Paradise Lost: Um pouco cansados do Metal após Draconian Times

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Thiago Sarkis, Fonte: Roadie Crew
Enviar correções  |  Ver Acessos

O vocalista do PARADISE LOST, Nick Holmes, disse em entrevista à revista Roadie Crew em fevereiro de 2008 que após o álbum "Draconian Times" a banda estava um pouco cansada de toda a cena Heavy Metal.

Paradise Lost: banda começará a gravar novo álbum neste mêsMetal Hammer: dez capas que provocam ânsia de vômito

Confira alguns trechos da matéria que contou com a participação do guitarrista Greg Mackintosh:

"Host" e "Believe In Nothing"

Nick: "Depois do sucesso de 'Draconian Times' e de longas turnês, ficamos honestamente um pouco cansados de toda a cena do Heavy Metal. Não queríamos tocar esse estilo. Procurávamos por algo novo que pudesse nos motivar, pois não estávamos bem também em nossas vidas pessoais."
Greg: "Foi uma fase sombria e confusa para a banda e seus membros em particular. (...) No entanto, penso que sem 'Host' e 'Believe In Nothing', provavelmente não estaríamos conversando agora."

Efeitos das mudanças de direcionamento na relação com os fãs

Nick: "Começamos tocando um estilo mais agressivo e visceral, e um fã radical de Death Metal não quer ouvir álbuns como 'One Second' e 'Host'. (...) Queremos ousar e ver do que somos capazes, independentemente da vertente pela qual nos aventuramos. Os grupos que pensam assim e que me surpreendem são aqueles que amo, como o Celtic Frost."

A vida sob a sombra de "Draconian Times"

Nick: "É um pouco complicado. Sentimo-nos honrados por ter álbuns de tamanha expressão e importância para os fãs, mas, às vezes, percebemos que nem se escrevermos o melhor trabalho de nossa carreira conseguiremos chegar perto de um 'Draconian Times'."

A reportagem completa está na Roadie Crew Nº 109 (capa: IRON MAIDEN), já nas bancas, e aborda os 20 anos de carreira do Paradise Lost, o documentário "Over The Madness" dirigido por Diran Noubar, a criação e o significado do Gothic Metal, os detalhes de Nick e Greg sobre o novo álbum "In Requiem", além de comentários de ambos sobre NIGHTWISH, METALLICA, e turnês no Brasil.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Paradise Lost"


Paradise Lost: banda começará a gravar novo álbum neste mês

Bandas extremas: 10 álbuns que causaram surpresaBandas extremas
10 álbuns que causaram surpresa

Capas: mais feias e ridículas feitas por artistas dos quadrinhosCapas
Mais feias e ridículas feitas por artistas dos quadrinhos


Metal Hammer: dez capas que provocam ânsia de vômitoMetal Hammer
Dez capas que provocam ânsia de vômito

Guns e Sabbath: semelhança entre Zero the Hero e Paradise CityGuns e Sabbath
Semelhança entre Zero the Hero e Paradise City


Sobre Thiago Sarkis

Thiago Sarkis: Colaborador do Whiplash!, iniciou sua trajetória no Rock ainda novo, convivendo com a explosão da cena nacional. Partiu então para Van Halen, Metallica, Dire Straits, Megadeth. Começou a redigir no próprio Whiplash! e tornou-se, posteriormente, correspondente internacional das revistas RSJ (Índia - foto ao lado), Popular 1 (Espanha), Spark (República Tcheca), PainKiller (China), Rock Hard (Grécia), Rock Express (ex-Iugoslávia), entre outras. Teve seus textos veiculados em 35 países e, no Brasil, escreveu para Comando Rock, Disconnected, [] Zero, Roadie Crew, Valhalla.

Mais matérias de Thiago Sarkis no Whiplash.Net.

adGooILQ