Ted Nugent: "Não dá para competir com McCartney em mortes!"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por César Enéas Guerreiro, Fonte: Contact Music, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos

Em 2010, o roqueiro e amante da natureza TED NUGENT ameaçou "abater" cervos e distribuir sua carne aos pobres sempre que celebridades vegetarianas como PAMELA ANDERSON e SIR PAUL MCCARTNEY criticarem a caça e o consumo de carne.

Alta Fidelidade: 50 anos de "Abbey Road", dos BeatlesTom Araya: "Não sou ateu; acredito em Deus!"

Um ávido caçador e conservacionista, Nugent odeia os grupos de defesa dos direitos dos animais que atacam seu hobby favorito e fica bastante irritado quando estrelas insistem que esportes que envolvam abate de animais são cruéis.

O roqueiro disse à revista Royal Flush: "Pam Anderson... pare de falar merda por uns dois minutos e me diga: você está me dizendo que não posso comer carne de cervos? Você não autoriza o consumo de carne de cervo?"

"Meu nome é Ted Nugent e, por causa de Pam Anderson... e de Paul McCartney, e de todos os membros da PETA, sempre que eu ouvir a palavra 'animal' e 'direitos' na mesma frase, vou matar mais uns cem de qualquer coisa neste ano".

"Tenho autorização ilimitada para caçar cervos em Michigan e no Texas... E não vou só matá-los: vou abatê-los, limpá-los, tirar a pele, esquartejá-los, cortá-los e dar para restaurantes de sopas e abrigos para sem-teto dos EUA... Esse é meu objetivo de vida".

Nugent também critica os vegetarianos, que insistem que tofu é mais saudável que carne. Ele alega que colher os ingredientes para produzir essa alternativa à carne é mais danoso ao meio-ambiente do que a caça.

Ele explica: "Se eu realmente quisesse maximizar o número de animais mortos, eu começaria a produzir tofu... Porque para produzir tofu você precisa daquele trator gigante e com ele passar por aquele campo, onde cada pássaro canoro, cada esquilo, cada tartaruga, cada coelho, cada camundongo... tudo deve morrer. Para conseguir fazer tofu, você precisa da completa aniquilação de todas as formas de vida".

"Como você pode fingir que McCartney não é responsável por morte alguma? Eu mato coisas com uma flecha por vez... Acredito que cada tigela de tofu é responsável pela morte de bilhões de coisas. Eu não consigo competir com isso. Não consigo competir com Paul McCartney em número de mortes".




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Ted Nugent"Todas as matérias sobre "Beatles"


Alta Fidelidade: 50 anos de "Abbey Road", dos BeatlesBeatles: Abbey Road é relançado com remixagem e gravações inéditas; ouçaSom de Peso: o álbum Abbey Road dos BeatlesThe Beatles: novo vídeo oficial para "Here Comes The Sun"Beatles: Unboxing de edições especiais de "Abbey Road"Em 26/09/1969: era lançado o icônico Abbey Road, dos BeatlesBeatles: veja Ringo Starr tocando "Yellow Submarine" com instrumentos de brinquedo

Regis Tadeu: Beatles x Adorno, a verdade definitivaRegis Tadeu
Beatles x Adorno, a verdade definitiva

Ringo Starr: eterno batera dos Beatles anuncia o 20° álbum solo, What's My Name

The Beatles: Algumas questões a respeito da temática luciféricaThe Beatles
Algumas questões a respeito da temática luciférica

Beatles e Adorno: Nunca ouvi tanta besteira em tão pouco tempo, diz Regis TadeuBeatles e Adorno
"Nunca ouvi tanta besteira em tão pouco tempo", diz Regis Tadeu

Beatles: banda planejava gravar álbum após Abbey Road com destaque a Harrison

Meteoro: A Conspiração Beatles divulgada por Olavo de CarvalhoMeteoro
A Conspiração Beatles divulgada por Olavo de Carvalho

Canal NB: Olavo de Carvalho e o satanismo dos Beatles

Beatles: Maurício Ricardo comenta a estranha teoria de Olavo de CarvalhoBeatles
Maurício Ricardo comenta a estranha teoria de Olavo de Carvalho

Beatles: Paul Cole, um anônimo na capa do Abbey RoadBeatles
Paul Cole, um anônimo na capa do "Abbey Road"

Separados no nascimento: George Harrison e Christian BaleSeparados no nascimento
George Harrison e Christian Bale

Qualidade duvidosa: os 30 CDs mais vendidos em 30 anosQualidade duvidosa
Os 30 CDs mais vendidos em 30 anos


Tom Araya: Não sou ateu; acredito em Deus!Tom Araya
"Não sou ateu; acredito em Deus!"

Black Sabbath: mais uma do Tony Iommi pra cima do pobre Bill WardBlack Sabbath
Mais uma do Tony Iommi pra cima do pobre Bill Ward

Pattie Boyd: o infernal triângulo com Harrison e ClaptonPattie Boyd
O infernal triângulo com Harrison e Clapton

Olavo de Carvalho: Segundo ele, o Heavy Metal emburreceOlavo de Carvalho
Segundo ele, o Heavy Metal emburrece

As novas caras do metal: + 40 bandas que você deve conhecerAs novas caras do metal
+ 40 bandas que você deve conhecer

Mary Austin: A musa de Freddie Mercury em Love Of My LifeMary Austin
A musa de Freddie Mercury em "Love Of My Life"

Matanza: Dicas para não ser um idiota no showMatanza
Dicas para não ser um idiota no show


Sobre César Enéas Guerreiro

Nascido em 1970, formado em Letras pela USP e tradutor. Começou a gostar de metal em 1983, quando o KISS veio pela primeira vez ao Brasil. Depois vieram Iron, Scorpions, Twisted Sister... Sua paixão é a música extrema, principalmente a do Slayer e do inesquecível Death. Se encheu de orgulho quando ouviu o filho cantarolar "Smoke on the water, fire in the sky...".

Mais informações sobre César Enéas Guerreiro

Mais matérias de César Enéas Guerreiro no Whiplash.Net.

adGoo336|adClio336