Survivor: entrevista com Jimi Jamison no Hard Blast

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Karina Detrigiachi, Fonte: Hard Blast
Enviar correções  |  Ver Acessos

O ex-vocalista do SURVIVOR, Jimi Jamison, que acabou de lançar seu novo álbum solo intitulado "Crossroads Moment", concedeu uma entrevista ao site Hard Blast e abaixo podem ser conferidos alguns trechos:

Rockstars: Tatuagens que possivelmente geram arrependimentoPink Floyd: tudo sobre "Another Brick in the Wall"

Hard Blast: Você deu início a sua carreira em 1970, 39 anos de trabalho sólido se passaram e você sempre se manteve fiel ao Hard Rock AOR. Sempre foi seu objetivo ser um cantor de rock ou isso é algo que apenas aconteceu?

Jimi Jamison: "Na verdade eu comecei cantando soul music ou R&B, como o estilo é chamado hoje em dia. Tendo crescido em Memphis, (o lar da) Stax Music, influenciado por Wilson Pickett, Otis Reding, Sam & Dave e muitos outros artistas, acredito que esta foi uma forma natural de se começar. Eu entrei para o meio do rock quando decidi colocar um guitarrista chamado Bob Horn no grupo. Ele nos apresentou uma banda chamada Deep Purple... Cara... todo o resto perdeu o sentido. Eu amei aquilo. Começamos a tocar música pesada e jamais olhamos para trás, por isso acredito que foi algo que simplesmente aconteceu".

Hard Blast: Podemos dizer que "Eye of The Tiger" e "Burning Heart", temas da série de filmes "Rocky" são algumas das músicas que tornaram você parte da história da música? Survivor foi uma grande banda com muita coisa escrita. Você poderia nos contar algum momento seu junto com eles que tenha sido perfeito e inesquecível nos anos 80?

Jimi Jamison: "Sim, os filmes do Rocky nos puseram definitivamente no mapa, mas o que nos colocou realmente na mente das pessoas foi o lançamento de 'Vital Signs' que não teve nada a ver com cinema. Gravamos muitos vídeos para as músicas deste álbum e algo que eu jamais me esquecerei é do vídeo de 'I Can't Hold Back' chegando a primeira posição na MTV e ficando lá por várias semanas. Este vídeo fez mais por nós do que qualquer filme. Os filmes do Rocky são mais lembrados porque continuam passando muito até hoje".

Hard Blast: Você tocou no Rio de Janeiro dois anos atrás e estava muito doente no dia do show. A banda Tempestt, de São Paulo, foi sua banda de apoio e mesmo estando afônico e rouco, seu carisma prendeu o público que foi perfeitamente capaz de entender que havia algo errado contigo. Os caras da Tempestt fizeram um excelente trabalho apoiando você. Há algo que você gostaria de dizer a respeito daquele dia? Explicar o que aconteceu e como você se sentiu?

Jimi Jamison: "Tempestt... que caras legais e que músicos fantásticos! Eu quase nunca fico doente mas algo aconteceu e eu peguei uma virose que fez minha voz simplesmente desaparecer. Durante um dia inteiro e não consegui nem mesmo produzir sons. Eu fiquei muito frustrado e preocupado com o que as pessoas pensariam de mim no Brasil e acho que isso piorou a situação ainda mais".

Para conferir a entrevista completa acesse hardblast.com.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Survivor"


Watchmojo: os 10 clipes mais ridículos dos 80'sWatchmojo
Os 10 clipes mais ridículos dos 80's

Survivor: a história por trás da música Burning HeartSurvivor
A história por trás da música "Burning Heart"

Frontman: quando o original não é a melhor opçãoFrontman
Quando o original não é a melhor opção


Rockstars: Tatuagens que possivelmente geram arrependimentoRockstars
Tatuagens que possivelmente geram arrependimento

Pink Floyd: tudo sobre Another Brick in the WallPink Floyd
Tudo sobre "Another Brick in the Wall"

Rede Globo: em 1985, explicando o que são os metaleirosRede Globo
Em 1985, explicando o que são os metaleiros

Heavy Metal: os dez melhores álbuns lançados em 1986Heavy Metal
Os dez melhores álbuns lançados em 1986

Postura: 12 coisas que você nunca deve dizer a um músicoPostura
12 coisas que você nunca deve dizer a um músico

Capas de discos: agora com ícones da cultura popCapas de discos
Agora com ícones da cultura pop

Massacration: Metal Milf disponibilizada para downloadMassacration
"Metal Milf" disponibilizada para download


Sobre Karina Detrigiachi

Designer, nascida na cidade de São Paulo, Kari como é mais conhecida, cresceu ouvindo Deep Purple, Led Zeppelin, Skid Row e Alice Cooper. É apaixonada por todas as vertentes do Metal, porém ouve de tudo um pouco sem se prender a rótulos.

Mais matérias de Karina Detrigiachi no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336