King Kobra: vocalista fala sobre reunião, álbum e shows

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por João Renato Alves, Fonte: Blog Van do Halen
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 22/05/11. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

Paul Shortino conversou com o site Sleaze Roxx. O vocalista falou sobre sua atuação no King Kobra e a possibilidade da banda se apresentar ao vivo.

1825 acessosManowar, Joan Jett e outros: gravando Rap antes do New Metal?5000 acessosSeparados no nascimento: Ozzy Osbourne e Jim Carrey

Você chegou a hesitar em se envolver com uma banda que já possuía sua própria história?

No caso do King Kobra, realmente queria fazer um álbum com Carmine Appice, que é um de meus bateristas favoritos. Lembro de vê-lo no Ed Sullivan Show quando era um garoto. Já havíamos trabalhado juntos no álbum Dragon Attack, um tributo ao Queen. Ficamos muito amigos, temos uma idade próxima e descendência italiana, nos tornamos parceiros de composição rapidamente.

Gostaríamos de excursionar, mas temos que tomar cuidado por causa da situação econômica. Talvez conseguíssemos aparecer em alguns festivais. O King Kobra não chegou ao nível do Ratt ou bandas desse tipo. Acho que deveriam, pois fizeram muita coisa boa. Mark Free era um ótimo cantor, mas creio que também formamos um ótimo time. A prova maior está no disco, um dos melhores que já fiz. Amo as músicas, como ficou a minha voz, o carisma e a mágica que criamos.

Realmente o álbum ficou muito bom. A seqüência das faixas faz a coisa fluir brilhantemente.

A Frontiers Records queria música dos anos 1980 e demos a eles. Não há nada errado com isso, foi um período de muita boa música. Algumas idéias vinham do passado do King Kobra, mas ouvindo sem saber não dá para ter idéia do que era de antes e agora.

Seria demais ver a banda tocando ao vivo.

Claro. David Henzerling (guitarrista) disse: “É uma pena que essa seja a banda de Carmine. Senão poderíamos pegar outro baterista e sair em turnê” (risos). A verdade é que Carmine está em um ponto da carreira onde não quer mais tocar em clubes. Respeito, mas eu faria sem problemas, assim como os outros caras. Carmine gosta de fazer clínicas e tocar com outros artistas.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Manowar, Joan Jett e outrosManowar, Joan Jett e outros
Gravando Rap antes do New Metal?

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "King Kobra"

Manowar, Joan Jett e outrosManowar, Joan Jett e outros
Gravando Rap antes do New Metal?

Hair MetalHair Metal
Os maiores cabelos da história do rock pesado

King KobraKing Kobra
"Mark Free saiu para tocar música de veado!"

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "King Kobra"

Separados no nascimentoSeparados no nascimento
Ozzy Osbourne e Jim Carrey

Luís Mariutti para Nando MouraLuís Mariutti para Nando Moura
"Estádio não se lota com views ou likes"

Total GuitarTotal Guitar
Os melhores e piores covers da história

5000 acessosDemonstrações de afeto: fotos de rockstars que já se beijaram, parte 15000 acessosKiss: a mais longa e reveladora entrevista de Eric Singer5000 acessosNão é Jesus: Imagem de David Gilmour aparece no pescoço de Fernanda Souza5000 acessosIn Flames: "É fácil julgar um trabalho só pela capa"5000 acessosP.O.D.: banda esclarece posição de Katy Perry no grupo5000 acessosAndy Johns: "Nem imaginávamos que o Rock duraria tanto"

Sobre João Renato Alves

27 anos, jornalista formado pela Universidade de Cruz Alta. Kissmaníaco inveterado, um verdadeiro apaixonado pela banda de Gene Simmons e Paul Stanley. Idolatra com quase a mesma paixão Queen, Van Halen e Black Sabbath. Aprecia desde o Rock dos anos 50 (Elvis, Little Richard, Chuck Berry, entre outros) e 60 (Beatles, Rolling Stones, The Who, Led Zeppelin...), Hard Rock dos 70's (AC/DC, Deep Purple, Alice Cooper...) e 80's (Mötley Crüe, Def Leppard, Europe, Talisman...), Metal Tradicional (Judas Priest, Dio, Ozzy...), NWOBHM (Iron Maiden, Saxon, Angel Witch...) e Thrash oitentista (Slayer, Destruction, Kreator...). Já teve um programa de rádio, chamado "Lavagem Cerebral", na Unicruz FM. Solteiro e seguidor das idéias de Gene Simmons em relação ao casamento.

Mais matérias de João Renato Alves no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online