Slash: gravadora barrou parceria com Steven Tyler

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Nathália Paccelly, Fonte: Blabbermouth, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Robert Gray, do Ultimate-Guitar.com, entrevistou recentemente o lendário guitarrista Slash (VELVET REVOLVER, GUNS N' ROSES). Alguns trechos da conversa seguem abaixo.

5000 acessosChester Bennington: Slash comenta a morte do vocalista5000 acessosComo formar uma banda de Hard Rock em 69 lições

Ultimate-Guitar.com: O que ocorreu entre o VELVET REVOLVER e o vocalista Scott Weiland queimou um pouco o conceito da banda?

Slash: Não. O conceito de banda está bem, mas tivemos que encontrar um novo vocalista, e eu sabia que não seria a coisa mais fácil do mundo de conseguir. Eu só queria ter essa oportunidade para limpar a minha própria cabeça e fazer algo por mim. É simples assim. Eu ainda sou um membro do VELVET REVOLVER.

Ultimate-Guitar.com: Em uma entrevista, você disse que dois cantores com quem você teria gostado de ter trabalhado em seu álbum solo foram Steven Tyler do AEROSMITH e Dave Mustaine do MEGADETH. Se você tivesse a oportunidade, que tipo de faixas você potencialmente gravaria com eles dois?

Slash: Na verdade, eu trabalhei com Steven por um segundo, mas isto gerou um enorme conflito de interesses com o AEROSMITH. A música não foi usada com mais ninguém, mas não tinha chance da gravadora nos permitir lançá-la, então tivemos que abandoná-la. Talvez eu volte a revisá-la com Steven. A canção que eu fiz com o M. Shadows [AVENGED SEVENFOLD] foi originalmente uma ideia que pensei que seria ótima para o Dave, mas ele estava na estrada. Eu gosto de trabalhar rápido, por isso nem insisti na ideia porque acreditei que com M. Shadows seria legal. Ele é muito melódico, até onde o heavy metal permite, portanto insisti nisso. Mas eu acho que o Dave é provavelmente um dos mestres dos riffs de Metal. Penso que com toda sua obra, ele é um gênio natural. Eu costumava tocar com ele antigamente, e com o estilo de riff que ele faz, teria sido algo interessante. Tenho certeza de que Dave e eu nos juntaremos um dia e faremos algo, mas no que diz respeito a agenda, não foi possível naquele momento. Eu acho que ele nem sabe disso (risos), mas eu sabia que ele estava em turnê, então... Enfim.

Ultimate-Guitar.com: Existem outros vocalistas com quem você gostaria de trabalhar no futuro?

Slash: Realmente, se tratando disso, acabei trabalhando com todo mundo que eu tinha escolhido para o material que escrevi. Há provavelmente um monte de vocalistas que eu poderia trabalhar se eu tivesse o material para eles, mas eu não vou começar a dar nomes. Caso contrário, as coisas fugirão do controle, mas há um monte de gente que eu admiro. Não é como se eu tivesse pego todos os cantores que eu gosto, mas apenas consegui os cantores certas para cada música que escrevi. Se eu fizesse outro álbum como esse, dependendo do material, outros nomes surgiriam.

Leia a entrevista completa (em inglês) no site Ultimate-Guitar.com.

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Chester BenningtonChester Bennington
Slash comenta a morte do vocalista

1801 acessosGuns N' Roses: os 30 anos de Appetite na capa da nova Kerrang!2684 acessosWagner Nascimento: Tocar como o Slash?? Muito fácil!!0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Guns N' Roses"

Guns N RosesGuns N' Roses
Pedro Bial chama atenção para bumbum de Axl

Pagando micoPagando mico
10 maneiras de ser humilhado em um show

Lado femininoLado feminino
Astros do rock que se vestiram de mulher

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Slash"0 acessosTodas as matérias sobre "Aerosmith"0 acessosTodas as matérias sobre "Megadeth"0 acessosTodas as matérias sobre "Guns N' Roses"

Batom, laquê...Batom, laquê...
Como formar uma banda de Hard Rock em 69 lições

MetalMetal
As oito maiores tretas entre músicos do gênero

Pink FloydPink Floyd
The Wall: uma obra de arte conceitual

5000 acessosMetallica: as extravagâncias da banda para tocar no Rock in Rio5000 acessosSlipknot: causando medo no cantor Latino durante o Rock In Rio5000 acessosMegadeth: as pérolas mais polêmicas ditas por Mustaine5000 acessosClassic Rock Magazine: 8 vocalistas que podem substituir Brian Johnson no AC/DC4825 acessosNão culpe as gravadoras: você que é um tosco mesmo!4801 acessosIron Maiden: vídeo mostra "todos bem loucos" no Fúria Metal em 92

Sobre Nathália Paccelly

Nathália Paccelly é brasiliense e jornalista. Nascida em 1989, foi apresentada ao Rock ainda no colégio por intermédio dos colegas que formavam bandas. Isso a estimulou a aprofundar seu conhecimento a respeito da música, possibilitando que adquirisse um gosto próprio. "Metal, Power Metal, Hard Rock, Heavy Metal, Trash Metal, Progressive Metal... gosto de todos, aprendi a ser eclética dentro do rock!" Ainda adolescente, escrevia sobre bandas iniciantes e divulgava em seu fotolog. A prática da escrita motivada pela música a ajudou a escolher sua profissão, e é agregando as duas paixões que decidiu colaborar com o site. "A ideia de ter minhas matérias publicadas neste veículo, para este público, é incrivelmente gratificante". A autora também está no twitter: @NatchyPaccelly.

Mais matérias de Nathália Paccelly no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online