Iron Maiden: Os bastidores da banda em um hotel curitibano

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por André Molina
Enviar correções  |  Ver Acessos







As 13h30 no hotel Four Points Sheraton do dia 03 de março de 2008, em Curitiba, tudo indicava que seria fácil manter contato ou até mesmo conseguir uma breve entrevista com algum dos integrantes da banda inglesa Iron Maiden. A atmosfera estava calma. No ambiente apenas alguns fãs esperavam a banda em frente ao local e na portaria. Não se imaginava que a informação vazaria tão rápido para o Orkut.

Em menos de uma hora, o cenário mudaria completamente. Com a chegada do ED FORCE ONE (avião particular do Iron Maiden) no aeroporto Affonso Pena, às 13h22, boa parte dos admiradores da banda se dirigiu até o Sheraton. Acredita-se que aproximadamente 400 pessoas esperavam a aterrissagem da aeronave.

Uma enorme fila se formou durante o dia na Avenida Sete de Setembro e muitos fãs se hospedaram somente para acompanhar a banda. Um casal chegou a se hospedar por R$600 mais a taxa de serviço. Os admiradores julgaram ser mais fácil encontrar a banda um dia antes da realização do show na Pedreira Paulo Leminski.

Além do reforço da segurança, a organização ainda providenciou uma viatura da Polícia Militar para permanecer estacionada em frente ao hotel.

A banda chegou ao local às 14h00. O primeiro a entrar foi o guitarrista Dave Murray, que foi abordado por um fã pedindo autógrafo e fotos. Sorrindo, o músico respondeu: "mais tarde".

Em seguida, os músicos Nicko Mc Brain, Adrian Smith, Steve Harris e Janick Gers chegaram para fazer o check in. Calorosos, os fãs abordaram Gers e Mc Brain, que se irritaram. Enquanto os fãs apontavam as máquinas fotográficas, eles despistavam e fugiam. Gers chegou a posar para foto ao lado de um fã e, no momento em que a porta do elevador abriu, ele aproveitou para escapar das lentes.

O último a chegar foi Bruce Dickinson, que ainda estava vestido como comandante. O vocalista acenou para os fãs e subiu para, logo em seguida, ir até a academia para caminhar na "esteira".

O primeiro a descer foi o baterista Nicko Mc Brain. Bem à vontade, com seu par de chinelos "Havaianas", o músico se dirigiu ao restaurante para saborear uma batata recheada.

Com o entra e sai dos membros do Iron Maiden na academia e no restaurante, a abordagem de fãs aumentou, o que só irritou os britânicos. Um funcionário do hotel chegou a advertir os hóspedes que queriam conversar com Nicko. "A banda não quer dar autógrafos e tirar fotos. Eles estão ameaçando deixar o hotel", disse.

Os seguranças chegaram a fazer uma reunião com a assessoria do Iron Maiden. No encontro, foi comentado que o baixista Steve Harris gostaria de um ambiente mais calmo para sua filha Lauren.

O clima ficou tenso. Até os integrantes da Polícia Militar, que cuidavam da multidão em frente ao Sheraton, tiravam fotos com suas máquinas digitais. O assédio excessivo irritou o Maiden e o descaso da banda excitou ainda mais os hóspedes fãs.

Em seguida, houve um distanciamento entre fãs e banda. Só a filha do baixista Steve Harris, Lauren Harris, foi mais acessível. Enquanto o guitarrista Adrian Smith foi jogar squash, ela se dirigiu até a fila em frente ao hotel para conversar com os fãs. Já seu pai e o guitarrista Dave Murray não saíram do quarto até o dia do show.

No bar do hotel os fãs não perdiam o espírito esportivo. Um admirador carioca que já tinha assistido o show de São Paulo e esperava o de Curitiba pediu para o músico da casa para tocar uma canção no violão. A sessão de bossa nova e pop rock deu uma trégua. O fã carioca tocou a base de "Flight of Icarus", enquanto quem estava nas mesas cantava e bebia.

Um dos momentos mais constrangedores entre fã e banda foi com Bruce Dickinson. Ao ser abordado enquanto estava jantando e bebendo uma "Kaiser Summer" com sua esposa, o vocalista se irritou e disse: "Não vou assinar coisa nenhuma". Quem estava ao lado da mesa percebeu que a esposa de Dickinson não gosta do assédio dos fãs. Muitos admiradores da "donzela" demonstraram indignação em relação à inesperada reação de Bruce Dickinson.

Após o episódio de Bruce, outro agito ocorreu na portaria do hotel. O motivo foi a saída de Adrian Smith e de Nicko Mc Brain. Ao mesmo tempo, Janick também deixou o hotel para promover uma festa particular no bar Sheridans, localizado na Avenida Batel.

No retorno ao hotel, Adrian e Nicko cansaram da relação fria que se estabelecia no ambiente e, motivados por algumas cervejas, saíram do hotel para atender a multidão. Já era quase meia noite quando muitos fãs emocionados conseguiram alguns autógrafos. Nessa hora foi fácil perceber que o Iron Maiden não é só uma banda de heavy metal. É uma religião.

No dia seguinte a banda estava mais receptiva. Poucas horas antes do show, precisamente às 17h00, Steve Harris e Dave Murray desceram dos quartos para atender alguns fãs, que faziam plantão no hotel desde a hora da chegada da banda.

A "festinha" de Janick Gers

O último membro do Iron Maiden a retornar ao hotel na véspera do show foi o guitarrista Janick Gers. O músico chegou às 02h00 após promover uma festa particular no pub irlandês Sheridans. Regado a chopp 'Heineken", bolo de morango com nata e doces, o guitarrista recebeu fãs "selecionadas", roadies e jornalistas. A festa tinha um propósito. Era aniversário de um roadie da "donzela".

Janick Gers demonstrou ser apreciador de uma boa cerveja. O guitarrista pagou uma consumação de R$ 60, fora o valor da entrada.



GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Iron Maiden"


Bruce Dickinson: veja-o cantar Deep Purple com orquestra em tributo a Jon LordBruce Dickinson
Veja-o cantar Deep Purple com orquestra em tributo a Jon Lord

Bruce Dickinson: vocalista do Iron Maiden confirma palestra no BrasilBruce Dickinson
Vocalista do Iron Maiden confirma palestra no Brasil

Iron Maiden: Dennis Stratton quer gravar versão original de Phantom Of The OperaIron Maiden
Dennis Stratton quer gravar versão original de "Phantom Of The Opera"

Iron Maiden: Nicko McBrain passou por problemas de saúde recentementeIron Maiden
Nicko McBrain passou por problemas de saúde recentemente

Iron Maiden: brasileiro já pediu autógrafo em caveira a Nicko McBrain, que recusouIron Maiden
Brasileiro já pediu autógrafo em caveira a Nicko McBrain, que recusou

Torture Squad: Invadindo camarim do Iron Maiden por engano (vídeo)Torture Squad
Invadindo camarim do Iron Maiden por engano (vídeo)

Iron Maiden: Nicko McBrain tende a tocar mais rápido quando está cansadoIron Maiden
Nicko McBrain tende a tocar mais rápido quando está cansado

Iron Maiden: Nicko McBrain trocou a marca de sua bateriaIron Maiden
Nicko McBrain trocou a marca de sua bateria

Iron Maiden: Steve Harris não descarta possível turnê com Judas PriestIron Maiden
Steve Harris não descarta possível turnê com Judas Priest

Arch Enemy: Jeff Loomis fala qual a primeira música que aprendeu a tocar

Iron Maiden: lamentamos, mas a vaga já foi ocupada...Iron Maiden
Lamentamos, mas a vaga já foi ocupada...

Iron Maiden: The Trooper na versão das irmãs harpistas (vídeo)Iron Maiden
"The Trooper" na versão das irmãs harpistas (vídeo)


Serguei a Morrison: Os estranhos relacionamentos de Janis JoplinSerguei a Morrison
Os estranhos relacionamentos de Janis Joplin

Legião Urbana: a versão de Renato Rocha sobre a sua saídaLegião Urbana
A versão de Renato Rocha sobre a sua saída


Sobre André Molina

André Molina é jornalista, economista e começou a ouvir heavy metal ainda quando era criança. Tem 30 anos de idade e Rock 'n' Roll é sua religião.

Mais matérias de André Molina no Whiplash.Net.