Grave Digger: guitarrista Manni Schmidt deixa o grupo

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Kako Sales, Fonte: Blabbermouth.Net, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 09/10/09. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

Os veteranos metaleiros alemães do GRAVE DIGGER divulgaram a seguinte nota.

667 acessosGrave Digger: tradição ou acomodação?5000 acessosElvis Presley: A filmografia do Rei do Rock

“Temos que fazer um pronunciamento que a maioria de vocês provavelmente nunca esperou.

Uma banda como o GRAVE DIGGER tem se desenvolvido constantemente. O problema é que isso somente é possível se os músicos tiverem o mesmo objetivo e a mesma atitude. E eles têm que se sentir bem com o que eles estão fazendo.

Se você tem algum estresse permanente na banda, não há mais a possibilidade de trabalho produtivo e, no fim das contas, a música sofre com essa situação.

Infelizmente, houveram tantas recentes e crescentes discordâncias entre Manni (Schmidt, guitarra) e Chris (Boltendahl, vocais), que iriam afetar negativamente a produtividade e criatividade. Por causa de tudo isso, Manni decidiu deixar o GRAVE DIGGER. Isso aconteceu por decisão mútua.

Nós desejamos a Manni o melhor e agradecemos pelos ótimos e movimentados anos.

Mas também temos algumas boas notícias. Não há mudanças nos shows já marcados.

A palavra final sobre o guitarrista substituto ainda não está definida. Queremos primeiramente esperar pelos resultados dos ensaios. Após isso, vamos apresentar a vocês o substituto. Já conversamos com um possível candidato e vamos começar a ensaiar nos próximos dias”.

Um vídeo feito por fãs do GRAVE DIGGER tocando no Sweden Rock Cruise, que aconteceu em Estocolmo no dia 2 de abril de 2009 pode ser visto abaixo (cortesia de “blackpalrough”).

“Ballads of a Hangman”, o mais recente álbum do GRAVE DIGGER, atingiu na segunda semana após o lançamento as seguintes posições:

Alemanha: 31º;
Áustria: 78º;
Suíça: 81º.

O CD foi lançado em 9 de janeiro via Napalm Records.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

667 acessosGrave Digger: tradição ou acomodação?0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Grave Digger"

Grave DiggerGrave Digger
Ozzy foi a pior performance que vi na minha vida

Mascotes do MetalMascotes do Metal
Os dez maiores segundo The Gauntlet

CapasCapas
As 10 mais bonitas lançadas em 2014 eleitas por blog

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Grave Digger"

Elvis PresleyElvis Presley
A filmografia do Rei do Rock

Phil AnselmoPhil Anselmo
Vocalista explica e se retrata por episódio racista

AC/DCAC/DC
Isso sim é uma bela estrada para o inferno

5000 acessosPink Floyd: a história por trás de "Animals"5000 acessosPhil Anselmo: mandou um "White Power" mas nega ser racista5000 acessosEm 07/07/1990: Morre Cazuza, por complicações decorrentes da AIDS3633 acessosIced Earth: membros elegem os melhores álbuns de 20145000 acessosPirataria: Os 20 álbuns mais baixados ilegalmente no Reino Unido4816 acessosKing Diamond: suas dez melhores e mais demoníacas músicas

Sobre Kako Sales

Mineiro de Januária, baterista autodidata, cresceu em ambiente familiar ligado à música popular e erudita. Seu pai chegou a fazer pequenas turnês com bandas da Jovem Guarda como tecladista no fim da década de 70. Aos 10 anos, iniciou os estudos de teoria musical e piano clássico. Teve o primeiro contato com o mundo do metal ao escutar o CD Angels Cry do Angra, aos 15 anos. Desde então tem se dedicado a conhecer, colecionar e difundir o melhor do metal brasileiro e mundial. Graduado em Letras/Inglês, principalmente por influência da língua-mãe do rock, tem como principais ícones do metal as bandas Angra, Symphony X, Dream Theater e Opeth.

Mais informações sobre Kako Sales

Mais matérias de Kako Sales no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online