Zombie: "gravadoras, dinossauros aguardando a morte"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Cintya Takahaschi, Fonte: Blabbermouth, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos

Na edição de março de 2008 da revista Metal Edge, Rob Zombie descreve uma imagem desoladora do futuro da indústria da música, insistindo que as gravadoras são "dinossauros gordos que ganham demais" que "não existirão mais" daqui a alguns anos. Falando sobre seu novo álbum, "Zombie Live", ele dá início a uma avalanche intimidante de ódio durante toda a entrevista.

Top 5 Pantera: About.com elege os cinco melhores álbuns da bandaHeavy Metal: cinco discos necessários dos anos setenta

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Eu acho que as gravadoras são dinossauros aguardando a morte, que estão pastando", diz ele. "Todas elas têm uma atitude derrotista. É por isso que em alguns anos, elas não existirão mais. O engraçado é que durante anos elas têm lançado porcarias, e culpado os artistas. 'É culpa dos artistas'. Mas não é culpa dos artistas. As pessoas amam música. Sempre amaram e sempre amarão - elas querem mais música agora do que em qualquer outro momento de suas vidas. Seja através do Guitar Hero ou de seus iPhones, ou qualquer outra coisa - as pessoas são loucas por música. Mas as gravadoras estão sempre culpando os artistas: 'Oh, não é o single correto. Oh, não é o álbum correto. Oh, não é isso, não é aquilo'. Quer saber? Elas estão cheias de merda. Elas apenas ganham demais e são preguiçosas, está tudo desabando em volta delas. Mas a arte não. Há mais turnês que nunca, os shows estão maiores que nunca, a platéia está mais louca que nunca, os fãs são mais jovens que nunca; não há falta de demanda por música, ou bandas, ou qualquer outra coisa. Apenas as gravadoras são estes dinossauros gordos que ganham demais. Elas morrerão. A música não".

Ele continua: "O problema com a indústria da música é que ela quer imitar a indústria cinematográfica. A indústria cinematográfica é muito focada no fim-de-semana de lançamento - sabe, um filme será lançado, e eles conseguem imediatamente dizer, ao final do dia de lançamento, se será um sucesso ou não. Eles transformaram isso numa ciência. Com 'Halloween', no fim do dia de lançamento, eles me disseram como seria - na verdade, a estimativa acabou sendo menor do que realmente faturou. Mas na hora eles conseguem dizer se será um tremendo sucesso ou não. Mas com uma gravação, você costuma trabalhá-la. O primeiro álbum do WHITE ZOMBIE foi feito com a Geffen, e acabou ganhando dois discos de platina. O primeiro single não deu certo, mas eu sabia que era um hit. Continuamos trabalhando nele - Eu fiz com que eles relançassem 'Thunder Kiss 65' três vezes. E adivinha? Na terceira vez que eles relançaram e trabalharam-na um pouco, foi um hit. Mas agora, com essa nova filosofia - como no [recém lançado] álbum ao vivo [de ROB ZOMBIE], eles lançam, trabalham uns cinco minutos nele, e dizem 'fizemos nossa parte'. Bem, o que você esperava? É uma profecia previsível. Ele dizem 'ninguém compra CDs', então eles não estão nem aí pra vendê-los".




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Rob Zombie"


Rob Zombie: Tratam heavy metal e filmes de terror como se fosse pornografiaRob Zombie
"Tratam heavy metal e filmes de terror como se fosse pornografia"

Rob Zombie: fazer turnê com o Slayer não foi tão legal assimRob Zombie
Fazer turnê com o Slayer não foi tão legal assim


Top 5 Pantera: About.com elege os cinco melhores álbuns da bandaTop 5 Pantera
About.com elege os cinco melhores álbuns da banda

Heavy Metal: cinco discos necessários dos anos setentaHeavy Metal
Cinco discos necessários dos anos setenta


Sobre Cintya Takahaschi

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

adGoo336