Megadeth: manager diz que fãs não se decepcionarão

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Daniel Molina, Fonte: Rust In Page
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 02/05/09. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

(Agradecimentos a João Vitor Hatum de Mendonça pelo envio da mesma nota)

A gerente de turnê do MEGADETH, Tracey "MegaBlonde" Wiedeman, liberou a seguinte nota a respeito da turnê Européia da Priest Feast:

3422 acessosMegadeth: cinco vezes onde a banda foi melhor que o Metallica5000 acessosSemelhança: vocalistas de rock com vozes quase iguais

"Várias vezes eu parei apenas para dizer 'Obrigada.' Eu percebo quão sortuda eu sou por viajar pelo mundo. Eu agradeço por ter estado em lugares que algumas pessoas nunca verão. Eu devo tudo isto em parte a Dave Mustaine. Se não existisse o MEGADETH, não haveriam memórias tão maravilhosas.

Agora que a turnê Européia da Priest Feast chegou ao fim, o lançamento dos novos gabinetes da linha Dave Mustaine da Marshall aconteceu em Frankfurt no Musikmesse e o Revolver Golden God Awards chegou e se foi, tenho tempo para refletir sobre nosso período na estrada.

Apesar de eu me sentir muito abençoada por tudo que vivenciei, a vida na estrada não é fácil. A maioria das pessoas acham que é só festejar e tocar. Não me entendam mal, nós encontramos formas de nos divertirmos onde quer que estejamos, mas estar na estrada envolve muito trabalho duro, horas sem dormir e muito esforço em relacionamentos, seja com seu companheiro, sua família ou até mesmo seus amigos. Na estrada, tudo o que temos é um ao outro. Felizmente, a equipe do MEGADETH é uma verdadeira família. Sempre há alguém para lhe oferecer ajuda se você está passando por um dia ruim. Houve um dia em particular em que eu estava passando por alguns problemas pessoais e Dave sabia que eu estava passando por um momento horrível e ele veio à produção só para ver se eu queria um abraço. São essas pequenas coisas que fazem toda a diferença enquanto descemos pela highway do heavy metal.

Nesta última turnê, nós tivemos a experiência única de presenciar a continuação do trabalho do novo álbum. Nossa equipe preparava um mini estúdio nos vestiários, no nosso ônibus ou no quarto de hotel de Dave, etc. Os fãs não ficarão desapontados com o que chegará em breve. As letras são persuasivas e os riffs são fortes. Com certeza será tudo que nós sempre amamos no MEGADETH.

A inteligência e o senso de humor de Dave nunca deixam de me maravilhar. Dave continua a sempre me ensinar algo novo diariamente e todo dia do nada ele soltava uma piada que me fazia morrer de rir, e ele sempre respondia, 'gostou dessa?'

Não poderia existir uma banda melhor de rapazes para gerenciar. James Lomenzo é sempre cheio de sabedoria e piadas curtas, Chris Broderick está tanto trabalhando quanto praticando guitarra e Shawn Drover é humilde e um bom ouvinte após um dia longo e estressante. No todo, eles com certeza me ajudam a fazer meu trabalho com muito mais facilidade!

'Obrigada rapazes!'

Como sempre, os fãs foram fantásticos na Europa. Eles são extremamentes leais e apoiadores. Tivemos sorteios para o meet and greet para os membros do fã-clube em todo show e eles sempre foram muito simpáticos, apreciativos e receptivos. Foi um prazer ter a oportunidade de encontrar alguns dos fãs em cada cidade e um grande obrigado a todos vocês que trouxeram presentes, o que é sempre desnecessário, mas encantador. Também foi uma delícia mais uma vez ter o prazer de trabalhar com todos os nossos representantes internacionais da Roadrunner Records. Eles são sempre muito profissionais e prestativos. É sempre bom vê-los de novo.

Eu sou perguntada frequentemente qual foi minha parte favorita da turnê. É sempre muito difícil escolher apenas um evento, e há tantas coisas boas que acontece con a gente no decorrer do caminho. Entretanto, nesta turnê, fomos privilegiados em ver vários dos nossos amigos como LAMB OF GOD, CHILDREN OF BODOM, Mikkey Dee do MOTORHEAD, DIMMU BORGIR, EVILE, e os novos amigos do TURISAS. Entretanto, eu devo dizer que meu dia favorito da turnê foi graças ao MOONSPELL em Portugal.

O dia começou com Mike e Ricardo nos encontrando no nosso hotel em Lisboa. Enquanto saíamos, eu perguntei a Dave se ele queria ir com a gente até a praia. Sem hesitar... claro! Então Dave começou a nos contar sobre sua região praieira favorita de Portugal, chamada Cascais. Espere um minuto... Então eu disse a ele que era onde estávamos indo! O olhar de empolgação que tomou conta de Dave foi impagável e ele disse, 'Bem, então vamos lá!'

Então pegamos James Lomenzo, Chuck & Tiffany Billy e membros de nossa equipe e fomos embora! Cascais é um antigo vilarejo de pescadores na costa de Portugal que agora é uma grande região praieira e um ponto popular de turistas. No caminho, Mike pegou a rota maior pela costa para apreciar a paisagem, que era muito bonita. Isto me lembrou um pouco dirigir pela PCH na Califórnia, exceto pelas histórias a mais enquanto passávamos pelos fortes e castelos, etc. Mike indicou todos os trechos históricos pelo caminho.

Ao chegarmos em Cascais e após uma rápida olhada pela região, havia apenas uma coisa a fazer... satisfazer nossa sede! Quando viramos a esquina, eu vi um aviso que dizia 'Rock 'N Shots' com um pequeno bar e um pátio. Perfeito! Após umas refrescantes Sangrias e Caipirinhas fomos explorar o vilarejo. Cascais possui uma sensação e energia fenomenais e eu pude ver facilmente porque este lugar é tão popular. Era muito confortável e amigável. À medida que a noite chegava e a barriga roncava decidimos que era hora de comer e então comemos! Sob as estrelas de Cascais preparamos e assamos bifes, porco, frango, camarão e uma variedade de peixes frescos locais e, claro, mais Sangrias. Foi simplesmente esplêndido. Após uma rápida caminhada na praia e deixar os pés no oceano, era hora de voltar a Lisboa para aproveitar a vida noturna.

A noite nos trouxe o prazer de andar com Fernando e Pedro. Enquanto atravessávamos as ruas de pedra de bar em bar, nós rimos e relembramos histórias de turnês antigas. A noite terminou no tão único e interessante Pavilhão Chinês. Eu nem consigo ao menos começar a explicar este lugar, mas com a ajuda de Frommers, esta descrição ajuda: 'Réplicas de todo mundo, de Buddha a Popeye decoram o conjunto, ao lado de cupidos de bronze, canecas Toby, enfeites e colares, e Vitorianas suficientes para preencher metade dos costumes de Londres.' Fernando e eu estávamos exaltados pelo som de algo de 'Jazz In The 90s' tocando no fundo... então Fernando nos encomendou uma cópia! Isto me lembrou muito um dos meus favoritos, Richard Cheese, exceto pela cantora feminina e mais jazz ao invés de lounge. Estou ansiosa para receber minha cópia para mais risadinhas!

O dia seguinte foi dia de show e nos trouxe a adição de Aires e vários amigos divertidos do MOONSPELL. Era também dia de St. Patrick, que não é de fato celebrado em Portugal. Entretanto, tivemos sorte o bastante para encontrar um pub ao lado do lugar que estávamos e pudemos nos deliciar em sidra, Guiness e carros bomba antes da chamada do ônibus. Foi uma grande forma de celebrar o Dia de St. Paddy.

Enquanto eu estava em Frankfurt com Dave para o Musikmesse, um destes canais promocionais de hotéis e adivinhem... eles estavam falando de Lisboa! Foi uma sensação maravilhosa assistir e pensar, 'Eu estive lá! Espera, eu vi isto! Ohhh, eu vi isto também! Ali foi onde ficamos!' Tudo o que eu podia pensar era, 'Obrigado MOONSPELL!' Um enorme 'Obrigado' vai para o MOONSPELL! Sempre haverá memórias carinhosas de Portugal e eu sinceramente espero ter a oportunidade de visitar de novo algum dia em breve.

Há tantos lugares que eu espero visitar de novo. Tantas pessoas foram tão fantásticas conosco pelo caminho. Toda a hospitalidade que recebemos foi tremenda. Obrigada a todos que trabalharam conosco e nos encontraram pelo caminho. Obrigada James Lomenzo, Chris Broderick e Shawn Drover. Um grande obrigado para uma equipe tremenda sem a qual eu nunca poderia suportar um só dia. Mas principalmente, um enorme obrigado a Dave 'O General' Mustaine.

Até a próxima aventura, keep it metal!

MegaBlonde."

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

MegadethMegadeth
Cinco vezes onde a banda foi melhor que o Metallica

3079 acessosHeavy Metal: os 10 melhores riffs dos anos noventa519 acessosMarty Friedman: ouça "Miracle", single do novo álbum solo3525 acessosMetallica: e se James Hetfield cantasse no Megadeth?0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Megadeth"

MegadethMegadeth
Mustaine feliz em apresentar Kiko Loureiro ao mundo

E Se...E Se...
Sua banda favorita mudasse de gênero musical?

Rock x PolíticaRock x Política
Quem disse que não sai coisa boa dessa mistura?

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Megadeth"

SemelhançaSemelhança
Alguns vocalistas de rock com vozes quase iguais

Regis TadeuRegis Tadeu
"Lemmy era tão poderoso que seu corpo não teve coragem de contrariá-lo"

EntrevistasEntrevistas
Coices e tretas entre entrevistador e artista

5000 acessosRock Brasileiro da Década de 505000 acessosRock And Roll: últimas fotos em vida de músicos famosos5000 acessosHeavy Metal: 5 músicos que não são metaleiros mas amam o estilo5000 acessosLed Zeppelin: "foi surreal cantar com eles", diz Myles Kennedy5000 acessosLacuna Coil: detonando os que falam besteira pela internet5000 acessosMetal brasileiro: Os verdadeiros heróis do Heavy Metal

Sobre Daniel Molina

Nascido em 79, professor de inglês e tradutor. Conheci o metal e suas várias vertentes através de um amigo do meu irmão no final dos 80, onde em 89 acabei me deparando com Megadeth dentre os vinis que estava ouvindo e foi amor à primeira ouvida, uma paixão que dura 20 anos. Apaixonado por thrash metal, especialmente Bay Area e East Coast mas também aficcionado por NWOBHM, Hard e Death. Com o passar do tempo percebi que o rótulo é o que menos importa e sim o tipo de música que nos agrada, mas apesar de tudo, thrash sempre acima de tudo. Já trabalhei com vários sites, cobrindo shows e fazendo entrevistas mas sempre tocando a Rust In Page por amor ao Megadeth, e hoje além de dedicação total ao meu trabalho salvo bastante do meu tempo para manter a página rolando firme e forte e mantendo os Droogies brazucas informados.

Mais informações sobre Daniel Molina

Mais matérias de Daniel Molina no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online