Sebastian Bach: histórico de estrelismo na carreira

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Adriana Farias, Fonte: PlayTV
Enviar Correções  

Nesta madrugada, SEBASTIAN BACH, ex-vocalista da banda de hard rock SKID ROW, divulgou em seu twitter oficial que será o artista de apoio de todos os shows do GUNS N' ROSES no Brasil.

Para tocar: O que são tablaturas e como usá-las?

Dave Mustaine: "Kiko é o primeiro que me intimida desde Friedman"

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O primeiro da turnê brasileira será no dia 07 de março, em Brasília, no Ginásio Nilson Nelson. Depois, o músico segue para o Estádio Mineirinho, no dia 10 de março, em Belo Horizonte. Em São Paulo, o show acontecerá no dia 13 de março, no Palestra Itália. No entanto, o site oficial do GNR (www.gunsnroses.com) afirma que o show será, na verdade, na Arena Anhembi. Ainda não se sabe se houve um erro por parte do site ou se o local da apresentação realmente foi alterado.

Os últimos shows do GNR com abertura do ex-frontman do SKID ROW serão nos dias 14 e 16 de março, respectivamente na Praça da Apoteose, no Rio de Janeiro, e no Ginásio Gigantinho, em Porto Alegre.

SEBASTIAN BACH foi convidado por Dave "The Snake" Sabo (atual guitarrista) para compor o SKID ROW em 1986, nos Estados Unidos. Três anos depois, sai o disco de estréia - homônimo ao grupo – que trouxe dois singles indispensáveis para o hard rock mundial – "18 and Life" e "I Remember You". Mas foi com o disco "Slave To The Grind" (1991), que o SKID ROW alcançou a 1ª posição do ranking da Bilboard, com os clássicos "Monkey Business", "Quicksand Jesus", "Slave to the Grind", "In a Darkened Room" e a delirante balada "Wasted Time".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Após o climax da montanha-russa SKID ROW posta em marcha no fim da década de 80 o grupo foi desacelerando com o lançamento do EP "B-side Ourselves" (1992) e "Subhuman Race" (1995), mesmo com os destaques de "My Enemy", "Into Another" e "Breaking Down".

Sem o prestígio da mídia e com a explosão do grunge de Seattle, a montanha-russa SKID ROW atingiu o seu ponto extremo, como quem entra para a vertigem do loop: SEBASTIAN BACH foi demitido em 1996, taxado de inconseqüente e de estrelista pela banda. Em 2003, a demissão voltou a assombrar o músico quando ele foi expulso da produção "Jesus Christ Superstar", onde assumiu o papel de Jesus. Os produtores, assim como os músicos do SKID ROW, afirmaram que Bach estava exibindo um comportamento de estrelismo.

Atualmente, o grupo segue com dois integrantes novos: o vocalista John Solinger e o baterista Phil Varone completando a banda com os guitarristas originais Dave "The Snake" Sabo e Scott Hill e no baixo com Rachel Bolan. Em 2003, o grupo lançou o disco "Thick Is The Skin", totalmente divorciado da sonoridade do SKID ROW da década de 90.

Em 1998, Bach voltou à cena hard rocker com o SEBASTIAN BACH AND FRIENDS no lançamento do disco morno "Bring ‘Em Bach Alive", composto por cinco inéditas e onze músicas da fase SKID ROW, gravadas ao vivo num show em Tóquio, no Japão. Em 2001, é lançando o disco "Bach 2: Basics", uma compilação com diversos covers de Ozzy Osbourne, Iron Maiden, Led Zeppelin, Kiss, AC/DC entre outros artistas.

Atualmente, o músico segue divulgando o novo disco "Angel Down" (2007) que conta com a parceria de AXL ROSE nas músicas "Back in the Saddle" – cover de Aerosmith – e nas faixas "Stuck Inside" e "Love is a Bitchslap". Sua banda é composta pelos guitarristas Nick Sterling e Johnny Chromatic, Bobby Jarzombek na bateria e Rob DeLuca no baixo.

"Angel Down" é co-escrito por Roy-Z (Bruce Dickinson, Rob Halford, Judas Priest) e vendeu cerca de 100 mil cópias diferente dos mais de 20 milhões vendidos na fase SKID ROW. Além do hard rock, o disco é de longe mais pesado do que o material produzido na fase SKID ROW. O álbum permeia entre o heavy metal e o rock and roll dos anos 70 e até flerta com o thrash metal.




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Para tocar: O que são tablaturas e como usá-las?Para tocar
O que são tablaturas e como usá-las?

Dave Mustaine: Kiko é o primeiro que me intimida desde FriedmanDave Mustaine
"Kiko é o primeiro que me intimida desde Friedman"


Sobre Adriana Farias

Nascida em São Paulo, Adriana Farias é jornalista pela PUC-SP e autora do livro-reportagem ¨London Calling - histórias de brasileiros em Londres¨. A jornalista já foi produtora na RedeTV! e repórter da emissora PlayTV na área cultural, locais em que coleciona entrevistas importantes com grandes nomes do heavy/rock nacional e internacional, como Joey DeMaio (Manowar), David Bryan (Bon Jovi), Crashdïet, Kings of Leon, The Dickies, Kid Vinil, Angra, Sepultura entre outros. Com apenas 16 anos a autora deu início a sua colaboração ao Whiplash!, entre suas reportagens mais importantes constam os textos analisando a grande imprensa no quesito heavy/rock e a cobertura de mega shows no Brasil e na Europa. Atualmente, a jornalista tem uma dupla jornada como editora de texto na TV Cultura e repórter na Folha de S.Paulo. Entre em contato com a jornalista no blog meonthestreet.

Mais matérias de Adriana Farias no Whiplash.Net.

Cli336x280 CliIL Cli336x280 CliInline WhipDin