Mike Portnoy: com fãs e bateristas em Curitiba

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por André Molina
Enviar correções  |  Ver Acessos





Trezentos fãs compareceram à escola de bateria Drum Time, em Curitiba, no dia 18 de março para conhecer de perto uma lenda das baquetas: o baterista do DREAM THEATER, Mike Portnoy. A sessão de autógrafos foi agendada há um mês antes da realização do evento. Em menos de 24 horas, a escola de música já tinha feito a distribuição gratuita de cem limitadas e disputadíssimas senhas.

O evento celebrou o vigésimo aniversário da Drum Time e foi de iniciativa do baterista Joel Jr. e dos pratos Sabian, que são utilizados pelo músico há 14 anos. "Trazer o Mike foi sem dúvida o ponto mais alto em termos de eventos já atingido em Curitiba. Ainda que não tenha sido um workshop, pois Mike não tem mais tempo de fazê-lo, a sessão de autógrafos dificilmente será superada em termos de procura e empolgação. Ele nunca fez uma sessão como esta no Brasil e dificilmente faz em escolas. Geralmente são em lojas, o que o deixou entusiasmado", disse Joel Jr.

Como não poderia deixar de ser, o ambiente foi dominado por bateristas de Curitiba, de outras regiões do Paraná e até de Santa Catarina, que formaram uma grande fila em frente à escola. O primeiro fã chegou às sete horas da manhã e veio do Rio de Janeiro para conhecer pessoalmente o baterista do DREAM THEATER. A sessão de autógrafos estava marcada para as 16 horas e começou pontualmente.

Durante uma hora, Mike Portnoy recebeu fãs e demonstrou satisfação por participar da iniciativa. "É bom ter este contato com fãs em um evento bem organizado", disse de maneira direta e simples. No encontro, o músico se mostrou bem reservado. Antes de receber admiradores, Portnoy conheceu as instalações da escola de bateria de maneira breve. "Tinha muita gente para ser atendida. O ritmo foi brutal", disse Joel.

Joel Jr. afirmou que o processo para promover o encontro entre Portnoy e bateristas paranaenses demorou menos de uma semana. Ele aproveitou o dia em que estava marcado show do Dream Theater na capital paranaense para levar Portnoy a Drum Time. "Bastou anunciar no MSN e no Twitter para os rumores se espalharem. A Sabian foi importante para promover o encontro", disse.



GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Dream Theater"Todas as matérias sobre "Mike Portnoy"


Dream Theater: Pull Me Under é a mais importante da banda, diz PetrucciDream Theater
"Pull Me Under" é a mais importante da banda, diz Petrucci

John Myung: o baixista do Dream Theater fala!John Myung
O baixista do Dream Theater fala!


Kiss FM: as 500 mais tocadas pela rádio em 2008Kiss FM
As 500 mais tocadas pela rádio em 2008

Iron Maiden: Bruce Dickinson revela sua canção de merdaIron Maiden
Bruce Dickinson revela sua "canção de merda"


Sobre André Molina

André Molina é jornalista, economista e começou a ouvir heavy metal ainda quando era criança. Tem 30 anos de idade e Rock 'n' Roll é sua religião.

Mais matérias de André Molina no Whiplash.Net.

adWhipDin