Slayer: a relação de Tom Araya com seu ídolo, Ozzy Osbourne

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Karina Detrigiachi, Fonte: BraveWords.com, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 19/10/09. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

O líder do SLAYER, Tom Araya recentemente concedeu uma entrevista ao BraveWords.com na qual falou sobre sua admiração pelo madman OZZY OSBOURNE.

2199 acessosOzzy Osbourne: escolhendo álbum do Alice in Chains no seu Top 105000 acessosJared Leto: a reação ao se ver no papel do Coringa

Você é fã de alguém? Algum ídolo que você gostaria de conhecer?

Araya: “Sim, OZZY. Você meio que para e diz para si mesmo ‘Olha, lá vai o OZZY.’ Mas é isso. Eu não vou até ele, eu saio e lhe dou espaço. Tenho certeza que todos vão até ele e eu não quero ser uma dessas pessoas. A escolha é sua sobre como você quer ser como pessoa. Eu escolhi não babar em cima dele e pedir um autógrafo ou uma foto pois ‘Eu não vou conseguir esta oportunidade nunca mais.’ Para mim é como ‘Uau, lá vai ele’ e eu estou feliz.

Eu tive a oportunidade de vê-lo passando e isso é mais do que a maioria das pessoas vão conseguir. Se ele viesse falar comigo eu ficaria honrado e privilegiado. E seria isso. Mas se ele não se aproximasse de mim eu me sentiria muito desconfortável em me aproximar dele.

Se houvesse algo, eu me apresentaria e o deixaria saber que ele é um grande artista e então o deixaria em paz. Você vê na TV as merdas por quais essas pessoas passam. Alguns são piores do que os outros e eu digo a mim mesmo: ‘Estou contente por eu não ser assim, pois seria algo muito estranho’. Estou contente por minha vida não ser assim.

Eu seria processado muitas vezes por dizer às pessoas para pararem de tirar fotos e para manterem distância de mim. Eu estou falando destes tipos de paparazzi e esses são os que me irritam. Eles vêm até você com dois ou três itens - o mesmo item.

Então você senta e pensa o que essa pessoa vai fazer com essas coisas? Algumas pessoas vêm com pilhas de merdas e você pensa 'o que você vai fazer com tudo isso?’ Eu simplesmente parei de fazer de mim uma pessoa acessível”.

Soa como se você não conhecesse o Ozzy.

Araya: “Fui apresentado a ele uma vez. Foi o suficiente pra mim. Trabalhando com o SLAYER, eu tive a oportunidade de caminhar junto com o Mick Jagger (ROLLING STONES). Então você sorri e cordialmente acena. Não há muito mais que você possa fazer e não há necessidade para isso. Não para mim. Se ele tivesse vindo até mim, seria mais natural e eu seria obrigado a falar com ele. Eu seria rude se não falasse”.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Ozzy OsbourneOzzy Osbourne
Setlist e vídeos de primeiro show com Zakk Wylde

2199 acessosOzzy Osbourne: escolhendo álbum do Alice in Chains no seu Top 102411 acessosOzzy Osbourne: em vídeo 3D, as mudanças em sua aparência0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Ozzy Osbourne"

TestamentTestament
Guitarrista relembra passagem na banda de Ozzy

Heavy MetalHeavy Metal
Os 10 melhores solos de guitarra de todos os tempos

Zakk WyldeZakk Wylde
"Sem Ozzy eu não estaria aqui falando com vocês"

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Slayer"0 acessosTodas as matérias sobre "Ozzy Osbourne"

Jared LetoJared Leto
A reação ao se ver no papel do Coringa

Electra MustaineElectra Mustaine
A linda filha do Sr. Dave Mustaine

HumorHumor
Namorar um headbanger é sair da zona de conforto

5000 acessosRock e Heavy Metal: E se as capas dos álbuns fossem honestas?5000 acessosPaulo de Castro: Baixos, guitarras, calcinhas, e pinball do Kiss?5000 acessosEnjaulados: Os crimes mais chocantes da história do rock5000 acessosAstros mortos: como estariam alguns se ainda estivessem vivos?5000 acessosCults: 10 álbuns influentes que fracassaram nas vendas5000 acessosU2: Bono diz que não aguenta ouvir a própria "Vox"

Sobre Karina Detrigiachi

Designer, nascida na cidade de São Paulo, Kari como é mais conhecida, cresceu ouvindo Deep Purple, Led Zeppelin, Skid Row e Alice Cooper. É apaixonada por todas as vertentes do Metal, porém ouve de tudo um pouco sem se prender a rótulos.

Mais matérias de Karina Detrigiachi no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online