons que acaba concluindo que eles já estão arraigados por aí, talvez no subconsciente, de forma que embora não tente, você acaba compondo de uma maneira parecida com a de alguém".

A matéria completa está no makesomenoise.co.za.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

MardukMarduk
Festival cancela show por "falta de profissionalismo"

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Marduk"

MardukMarduk
Guitarrista tem pedaços do crânio de Dead, do Mayhem

MardukMarduk
Festival cancela show por "falta de profissionalismo"

MardukMarduk
Guitarrista guarda pedaço do crânio de Dead Ohlin

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Marduk"0 acessosTodas as matérias sobre "Devian"

Anette OlzonAnette Olzon
"Eu fui demitida exatamente como Tarja também foi"

TatuagensTatuagens
Homenagens à banda Iron Maiden na pele dos fãs

SlipknotSlipknot
"Pastor" detecta mensagens subliminares nas capas

5000 acessosA Vida Pós-bilau: vocalista do Life of Agony abre o jogo5000 acessosEm 03/02/1959: Buddy Holly, Ritchie Valens e Big Bopper morrem em acidente aéreo5000 acessosSimplicidade é para os falsos: o nome de banda mais complicado do mundo5000 acessosMetallica: Hetfield elege as suas dez músicas favoritas5000 acessosTitãs: "Nheengatu" e as incríveis coincidências nas capas2308 acessosMetallica: os maiores riffs da banda pelo Ultimate-Guitar

Sobre Daniel Faria

Nascido em 1977, cresceu em um lar onde rock progressivo dominava as ondas do ar. Aos 12 anos, com a compra de "Paranoid" (Black Sabbath) tudo mudou e o metal gradualmente passou a ser o som predominante em casa. Estudou Computer Science / Applied Science pela Concordia University (Montreal, Québec, Canada) e hoje vive em um vilarejo rural em Simcoe County, centro-sul de Ontario, Canada.

Mais matérias de Daniel Faria no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online