Edu Falaschi: "Eu não gosto mesmo do termo underground"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Fonte: globo
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 17/04/12. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

Em entrevista ao G1, Edu Falaschi, vocalista do Angra e Almah, comenta a atual situação do Angra, a perspectiva para a apresentação no Metal Open Air em São Luís do Maranhão e suas próprias declarações polêmicas de 2011, tal como aquela em que decretou a morte do gênero no país. “A gente está vendo a morte do metal nacional – pra mim, morreu”.

617 acessosRio Rock City: O Power Metal morreu?5000 acessosNa cadeia: astros do rock que foram enjaulados

Veja abaixo outros trechos:

Quando eu fui para a Finlândia gravar o primeiro disco do Almah, em 2006, vi um programa lá que era igual ao da Hebe: uma velha loira, um negócio assim. E sabe quem tava tocando no programa? O Children of Bodom [banda de death metal daquele país]. Eu não botei uma fé, [era] um programa megapopular, só de “tiazona” e tal... Por que aqui não poderia ser [igual]? Claro que pode ser. É só uma questão de organização, de mostrar para todo mundo que o rock é profissionalizado.

Quando perguntado sobre a história de não gostar do termo "underground", ele respondeu:

Eu não gosto mesmo. Porque algumas pessoas me criticaram, depois daquele vídeo [de 2011], querendo dizer que eu nunca fiz parte do underground, que eu era um "playboyzinho" que fiquei famoso depois que entrei no Angra, então acabei falando algumas besteira porque não manjo. E outra: as pessoas que falam isso não sabem da minha história. Eu tenho 20 anos de carreira, metade disso foi no underground, que essa é coisa que só tem boteco podre, com o som podre.

Eu fico P. porque é um termo que, se você traduzir, você está abaixo do nível da terra, do chão. Quem fica embaixo da terra, pra mim, é morto, defunto. A gente tem que pensar grande, as bandas deveriam querer sair do underground. Eu tenho muito orgulho de ter aprendido tudo que aprendi no underground, mas eu tenho mais orgulho de ter saído dele e de hoje viver no mundo real. Esse negócio de ficar tocando num barzinho para cem pessoas ser legal – isso aí é papo furado. Se você oferecer um milhão para o cara sair dali, ele sai na hora. Metaleiro que tem esses papos às vezes: “Sou true, sou metal, tem ficar no underground, tem que ser raiz!”. Eu não posso ser raiz, vivendo bem, comendo bem, em bons restaurantes, sustentando a minha família – eu não posso ter isso?

Leia a matéria completa no link abaixo:
http://g1.globo.com/pop-arte/noticia/2012/04/odeio-o-termo-u...

Agradecimento: Antonio Ermellino

5000 acessosQuer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

617 acessosRio Rock City: O Power Metal morreu?1223 acessosAngra: discografia de volta ao Spotify1372 acessosAngra e Hangar: Fábio Laguna conta como entrou nas bandas2499 acessosAngra: "reunião" durante aniversário de Paulo Baron, veja vídeo675 acessosBruno Sa: comenta a morte de Paul O'Neill e relembra audição1123 acessosAquiles Priester: No lugar onde montou a sua primeira bateria0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Angra"

AngraAngra
Ouça algumas versões bizarras de músicas da banda

Kiko LoureiroKiko Loureiro
Ele tem medo da "maldição do terceiro show"

AngraAngra
Banda escaneada em 3D; veja imagem de Rafael

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Edu Falaschi"0 acessosTodas as matérias sobre "Angra"0 acessosTodas as matérias sobre "Almah"

Na cadeiaNa cadeia
Astros do rock que foram enjaulados

Heavy MetalHeavy Metal
Nove ótimas músicas suaves do gênero

RamonesRamones
Contrastando com a imagem de família feliz que vendiam

5000 acessosGuns N' Roses: mãe de Steven Adler comenta a emoção do filho5000 acessosTrujillo sobre Zakk Wylde: "ele é uma máquina de beber"5000 acessosFalência: Sete Rock Stars que foram à bancarrota5000 acessosPara músicos: dicas para encarar o medo do palco5000 acessosSlayer: assassino do pai culpa a banda e assume morte de Jeff5000 acessosFutebol: conheça os times do coração de alguns rockstars

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online