Edu Falaschi: "Será o melhor álbum de minha discografia"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Kako Sales, Fonte: Brave Words & Bloody Knucles, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 20/07/11. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

O frontman do ALMAH, Edu Falaschi (ANGRA) participou de uma nova entrevista com a webzine Taipei Metal, falando sobre o novo álbum da banda, “Motion”. Confira um trecho da entrevista a seguir.

5000 acessosFalaschi: veja setlist do primeiro show da tour Rebirth Of Shadows5000 acessosSeparados no nascimento: Ozzy Osbourne e Jim Carrey

Taipei Metal: Em maio de 2011, o Almah estava gravando as músicas para o sucessor de seu segundo álbum, Fragile Equality. O que você pode revelar sobre o novo álbum em termos de estilo e tema?

Edu Falaschi: “Está ficando fantástico. É pesado, moderno e pra cima. É poderoso. Cheio de boas energias; um álbum para bater cabeça sem parar!”

TM: Você está trabalhando com a mesma formação que gravou o Fragile Equality. Como você acha que a banda progrediu nestes três anos desde que Fragile Equality foi lançado?

Edu Falaschi: “Agora somos mais amigos e conhecemos uns aos outros muito mais. Dessa vez, as composições e gravações foram muito mais calmas, relaxantes e divertidas, sem nenhum estresse. Já é o álbum mais agradável em que já trabalhei em toda minha vida. E eu tenho um pressentimento de que, no final, este será o melhor álbum de toda minha discografia! Ao menos, o que eu mais gosto.”

TM: Como é/foi a dinâmica de criatividade entre os membros do Almah?

Edu Falaschi: “O Felipe (Andreoli) trouxe uma música, o Marcelo (Moreira) também trouxe uma. Eu os ajudei com as melodias dos vocais, etc., e eu compús oito das dez músicas do CD. Então, eu pedi aos caras para me ajudarem com os solos. Primeiro eu gravei tudo sozinho, todas as músicas em meu home studio. Eu programei as trilhas de bateria, toquei guitarras, baixo, fiz as linhas de vocal, teclados e as mandei para os caras para aprenderem, praticarem e criarem os solos. Então, após alguns dias, fomos para o estúdio. Tudo foi muito rápido! A banda está totalmente em forma e na mesma frequência.”

TM: É inveitável que pessoas façam comparações entre Almah e Angra. Como você reage a isso?

Edu Falaschi: “Foi natural no começo. Mas com esse terceiro álbum, isso acabará, com certeza. As pessoas verão que Almah é Almah e Angra é Angra. Estejam preparados.”

A entrevista completa pode ser lida no link abaixo (em inglês).

http://www.taipeimetal.com/english/articles/interviews/108-i...

O Almah terminou recentemente as gravações para o novo álbum, intitulado Motion, no Norcal Studios, em São Paulo. Motion será lançado no segundo semestre de 2011 via AFM Records. O álbum foi produzido por Edu Falaschi e Felipe Andreoli.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 24 de julho de 2011

Edu FalaschiEdu Falaschi
Veja setlist do primeiro show da tour Rebirth Of Shadows

1131 acessosNerd Metal: Edu Falaschi, The Treta Tour...0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Almah"

Edu FalaschiEdu Falaschi
Os dez vocalistas brasileiros preferidos dele

Marcelo BarbosaMarcelo Barbosa
"Minha admiração pelo Phil Anselmo como pessoa caiu para zero"

MotivaçãoMotivação
10 músicas de metal que melhorarão sua auto-estima

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Almah"

Separados no nascimentoSeparados no nascimento
Ozzy Osbourne e Jim Carrey

Luís Mariutti para Nando MouraLuís Mariutti para Nando Moura
"Estádio não se lota com views ou likes"

Total GuitarTotal Guitar
Os melhores e piores covers da história

5000 acessosHeavy Metal: os dez melhores álbuns lançados em 19845000 acessosDuff McKagan: 3 litros de vodka, 3 gramas e meio de cocaína5000 acessosGigwise: as capas mais polêmicas dos anos 20005000 acessosMorrendo com estilo: caixão em formato de guitarra5000 acessosLed Zeppelin: A controvérsia sobre as origens do nome da banda5000 acessosMudanças: 5 bandas que seguem sem membros da formação original

Sobre Kako Sales

Mineiro de Januária, baterista autodidata, cresceu em ambiente familiar ligado à música popular e erudita. Seu pai chegou a fazer pequenas turnês com bandas da Jovem Guarda como tecladista no fim da década de 70. Aos 10 anos, iniciou os estudos de teoria musical e piano clássico. Teve o primeiro contato com o mundo do metal ao escutar o CD Angels Cry do Angra, aos 15 anos. Desde então tem se dedicado a conhecer, colecionar e difundir o melhor do metal brasileiro e mundial. Graduado em Letras/Inglês, principalmente por influência da língua-mãe do rock, tem como principais ícones do metal as bandas Angra, Symphony X, Dream Theater e Opeth.

Mais informações sobre Kako Sales

Mais matérias de Kako Sales no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online