Mastodon: "Não estamos nos vendendo com o novo álbum!"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Diego Camara, Fonte: Rockpages.gr, Tradução
Enviar Correções  

O webzine grego Rockpages recentemente conversou com o baixista Troy Sanders da banda de metal norte-americana MASTODON, que falou principalmente sobre o novo álbum, "Crack the Skye". Alguns trechos da conversa podem ser vistos abaixo:

"Crack the Skye", o último álbum de vocês, penso que ele é o mais acessível, se eu posso usar essa palavra, de todos os álbuns do MASTODON até hoje. Qual sua opinião?

Sanders: "É definitivamente o mais acessível. Nos concentramos mais nas melodias, extensas partes de guitarras e por último na construção das músicas, nós realmente gastamos bastante energia na arte da composição. Realmente tentamos escrever músicas eficientes que tivessem inícios interessantes, corpos e finais consistentes. Algo que fosse memorável e comovente, com um bom fluxo de altos e baixos. Isso nos permitiu que muita vida fosse soprada dentro das músicas. Tomamos uma abordagem diferente com as músicas e tentamos fazer algo que possa durar um bom tempo. Felizmente, a música de 'Crack the Skye' resistirá ao teste do tempo um pouco mais do que qualquer outro material que nós tenhamos feito".

publicidade

Você diria que essa abordagem no novo álbum foi como uma "evolução" da banda? Ou você apenas veio com esse tipo de material?

Sanders: "Bem, o material começou a sair... não foi uma ideia predeterminada escrever músicas como estas. Foi uma representação sólida da sensação do que a banda passou e experienciou pelos últimos dois anos, e este tipo de música começou a sair. Quando começamos a escutar o que nós estávamos criando, percebemos que poderíamos nos afiar em algumas destas ideias, elaborar este profundo, sombrio, mas belo som e tentar construir e crescer com este novo som que estávamos criando..."

publicidade

Com todo o respeito, algumas pessoas podem dizer que com este movimento, mudando o som tanto e fazendo um álbum mais acessível, vocês estariam se vendendo. Qual seu comentário sobre isso?

Sanders: "Bem, nós não estamos vendendo nada! (risos) Você sabe, foi um passo bastante natural na evolução da banda. Enquanto artistas, é belo que nós sejamos livres para explorar novos sons, novos territórios musicais. Podemos trilhar em novas e frescas águas musicais. Nestas músicas nós realmente cavamos fundo no coração e na alma. Estas músicas são tão autênticas, ou talvez mais autênticas do que qualquer coisa que tenhamos escrito. Está mais próximo do nosso coração do que qualquer outro álbum que tenhamos criado. Este é um disco honesto do MASTODON, e para aquelas pessoas que quiserem se amarrar, e se juntar a nós nesta jornada, que é incrível. Se as pessoas não ligam para isso, ou pensam que nós mudamos por qualquer tipo de razão negativa, está ok. Nós não compomos este álbum para agradar essas pessoas. Eles podem pensar o que quiserem, não podemos agradar a todo mundo, mas este é o álbum que nós sempre quisemos fazer. Ele é mais sincero aos nossos corações do que qualquer coisa que tenhamos feito".

publicidade

A entrevista completa (em inglês) pode ser vista abaixo.




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Mastodon: todos os álbuns da banda, do pior para o melhorMastodon
Todos os álbuns da banda, do "pior" para o melhor

Playlist: 50 músicas de bandas de metal que poderiam tocar em rádios FMPlaylist
50 músicas de bandas de metal que poderiam tocar em rádios FM

Soundgarden: membros de Anthrax, Alice In Chains e Mastodon gravam cover de Rusty CageSoundgarden
Membros de Anthrax, Alice In Chains e Mastodon gravam cover de "Rusty Cage"

Mastodon: quem ouve Amon Amarth não imagina que o vocalista ouve Sade, diz Brann DailorMastodon
Quem ouve Amon Amarth não imagina que o vocalista ouve Sade, diz Brann Dailor

Killer Be Killed: supergrupo lança Dream Gone Bad, mais um single do próximo álbumKiller Be Killed
Supergrupo lança "Dream Gone Bad", mais um single do próximo álbum

Loudwire: do Dragonforce ao Cannibal Corpse, os melhores discos de 2006Loudwire
Do Dragonforce ao Cannibal Corpse, os melhores discos de 2006

Uma Dose Extra: 10 bandas de metal que fizeram o seu próprio goróUma Dose Extra
10 bandas de metal que fizeram o seu próprio "goró"

Marty Friedman: cover do Fleetwood Mac com membros do Mastodon e BaronessMarty Friedman
Cover do Fleetwood Mac com membros do Mastodon e Baroness

Mastodon: ouça Medium Rarities, coletânea de raridades e versões alternativasMastodon
Ouça Medium Rarities, coletânea de raridades e versões alternativas

Mastodon: Bill Kelliher toca os seus riffs de guitarra favoritosMastodon
Bill Kelliher toca os seus riffs de guitarra favoritos


Mastodon #1: Os primeiros diasMastodon #1
Os primeiros dias

Rock e Metal: os dez maiores Deuses dos RiffsRock e Metal
Os dez maiores Deuses dos Riffs


Edu Falaschi: o fax com convite de seleção para o Iron MaidenEdu Falaschi
O fax com convite de seleção para o Iron Maiden

Excessos: como os rockstars gastam os seus milhõesExcessos
Como os rockstars gastam os seus milhões


Sobre Diego Camara

Nascido em São Paulo em 1987, Diego Camara é jornalista, radialista e blogueiro. Seu amor pelo metal e rock começou há 6 anos. Um amante da nova geração, é um grande fã de Arjen Lucassen, Andre Matos e bandas como Nightwish, Hammerfall, Sonata Arctica, Edguy e Kamelot. Também não deixa de ter amor pelos clássicos, como Helloween, Gamma Ray e Iron Maiden e do Rock de bandas como Oasis, Queen e Kings of Leon. Atualmente seus textos podem ser lidos no blog OCrepusculo.com sobre assuntos diversos, além de planos para criação de um projeto totalmente voltado aos blogs de Rock e Metal.

Mais informações sobre Diego Camara

Mais matérias de Diego Camara no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin