Rob Zombie: "Nunca quis algo extremo só por ser extremo!"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Diego Camara, Fonte: Hollywood Reporter, Tradução
Enviar Correções  

Jay A. Fernandez do Hollywood Reporter recentemente conduziu uma entrevista com o roqueiro que virou produtor e diretor, ROB ZOMBIE. Um trecho da conversa segue abaixo.

Como você sabe quando foi muito longe com a violência e a depravação em uma cena?

Zombie: "Eu nunca tentei fazer algo extremo apenas para ser extremo - nunca. É algo que eu sempre falo com Wayne Toth, que é o cara responsável nos meus filmes pela maquiagem e os efeitos especiais: nós nunca queremos que pareça que nós estamos parando o filme, então você pode olhar os efeitos. Tem que ser orgânico com o que está acontecendo. Se isso vai muito longe, não é algo que vai muito longe pois você está cruzando alguns limites morais. Com a violência nos filmes há um ponto onde você sente que é real e há um ponto onde, se você empurra muito, se torna algo como um desenho do Papaléguas. Eu tento manter ele simples e energético. A violência é normalmente rápida e furiosa".

publicidade

Vindo do mundo da música, você sentiu que deveria lutar pelo respeito da comunidade cinematográfica?

Zombie: "Talvez isso tivesse me preocupado se eu não tivesse passado pelo mesmo na indústria musical. Há certos tipos de atividades em que você não ganha respeito e nunca ganhará, o hard rock é uma delas. Você vê os Grammys, e todo ano estão lá discos que venderam milhões e milhões de cópias, e eles irão apresentar o prêmio longe das câmeras. Então eles irão apresentar um prêmio para um álbum que vendeu 200 cópias para as câmeras, em horário nobre, e você fica tipo 'Verdade?' Filmes são desta mesma maneira. Os críticos podem falar sobre ele e todos ficam loucos, mas a coisa é como é. Eu não ligo. Ei, é uma longa vida solitária se você ficar por aí esperando por respeito de pessoas que você não deveria nem respeitar".

publicidade

Qual foi o maior preconceito que você teve que lidar com relação aos executivos dos filmes?

Zombie: "Eles aprendem bem rápido que eles estão errados, mas eu acho que às vezes as pessoas pensam que eu não sou sério e não estou trabalhando duro. Eles não podem distanciar a imagem do personagem até que eles me encontram e então percebem: 'este cara trabalha tão duro e é tão sério, ele irá me levar para cima'. Pois eu irei dar realmente duro para que esta merda esteja feita. Eu estou psicoticamente envolvido em cada pequeno aspecto. Esta é apenas a maneira que eu faço, com tudo em minha vida".

publicidade

Mais informações podem ser lidas no Hollywood Reporter, no link abaixo.




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Rob Zombie: novo álbum será lançado em janeiro; confira capa, tracklist e singleRob Zombie
Novo álbum será lançado em janeiro; confira capa, tracklist e single


Fascínio pelo terror: Cinco bandas que dão medoFascínio pelo terror
Cinco bandas que dão medo

Ghost e Rob Zombie: O Globo errou mesmo a legenda da fotoGhost e Rob Zombie
O Globo errou mesmo a legenda da foto


Varg Vikernes: ele diz odiar o Brasil e cita brasileiros como inferioresVarg Vikernes
Ele diz odiar o Brasil e cita brasileiros como "inferiores"

Axl Rose: como ele pegava todas as garotas que Slash conquistavaAxl Rose
Como ele pegava todas as garotas que Slash conquistava


Sobre Diego Camara

Nascido em São Paulo em 1987, Diego Camara é jornalista, radialista e blogueiro. Seu amor pelo metal e rock começou há 6 anos. Um amante da nova geração, é um grande fã de Arjen Lucassen, Andre Matos e bandas como Nightwish, Hammerfall, Sonata Arctica, Edguy e Kamelot. Também não deixa de ter amor pelos clássicos, como Helloween, Gamma Ray e Iron Maiden e do Rock de bandas como Oasis, Queen e Kings of Leon. Atualmente seus textos podem ser lidos no blog OCrepusculo.com sobre assuntos diversos, além de planos para criação de um projeto totalmente voltado aos blogs de Rock e Metal.

Mais informações sobre Diego Camara

Mais matérias de Diego Camara no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin