Nevermore: grupo termina a gravação do novo álbum

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Seguir Whiplash.Net

Por Kako Sales, Fonte: Blabbermouth.net, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 23/10/09. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

Os americanos do NEVERMORE terminaram as gravações do seu novo álbum, “The Obsidian Conspiracy”, que será lançado no primeiro semestre de 2010 via Century Media Records.

1244 acessosWarrel Dane: memorial do vocalista será transmitido online5000 acessosWoodstock: Quanto faturaram Jimi Hendrix, Creedence, The Who...?

As trilhas de bateria para “The Obsidian Conspiracy” foram completadas na cidade natal do grupo, Seattle, com o guitarrista do SOILWORK, Peter Wichers, que trabalhou anteriormente com o vocalista do NEVERMORE, Warrel Dane, em seu primeiro álbum solo, “Praises to the War Machine”. O amigo de longa data e colaborador Andy Sneap (MEGADETH, ARCH ENEMY, EXODUS, MACHINE HEAD) mais uma vez ficará responsável pela mixagem.

As seguintes músicas (entre outras) foram gravadas durante as sessões de gravação para o sucessor de “This Godless Endeavor”, de 2005:

* "Emptiness Unobstructed"
* "Without Morals"
* "And The Maiden Spoke"
* "Termination Proclamation"
* "The Obsidian Conspiracy"
* "The Blue Marble and the New Soul"
* "She Comes in Colors"
* "The Day You Built The Wall"
* "Poison Throne"
* "Beautiful Mistake"
* "Crystal Ship" (THE DOORS cover)
* "Transmission" (THE TEA PARTY cover)

Warrel Dane
Warrel Dane

De acordo com Dane, a música “And the Maiden Spoke” “vai estourar seus miolos: é complexa, com riffs progressivos e lunáticos”.

Ele acrescentou: “Essas músicas estão cheias de uma ira renovada, liricamente e musicalmente. Jeff Loomis apareceu com alguns riffs incríveis que sem dúvida vão satisfazer os fãs antigos e novos. Eu acho também que a combinação de Peter e Andy vai resultar em algo muito, muito especial”.

A edição alemã da revista Metal Hammer entrevistou Jeff Loomis na edição deste ano do festival Wacken Open Air, que aconteceu entre 30 de julho e 1 de agosto, em Wacken, Alemanha. A conversa pode ser vista agora neste local.

Quando perguntado se seu álbum solo instrumental, “Zero Order Phase” (que foi lançado em setembro de 2008 via Century Media Records), afetou o direcionamento musical do novo material do NEVERMORE, Loomis respondeu: “Eu quis durante muito tempo fazer um CD instrumental somente porque sou um fã daquele estilo de música, e finalmente tive aquela oportunidade. Mas acho que com o novo NEVERMORE, ainda soa como uma banda, porém acho que estou dando ao Warrel (Dane, vocais) um pouco mais de espaço desta vez para mais vocais, então desta vez está um pouco mais aberto musicalmente para ele ter a possibilidade de fazer qualquer coisa que quiser com os vocais. Então, vamos ver o que acontece. Será um álbum interessante para nós, com certeza”.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Seguir Whiplash.Net

Warrel DaneWarrel Dane
Campanha em crowdfunding para translado para Seattle

1244 acessosWarrel Dane: memorial do vocalista será transmitido online1379 acessosNevermore: box set com 12 discos passa a obra da banda a limpo0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Nevermore"

Ozzy OsbourneOzzy Osbourne
7 guitarristas que quase entraram para a banda dele

VH1VH1
Os vinte guitarristas mais influentes da era moderna

Warrel DaneWarrel Dane
Vocalista sofria com muitos problemas de saúde

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Nevermore"


WoodstockWoodstock
Quanto faturaram Jimi Hendrix, Creedence, The Who...?

Guns N RosesGuns N' Roses
Pobreza, sexo, drogas e Rock n' Roll em nova biografia

Linkin ParkLinkin Park
Bennington fala sobre alcoolismo e abuso sexual na infância

5000 acessosGuns N' Roses: contrato de Slash está pior que nos anos noventa?5000 acessosDeath On Two Legs: a declaração de ódio de Freddie Mercury5000 acessosSlayer: Araya fala sobre fé e sua relação com o cristianismo5000 acessosBon Jovi: Jon diz que parou de fumar por causa do custo4372 acessosKorn: "O que eu mais gosto de fazer é falar sobre o Senhor"5000 acessosHomossexualidade: 5 nomes da cena rock/metal que assumiram

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.


Sobre Kako Sales

Mineiro de Januária, baterista autodidata, cresceu em ambiente familiar ligado à música popular e erudita. Seu pai chegou a fazer pequenas turnês com bandas da Jovem Guarda como tecladista no fim da década de 70. Aos 10 anos, iniciou os estudos de teoria musical e piano clássico. Teve o primeiro contato com o mundo do metal ao escutar o CD Angels Cry do Angra, aos 15 anos. Desde então tem se dedicado a conhecer, colecionar e difundir o melhor do metal brasileiro e mundial. Graduado em Letras/Inglês, principalmente por influência da língua-mãe do rock, tem como principais ícones do metal as bandas Angra, Symphony X, Dream Theater e Opeth.

Mais informações sobre Kako Sales

Mais matérias de Kako Sales no Whiplash.Net.