My Chemical Romance: Watchmen e a idéia do cover de Dylan

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Silvio Somer, Fonte: Gigwise.com, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 06/02/09. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

Gerard Way, vocalista do MY CHEMICAL ROMANCE, descreveu Watchmen como a "melhor história em quadrinhos já escrita."

5000 acessosGuns N' Roses: o código na capa de The Spaghetti Incident5000 acessosSeparados no nascimento: Paul Stanley e Sidney Magal

Way disse que a série, que foi adaptada para o cinema, foi influente em sua carreira de músico e de criador de quadrinhos. "Mais do que qualquer álbum essa foi a primeira coisa que realmente me fez dizer pra mim mesmo, 'É isso que eu quero fazer'", disse Way para o The Guardian.

Watchmen, que foi criado por Alan Moore e Dave Gibons, foi originalmente lançado como um quadrinho em série limitada em 1986. A trilha sonora para a adaptação do cinema inclui um cover que o MY CHEMICAL ROMANCE fez da música 'Desolation Row', de BOB DYLAN.

No website do jornal Way escreveu que sua versão da música foi "particularmente relevante" para a série dos quadrinhos. "Nossa versão veio do desejo de fazer algo 'da era', que no caso de Watchmen é numa década de 1980 alternativa," escreveu ele. "Eu queria que a música soasse como a cultura juvenil sentia na época, assim nós a abordamos como uma música new wave dos anos 80".

Enquanto isso Way também comentou o quanto sua série de quadrinhos, The Umbrella Academy [sem tradução no Brasil], "deve" a Watchmen. "Você não quer sabotar alguém, mas quer explorar coisas que eles começaram a explorar," ele escreveu. "Mesmo que sejam apenas personagens tendo uma conversa estranha enquanto tomam café em uma cobertura ou em restaurante

"O fato de que os personagens em 'Umbrella Academy' já tinham uma história foi, definitivamente, um reconhecimento a Watchmen, também. E o fato de que todos eles já têm 30 anos e a diversão de sua juventude meio que acabou".

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Covers e Versões"

Já ouviu antes?Já ouviu antes?
New York Times elege os melhores covers

HungerHunger
Uma versão bem pesada de "Another Brick In The Wall"

O MetaleiroO Metaleiro
Versão pesada para Funk do Mortal Kombat

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Covers e Versões"0 acessosTodas as matérias sobre "My Chemical Romance"0 acessosTodas as matérias sobre "Bob Dylan"

Guns N RosesGuns N' Roses
O código na capa de The Spaghetti Incident

Separados no nascimentoSeparados no nascimento
Paul Stanley e Sidney Magal

Separados no nascimentoSeparados no nascimento
Robert Plant e Patrícia Pillar

5000 acessosFotos de Infância: Steven Tyler, do Aerosmith5000 acessosMarilyn Manson: "Sou o monstro do Lago Ness! Sou o Bicho Papão!"5000 acessosSlayer: fãs hardcore dão (literalmente) o sangue pela banda5000 acessosIron Maiden: Gastão Moreira repassa as vindas da banda ao Brasil5000 acessosJustin Bieber e Marilyn Manson: eles agora são melhores amigos5000 acessosJon Bon Jovi: quando ele levou um fora de Bruna Lombardi

Sobre Silvio Somer

Inicialmente meu gosto musical foi marcado por bandas como Black Sabbath, Iron Maiden e Deep Purple, mas o que revolucionou minha forma de perceber a música foi a primeira vez em que ouvi o álbum "2112" do Rush, embora eu já conhecesse algumas músicas da banda, foram os acordes de "Overture" que colocaram tudo em uma nova perspectiva. Foi assim que aos 14 anos de idade coloquei o mundo que me cercava em cheque. Meu gosto por literatura, então, encontrou sua contra-parte de forma bastante harmônica e ambos são essenciais em minha vida. Atualmente moro em Florianópolis e estudo piano e faço o curso de letras. "We've taken care of everything / The words you hear the songs you sing".

Mais informações sobre Silvio Somer

Mais matérias de Silvio Somer no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online