Andreas Kisser: "We are the road crew", a vida dos roadies

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Emanuel Seagal, Fonte: Yahoo!
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 17/08/10. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

Andreas Kisser, guitarrista do SEPULTURA, escreveu em sua coluna no Yahoo! sobre os roadies. Confira abaixo alguns trechos do artigo.

213 acessosSom de Peso: uma resenha do "Vol 4" do Black Sabbath5000 acessosPolêmica: as músicas mais controversas da história do Rock

"We are the road crew" é uma música do grande Motorhead, do álbum clássico “ Ace of Spades”, feita em homenagem aos guerreiros que fazem o circo do rock and roll funcionar: os assistentes de palco mais conhecidos como roadies. A importância do crew não pode ser subestimada, do trabalho deles depende o funcionamento de tudo, desde a montagem do palco, das luzes, dos amplificadores, afinação das guitarras, da bateria, monitores, camarins e alimentação até a amizade e companhia que se resulta de um convívio diário na estrada, é sem dúvidas uma segunda família. Não é a toa que o Motorhead fez este hino do rock and roll homenageando esta segunda família.

A grande maioria das pessoas que vai assistir a um show de seu artista favorito não tem a minima idéia do que é necessário para fazer o show acontecer, seja ele em um estádio, num grande festival ou numa pequena casa, num bar que tem um palquinho no fundo. Até a hora de o astro entrar no palco muitas horas de trabalho foram investidas e a mão de obra utilizada, que tem que ser especializada, mesmo pra quem só é carregador das caixas mais pesadas, é imensa. E claro como o convívio é intenso e os países visitados são muitos as histórias, engraçadas ou trágicas também são várias. É isso que dois roadies do Black Sabbath contam em seu livro How black was our Sabbath. David Tangye e Graham Wright contam muitas histórias sobre os anos de Ozzy Osbourne na banda, que foram de 1968 até 1978. Eles falam dos shows, dos problemas técnicos, das viagens em vans no começo da carreira, a ascensão da banda, de brigas em bares e quem se dava melhor com as groupies. Vale muito a pena ler, mesmo pra quem não é fã da banda.

Para ler a matéria na íntegra, acesse o link abaixo.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Sabbath e MaidenSabbath e Maiden
Bandas lançam álbuns ao vivo no mesmo dia

213 acessosSom de Peso: uma resenha do "Vol 4" do Black Sabbath844 acessosBlack Sabbath: Geezer Butler tem 120 riffs para novo projeto894 acessosBlack Sabbath: em vídeo, dez grandes covers de músicas da banda0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Black Sabbath"

Heavy MetalHeavy Metal
Fãs sofrem mais de ansiedade e depressão?

Humor involuntárioHumor involuntário
As resenhas de discos da Rock Brigade na década de 80

Black SabbathBlack Sabbath
O encontro dos fãs com os fãs de Justin Bieber

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Andreas Kisser"0 acessosTodas as matérias sobre "Sepultura"0 acessosTodas as matérias sobre "Motorhead"0 acessosTodas as matérias sobre "Black Sabbath"


PolêmicaPolêmica
As músicas mais controversas da história do Rock

SlipknotSlipknot
10 vezes em que Joey Jordison foi um verdadeiro herói

Em 1977Em 1977
O trágico acidente que vitimou o Lynyrd Skynyrd

5000 acessosZakk Wylde: cinco momentos insanos do guitarrista5000 acessosBateristas: os dez músicos mais loucos de todos os tempos5000 acessosKerrang: os melhores singles já lançados5000 acessosMarilyn Manson: 8 vezes em que ele provou que o mundo estava errado5000 acessosBlack Sabbath: Tony Iommi explica como tocar "Paranoid"5000 acessosSlipknot: Corey Taylor canta clássico do Alice In Chains

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.


Sobre Emanuel Seagal

Descobriu o metal com clássicos como Iron Maiden e Black Sabbath. Hoje em dia, entre outros gêneros musicais, e sem se limitar a rótulos, ouve principalmente doom, viking e folk metal. Sempre que possível está em busca de novas bandas que tenham algo a transmitir alem de clichês, e mesmo em meio a tantas novidades não dispensa pérolas como o bom e velho Candlemass. Acompanha o Whiplash! desde os primórdios, tendo iniciado sua vida de internauta no mesmo ano de criação do site (1996). Há algum tempo está envolvido com metal, seja trabalhando com eventos, bandas, gravadoras ou imprensa, na tentativa de contribuir de alguma forma para o crescimento desse que é um dos segmentos mais apaixonantes da música, o metal.

Mais informações sobre Emanuel Seagal

Mais matérias de Emanuel Seagal no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online