Matérias Mais Lidas

imagemTitãs: traído, o baterista destruiu o quarto; Paulo Ricardo viu na TV a traição

imagemPaulo Ricardo e a loucura em hotel nos anos 1980: "Eu já tinha perdido o pudor!"

imagemCinco discos de heavy metal para ouvir sem pular nenhuma faixa

imagemO maior álbum de todos os tempos, na opinião do saudoso Ronnie James Dio

imagemMetallica: se você achou caro o pacote do Titãs, fuja dos preços da turnê de Hetfield & Cia

imagemWandinha, da Netflix, resgata banda icônica do Rock em canção com letra sacana

imagemO curioso ritual do Fleetwood Mac antes de subir ao palco, revelado por Christine McVie

imagemGene Simmons relembra como passagem pelo Brasil levantou o Kiss em 1983

imagemMarko Hietala anuncia retorno ao mundo da música e fãs pedem volta ao Nightwish

imagemPor que Bono é odiado por muitos mas sobrevive a tanto hate? Regis Tadeu analisa

imagemMatt Sorum: ex-baterista do Guns N' Roses conta porque não deseja voltar à banda

imagemBandas de rock que lançaram poucos discos, mas continuam fazendo muito sucesso

imagemCinco músicos que nunca voltarão para as bandas que os consagraram

imagemIggor Cavalera diz que o metal às vezes é muito conservador

imagemKiko Zambianchi foi proibido de ir no Silvio Santos após apresentador errar seu nome


Stamp
Summer Breeze

Slash: "A música britânica é morna, previsível e impessoal"

Por Thaís Bortolozzo
Fonte: Nightwatchershouseofrock
Postado em 08 de março de 2010

O lendário guitarrista do GUNS N' ROSES admitiu em março de 2010 estar desanimado com a música em geral e disse que o Reino Unido é carente de autenticidade.

Quando lhe perguntaram se o Reino Unido deveria ter mais estrelas do rock, ele respondeu: "Está faltando isso lá. Eu quero dizer, vocês tem os irmãos Gallagher (OASIS) mas a coisa sempre girará em torno deles. É um gênero morno, previsível e sem identidade."

Entretanto, ele acrescentou que não quer discriminar, que a música ao redor do mundo está passando por momentos difíceis, mas acredita positivamente que isso vai passar logo.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Ele adicionou: "Eu acho que a Lady Gaga está se tornando uma grande personalidade. Mas nós estamos numa zona de morte da música neste momento. Nós passamos por isso a cada década. Este é o início de uma nova década, então eu acho que as coisas vão ficar frias a partir daqui."

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Siga Whiplash.Net: Facebook | Instagram | Twitter | YouTube

Receba as novidades do Whiplash.Net por WhatsApp


Samael Hypocrisy


[an error occurred while processing this directive]
[an error occurred while processing this directive]
[an error occurred while processing this directive]

O rolê de Slash com ex-empresário do Guns N' Roses que durou dois dias

A ideia de Slash não era tocar guitarra, mas uma pessoa fez ele mudar de ideia

Slash explica porque o Guns N' Roses recusou música para série que virou fenômeno cultural

Slash reafirma que haverá lançamento "em breve" de material inédito do Guns N' Roses

Slash lista seus álbuns preferidos dos Rolling Stones

"Slash é um cavalheiro. Ele é um homem muito legal", diz Ozzy Osbourne

Namorada de Slash posta vídeo do Guns N' Roses ensaiando música inédita

Slash quando conheceu o Motörhead: "Eu estava intimidado pra c*ralho!"

Axl e o pequeno gesto com Slash comprovando que as tretas do passado ficaram pra trás

Cantor sertanejo comemora autógrafo de Slash em sua guitarra

A divertida reação de Slash quando fã brasileira se mostrou para ele

Guns N' Roses: Slash elogia trabalho de Buckethead em "Chinese Democracy"

Slash: o Velvet Revolver plagiou um de seus grandes hits

Slash: ele gravou em digital pois acha analógico caro demais

Heavy Metal: os maiores álbuns da história para os gregos

Bruce Dickinson: ele revela os três vocalistas que nunca vai conseguir superar


Sobre Thaís Bortolozzo

Thaís Bortolozzo, jornalista, nascida em 1987, escreve para o Whiplash unindo suas duas paixões: Notícias e Rock'n Roll. As bandas que mais curte são AC/DC, Deep Purple, Dream Theater e Pantera. Também é fã de trabalhos solos como o de Richie Kotzen e David Coverdale. Sua paixão pelo metal e hard rock vem desde a adolescência. "Depois do silêncio, aquilo que mais aproximadamente exprime o inexprimível é a música", diz ela. Thaís também escreve para o site de cinema cparadiso.com.br e em seu twitter www.twitter.com/TheMissTake.

Mais matérias de Thaís Bortolozzo.