Beatles: negociador de LPs encontra "Sgt Pepper" muito raro

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Nathalie Delahousse, Fonte: Goldmine, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos


Havia algo estranho sobre a cópia do LP "Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band" dos BEATLES que John Tefteller estava analizando. Os rostos estavam diferentes. Onde deveriam estar John, Paul George e Ringo, estavam outros.

Guitarra: o riff mais popular de todos os temposMônica Guedes: "seus heróis morreram de overdose, os meus morrem na estrada, trabalhando"

"A primeira vista eu pensei, 'Ok, este é um LP comum do Sgt Pepper, mas - ei, espere um minuto, permanece selado. Não foi aberto", conta Tefteller, proprietário da John Tefteller's World's Rarest Records (Os discos mais raros do mundo de John Tefteller), "e então quando eu olhei mais de perto, eu disse 'U-hu, espere um minuto, não tem Beatles aqui. Quem são todas estas pessoas?"

Aquelas pessoas trabalhavam para a Capitol Records e Tefteller estava para descobrir que particularmenete este "Sgt Pepper" não era um álbum comum dos Beatles. De fato, pode ser um dos LPs mais raros dos Fab Four de todos os tempos e até ao que parece, ele está negociando sua venda com um importante colecionador de Beatles, Stan "The Beatleman" Panenka.

De acordo com Tefteller, enquanto viajava há alguns meses atrás, ele recebeu uma ligação de uma mulher, cujo marido falecido havia sido um executivo que trabalhou para a Capitol Records em Los Angeles.

"Ele tinha uma coleção formada principalmente por LPs de jazz e easy-listening," diz Tefteller. "E eu normalmente não vou ver algo deste tipo, pois eu não curto muito esses gêneros, mas eu apenas pensei, 'Bom, beleza. Capitol Records? Talvez tenha algo a mais por lá.' "

Então ele agendou um horário para ver os discos. A esposa disse a ele que havia um pouco de rock'n'roll na coleção e "...enquanto eu ia olhando os discos ela dizia algo do tipo, "Bem, tem um 'Sgt Pepper' aí'", diz Tefteller. "E eu tipo, sim, ok, pensando, normal um album Sgt Pepper, nada de mais, aliás. É interessante achar um, mas eles não são particularmente raros a não ser que eles estejam lacrados de fábrica em versão mono, ou algo do tipo. Ou lacrados de fábrica originais em estéreo. Eles tem algum valor. Eu achei de um modo geral que todos estes LPs haviam sido abertos e usados. Este seria apenas um 'Sgt Pepper' comum".

Mas este não era o caso. Quando Tefteller perguntou sobre o disco, ela respondeu, "Este foi dado ao meu marido. As outras pessoas na capa são todos executivos da Capitol Records."

Tefteller admitiu nunca ter ouvido a respeito disso antes, e ele inicialmente o descartou. "Eu não sabia o que era," ele disse. "Eu pensei, bem, talvez seja alguma falsificação ou reprodução, mas não parecia ser falso e nem parecia uma reprodução. Então eu apenas pensei, 'Isto é único.' Então, por tê-lo encontrado, comprei a coleção, pois ela queria vender tudo."

Quando Tefteller levou os discos para casa, inclusive aquela estranha versão de Sgt Peppers, ele ligou para Panenka para dizer o que havia encontrado. Panenka contou a ele o que sabia a respeito e disse que haviam apenas poucos como esse vendidos há 20 ou 30 anos atrás.

"Nenhum destes apareceu nos últimos 10 anos ou mais," diz Tefteller. "E do que eu entendo, fazendo alguma pesquisa, estas cópias estão em boas condições já que esta é lacrada de fábrica, em sua embalagem original e permanece em perfeitas condições."

Tefteller e Panenka acreditam que apenas 100 cópias foram feitas deste "Sgt Pepper" raro.

"Nós estamos apenas especulando a respeito," diz Tefteller. 'E as razões para que eu diga que é uma especulação e uma suposição são: um, houveram apenas uns três ou quatro no máximo que apareceram nos últimos 30 anos. Isso nos levaria a pensar que houveram muito, muito poucos deles feitos, primeiramente. Dois, apenas em caso de haver um exemplar disponível para cada uma das pessoas que aparecem na fotografia da capa - e eu conjeturaria que eles poderiam ter mais de um exemplar disponível para cada, talvez uns dois ou três - você estaria olhando para uma prensagem de uns 100. Sabendo o que eu sei sobre como discos são manufaturados e o processo que os produz, não faria nenhum sentido para uma gravadora, até mesmo uma grande como a Capitol Records, passar por todos os problemas que envolvem a confecção de uma capa especial, a impressão destas capas e a manufatura delas, a não ser que se faça no mínimo uma centena delas."

Uma vez que realmente não há nada a ser comparado a isso no presente momento, determinar um valor para este achado é difícil. "Eu não quero nem pensar a respeito de um valor específico em dólares", diz Tefteller.

A respeito de vendê-lo para Panenka, Tefteller pensa que ele merece, e Panenka pensa da mesma forma. "Claro que eu mereço! Eu sou o homem-Beatle", ri. Panenka (www.ultimatebeatlescollection.com) é conhecido por possuir a maior coleção americana de discos dos BEATLES no mundo. Ele tem a foto deste LP Pepper, junto com fotos dos mais raros e mais valiosos discos americanos do Beatles.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Beatles"


Jerry Lee Lewis: o dia em que ele quase matou John LennonJerry Lee Lewis
O dia em que ele quase matou John Lennon

Foo Fighters: Dave Grohl revela canção em homenagem a George HarrisonFoo Fighters
Dave Grohl revela canção em homenagem a George Harrison


Guitarra: o riff mais popular de todos os temposGuitarra
O riff mais popular de todos os tempos

Mônica Guedes: seus heróis morreram de overdose, os meus morrem na estrada, trabalhandoMônica Guedes
"seus heróis morreram de overdose, os meus morrem na estrada, trabalhando"


Sobre Nathalie Delahousse

Nathalie Delahousse é Designer, Assistente de produção em shows e aficcionada pelo bom e velho Rock'n'roll e suas vertentes... Uma verdadeira Rocklady...

Mais matérias de Nathalie Delahousse no Whiplash.Net.

adGooILQ